A Liberdade De Escolha – É Disso Que Sou a Favor !!

livre-para-ser-mãe

Oi Comadre!! Hoje estou meio azeda … rsrsrs

Eu recebo muitos emails, de mamães me contando que sofrem muito, com as suas escolhas… E me perguntam : será que “isso é certo? ” “você é  a favor ?” disso ou daquilo …

Gente, eu fico com o coração apertado de ouvir e sentir a angústia dessas mamães ! Tenho vontade de pegá- las no colo … e de queimar em praça pública essas pessoas que se especializam em oprimir a maternidade , e reduzí-la a teorias e “tabelas “. Vão pro inferno !!

A gente, que é mãe, que está ali, no campo de batalha, cada uma com a sua rotina, com a sua personalidade, com seu bebê e suas particularidades… Só a GENTE SABE  o que é “certo e errado ” !! Só a gente sabe o que é possível !

Só a gente conhece os nossos limites !

Agora , a maternidade está sendo empacotada assim:

– Parto normal humanizado

-Aleitamento materno exclusivo, em livre demanda , até pelo menos 2 anos.

-Amamentar é um “direito ” da mulher, esteja ela onde estiver!Quem não quiser ver , que vire o rosto !

– A mãe, deve ficar o maior tempo possível, com seu filho, até os 3 anos de idade! De preferência, sem trabalhar, ou ajustar o seu trabalho á nova realidade da sua família !

– Chupetas e Mamadeiras devem arder no fogo eterno !

– O desconforto causado pelo nascimento dos dentes? Você deve ter calma, paciência e oferecer o peito para o bebê se acalmar… medicações que possam aliviar a DOR do seu bebê nem pensar !

– Você  tem que dar o banho de ofurô.

– Você tem que lidar com a dor inicial do seu peito, de forma natural e tranquila.Deve ser corajosa !

-Não pode reclamar das noites mal dormidas, ter um filho é uma benção !

-Não pode por o bebê pra dormir na sua cama , não pode por o bebê para dormir sozinho…

Socorrooo!

Se a mamãe, por algum motivo precisa, ou escolhe se submeter a uma cesárea… pronto ! Já se sente diminuída…

Se, algum motivo a impede de amamentar exclusivo seu bebê… mais uma derrota ! Ela se sente a pior …

E, se dá chupeta ou mamadeira para seu bebê… não conta prá ninguém !”é errado, né?”

Se usa uma concha de amamentação, pomadas no seio rachado e dolorido ” é fraca, não está preparada para ser mãe !”

Se põe o bebê pra dormir na sua cama, se sente amedrontada… Se coloca no berço, se sente julgada …

Se a mamãe se olha no espelho , e sente saudade da sua antiga vida, do seu corpo, das suas amigas… vem a culpa monstra !

Se a mamãe se sente constrangida em amamentar na frente dos amigos do marido, do sogro , ou do chefe… ‘ ela não é dona do próprio corpo e do próprio querer.”

Se volta a trabalhar, além da saudade do bebê e do cansaço da tripla jornada, ainda vem a vozinha lá de dentro “será que estou agindo certo ? Será que não estou abandonando meu filho ?”

Se deixa o emprego , e põe sua carreira no “pause” , para simplesmente curtir a maternidade e seu bebê… lá vem julgamentos e palpites !!

E montes de teorias, e montes de radicalismos sem sentido !

Na minha opinião, minha amiga, o que é “Certo ” é a gente poder fazer as nossas escolhas ! De forma consciente, sem ingenuidade ou desconhecimento … Se informar o máximo possível, mas usar o SEU filtro : Muitas coisas que você vai ouvir, não fazem sentido para você, ou simplesmente , não se encaixam na sua rotina !

Liberdade , é poder escolher, e arcar com as consequências, não é isso ?

Se você não conseguiu , ou não quis, um parto “normal humanizado “, se você não conseguiu , ou não pode amamentar exclusivo seu bebê até 6 meses, se você quis ou precisou voltar ao trabalho , FIQUE EM PAZ,com você mesma e com as suas escolhas !

Se para você , vivenciar a experiência do parto humanizado, parto domiciliar… for um sonho, vai fundo !

Se, você quer amamentar seu filho, por todos os benefícios físicos e emocionais que sabe que a amamentação traz pros dois, faça força ! Aguente firme o começo ! Vai valer á pena !

Saiba o que quer , onde quer chegar! Isso vai te fortalecer , e te manter no caminho que você escolheu, apesar das dificuldades !

Opressão, tabelas e teorias… não combinam com a maternidade ! De jeito nenhum !

O que combina com esse momento, é amor, um amor enorme e sufocante, são noites mal dormidas, cheirinho e chorinho de criança, e todo o sentido da vida , que elas conseguem nos apresentar …

Você já se sentiu oprimida, ou diminuída , por algumas escolhas que fez , com seu filho?

Como se livrou desse sentimento ?

Conta prá mim !

Leia mais : aqui , eu conto como foi a minha volta ao trabalho, e aqui , como me decidi babá ou berçario?

E aqui, ” confesso todos os meus pecados ” de mãe ! Leia , que você vai ver que , Sim, Você É Uma Excelente Mãe ! rsrs

 

A gente se fala !

Bjos e até tags coração

 

 

Babá ou Berçário?

baba-bercario

Hoje resolvi dividir com vocês uma das experiências mais dolorosas que eu passei como mãe : voltar a trabalhar depois que o Pedro nasceu!

Na época, eu trabalhava no PSF (Programa Saúde da Família), num posto de saúde aqui da cidade, carga horária de 40 h /semanais , e um salário que, na época, não dava para dispensar…

Antes do Pedro nascer, não tínhamos funcionária aqui em casa, só uma faxineira, 2 vezes na semana. Quando cheguei ao final da gestação, procurei e contratei uma pessoa, já contando que , um dia, precisasse dela para me ajudar a cuidar dele.No dia em que o Pedro nasceu, a Tânia já estava trabalhando aqui.

Vivi a minha licença maternidade intensamente, um momento “sabático” para mim!! Eu só cuidava dele!! Amamentava, dava banho, trocava, e quando saía, lá ia ele junto!( Pedro sempre foi uma criança fácil).

Então o tempo foi passando e começou aquele frio na barriga…está chegando a hora de voltar…

Aproveitei uma consulta com o pediatra para conversar a respeito do assunto com ele, me aconselhar… E então recebi , sem esperar a orientação que norteia a minha conduta de mãe até hoje!!!Esse Dr. Francisco…!!!

Contei pra ele que voltaria a trabalhar daí há um mês, e que estava na dúvida, se contratava uma babá pra ficar com o Pedro em casa, ou se punha ele num berçário de manhã,( pois ,á tarde, eu chegava em casa ás 16:30 h, pois entrava ás 7 :00h , e fazia só 1:30 de almoço…) “”

Agora, anota aí a resposta dele 🙁 rsrsrs)  “- Lígia, para a criança de 4 meses, tanto faz a babá ou a escolinha, o que importa é que ela vai ser separada da mãe, o que, idealmente não deveria acontecer antes de 1 ano…(senti um soco no estômago, e engoli o choro)!Desde que você conheça e confie na escolinha , ou na babá, e saiba que ele vai ser bem cuidado e atendido , a escolha é sua!! ( socorro!! cadê as leis desse país, onde ainda os 6 meses são opcionais para o empregador? e um ano então? )  Mas, se eu puder te dar um conselho… Tome a sua decisão, faça a sua escolha e levante a cabeça!! Não se sinta culpada, porque a culpa é  uma péssima conselheira na hora de se educar um filho!Não é porque você passou o dia todo longe dele, que não vai colocar limites, corrigir… E, não caia em tentação de tentar “comprar” a sua ausência com presentes e “coisas” fora de contexto!! Isso sim pode trazer danos ao Pedro!”  … POW!! KABUMMM!!

Quando consegui acordar , e sair dos escombros que sobraram de mim…Me agarrei nessa conversa, e decidi: de manhã -escolinha, á tarde-Tânia.

E, depois de andar um pouco , e ligar a “rádio comadre”, escolhi um berçário pequeno, com bastante indicações , onde sabia que ele ficaria bem. A Tânia também foi sensacional, e ficou conosco por 5 anos!E, contratamos uma faxineira 2 vezes por semana, para ajudá-la com a casa, já que as tardes eram do nosso príncipe.

Eu sobrevivi!! E ele também! Mas… não foi fácil, viu comadre? Eu ia trabalhar chorando todos os dias, por uns 2 meses, e o meu peito vazava tanto leite no trajeto até o trabalho, que o absorvente de seio não dava conta! Eu já levava uma troca de roupa…

Mas decidi: com o próximo (ou próxima) será diferente!! Não estou mais disposta a passar por isso!!E ,assim foi…

Mas essa já é uma outra história!!

Hoje eu sei que valeu á pena! Leia mais aqui

Coragem!! Siga em frente,e respeite seus limites e prioridades!!

Já passou por alguma experiência parecida? Ou diferente?Como foi a sua volta ao trabalho?

Me conta!!

Bjos e até tags coração

 

Síndrome da Morte Súbita do Bebê

bebe dormindo de costasBom dia , comadres!! Ontem eu li na UOL, que , nos EUA lançaram equipamento para monitorar o bebê no berço digno de um filme 007, para tentar prevenir a “Morte Súbita do bebê “, que esgotou imediatamente ao ser lançado!! E fiquei pensando na tristeza que é essa Sídrome!

Resolvi fazer uma pesquisa em fontes científicas e seguras (Sociedade Brasileira de Pediatria), para passar pra vocês todas as informações importantes a respeito desse assunto.

Vamos comigo?

  • MORTE SÚBITA DO BEBÊ-O QUE É?

“A definição de Síndrome da Morte Súbita do bebê (SMS) é a morte súbita e
inesperada, durante o sono, de criança com menos de 1 ano de idade, onde a
história clínica, o exame físico, a necropsia e o exame do local do óbito não
demonstram a causa específica do mesmo. A morte ocorre no local em que o
bebe está dormindo (cama, carrinho…) e não existe previamente nenhum sinal
consistente indicando que o bebê está em risco de vida. “(Sociedade Brasileira de Pediatria).

Nos países desenvolvidos a SMS é a causa mais prevalente de mortalidade nos bebês e a faixa etária de maior risco encontra-se entre 2 e 5 meses de vida.No Brasil as campeãs ainda são diarréia e doenças respiratórias.

  • O DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito pela história clínica e por exclusão de outras prováveis
causas através de cuidadoso exame pós – óbito.

  • O RISCO

O risco para SMS que é composto de fatores maternos e fatores peri e pós-natais:
mãe jovem, mais de um filho, intervalo curto entre as gestações, ausência de pré-natal,
prematuridade, baixo peso de nascimento,um  irmão de SMS(histórico familiar), baixo nível sócio –
econômico. Existe predomínio no sexo masculino (60% dos casos), em
determinadas etnias, regiões geográficas e nos meses de inverno.
Existem fortes evidências de que o risco de SMS é maior quando os bebês
dormem de bruços.

Com estes resultados foi iniciada a campanha “Reduza o risco de SMS” na
década de 90. Imediatamente foi observada uma redução da mortalidade pós –
natal em até 50% nos países que adotaram a posição “barriga pra cima” para dormir.

É sabido que algumas crianças já nascem com risco maior de SMS, mas apesar do
mecanismo da morte ainda não ser totalmente conhecido, acredita-se que ao
fornecemos um ambiente de sono mais propício, eliminamos os fatores “gatilho”
das crianças vulneráveis, fazendo com que estas sejam salvas.

 

  • AS CAUSAS

Uma das teorias mais aceitas na atualidade,baseia-se em prováveis alterações do mecanismo de despertar destes bebês.

Acredita-se que também ocorra distúrbio na regulação autonômica que altere a freqüência cardíaca , que o controle autonômico da temperatura corporal esteja alterado ,além de distúrbios do padrão respiratório com obstrução das vias aéreas superiores. A associação destes aspectos com a alteração do mecanismo de despertar levaria a SMS.

  • PREVENÇÃO

Existem 3 recomendações fundamentais baseadas em resultados de pesquisas
científicas.

  • 1. Posição supina ao dormir (decúbito dorsal) -o bebê deve dormir de BARRIGA PARA CIMA-

Recém nascidos normais devem adotar esta posição para dormir. Bebês ou
recém nascidos com refluxo gastro- esofágico ou outras condições médicas que
impossibilitem esta posição devem dormir preferencialmente , de lado.

2. Manter os recém-nascidos em ambiente sem contato com cigarro antes e após o nascimento.

O tabagismo durante a gestação e o primeiro ano de vida aumenta o risco de SMS em 2 – 4 vezes. Mesmo o hábito de fumar paterno pode influenciar este risco e deve ser evitado. As gestantes e puérperas devem ser orientadas para evitar o fumo, no mínimo, durante os 6 primeiros meses de vida do bebê.

  • 3. A cabeça do recém nascido deve ficar descoberta durante o sono.

E, também,que os pés do bebê fiquem encostados na borda do berço, evitando que este escorregue para baixo das cobertas.

Reduzindo o risco de SMS – Outras determinações

campanha dormir de costas

  • – Amamentação : não existem evidências consistentes, nos estudos realizados,indicando que a amamentação reduz risco de SMS.
  • – Vacina tríplice : estudos demonstram menor incidência de SMS em bebês imunizados.
  • – Tipo de colchão : são recomendados os colchões de fibras mais resistentes.
  • – Uso de pacificadores (chupetas) : parecem reduzir o risco de SMS.
  • – Sono compartilhado : se a mãe for tabagista o risco de SMS aumenta.

Entretanto foi observado em países onde os bebes culturalmente compartilham o
leito com a mãe que a incidência de SMS é baixa.

  • – Hipertermia /Hipotermia : crianças que dormem tanto superaquecidas como muito frias tem risco aumentado de SMS.

Assista ao  vídeo do nosso canal do youtube falando sobre o assunto!

Leia aqui dicas para escolher a babá eletrônica ideal para você !

Pois é, comadres… só nos resta pedir proteção a Deus , e fazer a nossa parte, prevenindo o que é possível.

Fique atenta ás dicas!

Bjos e até  tags coração

O bebê chegou!! E agora? 10 super dicas

bb jp bruço

A dona cegonha chegou trazendo seu pacotinho?

Parabéns, mamãe!! Seja bem vindo, bebê!!

E agora? O que fazer? Preparei 10 super dicas para vocês passarem por esses primeiros dias com mais tranquilidade!

 

1- POR QUÊ O BEBÊ CHORA TANTO?

[Read more…]

Agora o bebê !!

bebe nascendo

Oi comadres!!Hoje acordei com uma saudade … saudade daquele dia em que eu nasci como mãe!Comentei com meu marido, e ele: ” Meu Deus do céu!!! Depois de três, você ainda não matou sua vontade??” Dei risada e fiquei pensando… muito louco, mas é verdade!! ainda não matei !!! rsrs… Mas eu sei o porquê … o AMOR que descobrimos  quando nasce um filho é transformador, é mágico, é inspirador e infinito!!

Descobrimos  um poder dentro de nós que nunca imaginávamos ter! Então, comadre, se você ja passou por isso, sabe bem do que eu estou falando, e você comadre, que está chegando a hora, prepare-se: você nunca mais será a mesma!! Permita-se ter dúvidas e inseguranças! permita-se errar e aprender! permita-se rir e chorar! permita-se noites sem dormir, peito dolorido… Permita-se entrar de cabeça!! não se prive de nenhum sentimento, venha inteira! de corpo e alma!! não se preocupe muito… somente deixe a natureza agir!!

Se por acaso se sentir sozinha, ou meio perdida… vem pra cá ! Vamos conversar!

Agora chega de prosa, e vamos ao que interessa:

Ao nascer, o seu bebê já tem todos os sentidos prontos, e super sensíveis!

A luz e cheiro fortes, o barulho alto , o toque muito forte e sabores diferentes (daqueles que ele já conhecia da barriga) ,tudo isso tem um impacto no bebê! Pode irritá-lo , deixá-lo desconfortável ou inseguro. Então, sem neuras ou exageros, tente ir adaptando o seu bebê aos poucos.

Mantenha a luz mais amena, não use perfumes ou produtos de higiene pessoal ( em você e nele) com cheiros muito pronunciados, evite barulhos muito altos, toque- o , pegue-o manuseie, mas com delicadeza e carinho. Converse com ele!! De toda essa novidade que é o mundo para ele, a sua voz é a referência mais antiga que ele tem!

Acredita-se que o recém nascido enxergue de 15 a 20 cm de distância,então , ao amamentá-lo, olhe nos seus olhos, porque essa distancia é perfeitamente calculada pela natureza para que ele te veja nesse momento!!É simplesmente MARAVILHOSO!!

Ao nascer, seu bebê é submetido a algumas medidas e manobras necessárias como: aspiração na boca e nas narinas para que ele possa respirar com mais facilidade , é feita uma secagem para que ele se mantenha aquecido, ele é pesado e medido, injetam vit k para coagulação, vacina hepatite B -primeira dose, o famoso teste de Apgar , para ver as condições de saúde do bebê ao nascer, e ver se ele precisa ou não de maiores cuidados médicos; teste do olhinho,teste da linguinha, teste do coraçãozinho, teste da orelhinha. (os que não são feitos logo ao nascer, são feitos ainda na maternidade, normalmente.)

O peso considerado normal , é acima de 2,500 kg; abaixo disso o bebê é considerado baixo peso, e deverá ser acompanhado mais de perto nas primeiras semanas de vida.

O comprimento médio é 50 cm para meninos e, 48-49 cm para as meninas.

Os perímetros : o perímetro cefálico tem em média, 34 cm e , o torácico 32 cm.( em condições normais, o perímetro cefálico deve ser maior que o torácico).

A cabecinha do bebê tem formato ovóide , e apresenta a moleira (fontanela) na parte superior da cabeça, que existe para que o bebê consiga passar pelo canal vaginal ( as quatro placas ósseas que formam nosso crânio ainda não estão soldadas e sim, justapostas). A moleira tem um formato triangular, com 2 a 4 cm de largura, em média, e, assim fica até o sexto mês, até que comça a diminuir, fechando completamente entre 9 e 18 meses. Não é frágil como parece, tá? então , sem neuras!!

A coluna do bebê é reta, seu tórax é relativamente curto em relação ao abdome; braços e pernas relativamente curtos e magros, em relação ao tronco, e as  pernas são ligeiramente curvas; os pés não apresentam a curvatura , por isso são tão fofinhos!

A pele do bebê, ao nascer,vem recoberta pelo vérnix, que é um revestimento sebáceo, que é uma  proteção fisiológica .A cor da pele, no início, pode ser meio arroxeada, ficando avermelhada ,horas depois, passando a cor de rosa, no final da primeira semana.É recoberta por uma penugem fina, a lanugem, e os “cabelos extra” na testa, rosto e orelhas, desaparecerão no primeiro mês de vida.

Apenas 23% dos bebês fazem xixi ao nascer, 90% nas primeiras 24 horas e 100% nas primeiras 48 horas.

Nos primeiros dias, o cocô é preto e pegajoso, é o mecônio.Não se assuste, é normal. Entre 3 e 5 dias, ele desparece, e dá lugar ao cocô líquido e amarelado que é normal em bebês que estão mamando no peito.

A temperatura do bebê ao nascer, é mais alta que a da mãe, por volta dos 37° c , e assim se mantém durante 24 a 36 horas, depois normaliza e, normalmente coincide com a da mãe.

Se for possível, o seu bebê deve ir pro seu peito na primeira meia hora de vida. As vantagens e benefícios são enormes!Acalma o bebê, após todo desconforto causado pelo nascimento e procedimentos pós parto;  o ato de sugar deve estar presente pois é um reflexo,e, e se houver algum problema nesse sentido, quanto antes for detectado melhor; a ocitocina, hormônio liberado ao amamentar , é considerado o hormônio dos apaixonados, então , estabelece desde cedo o vínculo mamãe-bebê, além de promover a contração do útero no pós parto (muito importante para a saúde da mamãe), além de ser a experiência mais maravilhosa e incrível que você vai viver na vida!!

Não se assuste, com 3 a 5 dias, a pele do bebê pode se tornar amarelada (os olhos também). Acontece pelo aumento da bilirrubina no sangue do bebê, é a famosa icterícia. Em alguns casos são necessários banhos de luz, para abreviar esse período. Na dúvida, consulte seu pediatra.

Normalmente, entre o 5° e 6° dias de vida, chegou a hora da vacina BCG,(importantíssima contra a tuberculose) , e do teste do pezinho(triagem neonatal), para detectar precocemente:

Anemia falciforme — doença hereditária que altera a formação da hemoglobina, molécula responsável pelo transporte do oxigênio no sangue. Em decorrência dessa alteração, as hemácias ficam com forma de foice (daí o nome “falciforme”), o que dificulta sua locomoção e acaba lesionando tecidos.

Deficiência de biotionidase – é a falta da vitamina biotina no organismo. Sua deficiência resulta em convulsões, fraqueza muscular, queda de cabelo, surgimento de espinhas, acidez do sangue e baixa imunidade.

Fenilcetonúria – é uma doença genética caracterizada pela incapacidade de metabolizar a enzima fenilalanina, responsável pela produção do aminoácido tirosina. A ausência de tirosina pode acarretar retardo mental.

Galactosemia – é uma doença genética que dificulta a conversão de galactose (açúcar presente no leite) em glicose. O resultado é o acúmulo de galactose no organismo, causando problemas de coagulação, icterícia (pele amarelada), hipoglicemia (baixa da taxa de glicose no sangue), glicosúria (excesso de glicose na urina), acidez do sangue e catarata.

Glicose 6-fosfato desidrogenase – distúrbio metabólico que causa alterações das enzimas fundamentais para proteção das células, especialmente das hemácias. Sem estabilidade, os glóbulos vermelhos podem morrer, causando anemia hemolítica.

Hipotireoidismo congênito – doença que faz com que a glândula tireoide não seja capaz de produzir quantidade adequada de hormônios tireoidianos, o que deixa os processos metabólicos mais lentos. Uma das principais consequências é a retardação mental.

Hiperplasia congênita da supra-renal – provoca uma deficiência na produção de hormônios pelas glândulas supra-renais ou adrenais. Para compensar, a hipófise produz excesso de hormônios que estimulam as supra-renais, que aumentam de tamanho e passam a produzir em excesso hormônios que levam à masculinização do corpo da criança. Além disso, pode ocorrer desidratação, perda de sal no organismo e vômitos.

Toxoplasmose – é uma doença infecciosa causada pelo parasita Toxoplasma gondii, que pode causar calcificações cerebrais, malformações, doença sistêmica grave. Tardiamente, pode se expressar causando doenças da retina.

É MUITO IMPORTANTE, viu comadre? Então , fique com pena, mas leve seu bebê para fazer!É gratuito tanto a vacina quanto o teste do pezinho, tá?

Existe também, nas clínicas particulares a triagem neonatal ampliada, que além dessas doenças , ainda investiga outras:

 • Sífilis congênita
• Citomegalovirose congênita
• Doença de Chagas congênita
• Rubéola congênita
• SIDA congênita
• Deficiência de MCAD
• Espectrometria de massa , saiba mais em :http://www.sbtn.org.br/pg_triag_doencastratam.htm.

Converse com seu pediatra sobre a necessidade da ampliada.

E, assim, terminamos a primeira semana … muito cansada? Força na peruca!!

Tudo vai se ajeitando, viu?

Quer dividir esse momento? Escreva me contando!

bjos e atétags coração

O primeiro mês do seu bebê

bebe 1 mes

É , comadre!! O tempo passa muito rápido, não é?

Nesse primeiro mês , veja quanta coisa o seu bebê já viveu e aprendeu!!

ASSISTE AO VÍDEO  que eu gravei falando desse primeiro mês do seu Bebê!

O ganho médio de peso mensal, nesse primeiro mês é de 750g, e,  ele/ela cresce +/- 5 cm no comprimento e 2 cm em cada perímetro (cefálico e torácico).

O choro já tem lágrimas, e , o primeiro sorriso está para acontecer. Já apreende objetos postos em suas mãozinhas,que estão sempre fechadas; já chora por insatisfação e desconfortos, e demonstra satisfação ao contato com a mãe, ao ser alimentado , e ao tomar seu banho morninho.

Já se mostra sensível a alterações nas rotinas da casa,e , o sono já começa a estabelecer seus padrões.Ainda dorme bastante durante o dia , e, cada criança tem um ritmo diferente.Os bebês dessa idade dormem, normalmente, 12 a 16 h por dia.

Os espirros são frequentes nas primeiras semanas, e vão desaparecendo aos poucos.

As unhas precisam ser cortadas, a cada 5 dias , em média.

Não gostam de ser trocados, então , prefira roupinhas amplas e fáceis de vestir.

Ainda não devem ser dados aos bebês dessa fase, brinquedos barulhentos , com música e ruídos muito altos, prefira chocalhos com barulhos suaves.

Na parte motora, ele prefere rostos e fisionomias humanas , aos objetos.Já comanda seu pescoço, virando de um lado para o outro, e quando colocado de bruços , ele procura livrar o nariz do travesseiro, chegando a levantar a cabeça por alguns segundos.

Já começam as primeiras conversinhas!

O bebê ja´segura o que alcança, se tranquiliza ao ouvir ruídos leves e já reconhece as vozes da mamãe o do papai.Já fixa o olhar na direção de uma luz mais fraca, e se acalma ao ver a mamãe. Já procura o bico do seio, se a amamentação é interrompida, indo com a cabeça na direção do mamilo com a boca aberta. Se colocarmos uma fraldinha sobre o seu rostinho, ele mexe a cabeça de um lado pro outro tentando se livrar.

Se o bebê está recebendo aleitamento materno exclusivo, o que é o  ideal, ele já estabeleceu os intervalos , em média ,de 3/3h, e , o volume de leite materno a cada mamada deve ser , em média de 100 a 120 ml ,num total diário de 600 a 720ml por dia.

Os banhos de sol , em horários seguros( antes das 10h e após as 16h), de 15 a 20  minutos em regiões grandes, como as pernas , por exemplo, são muito importantes para a síntese  da vitamina D e absorção do calcio recebidos no leite materno.Não exponha o bebê ao sol muito forte nem ao vento.

Mesmo com um bebê tão novinho, a mãe já perceberá as pistas para a futura personalidade do seu bebê: se reclama rapidamente das fraldas molhadas ou sujas, sono leve ou pesado, sensível a barulhos ou luz, se choram mais ou menos , se o bebê é mais calmo ou mais agitado.Minha avó costumava dizer: ” o espinho já nasce com a ponta” ! rsrs

E  o seu bebê , como ele é? Como vocês se entendem? Conta pra gente!

Deixa um comentário aqui embaixo!

Bjos e atétags coração

 

O bebê de 3 meses

bb bruço

Comadre, como o tempo passa ,naõ é? Seu bebê já vai fazer 3 meses? Ou está curiosa para saber como ele (a) será com essa idade?

Então dá só uma olhadinha!! O seu filhotinho já está virando um pedacinho de gente!!

Retirei as informações a seguir do site da Sociedade Brasileira de Pediatria , e do livro “A vida do Bebê” , do Dr. De Lamare(meu livro de cabeceira, desde que o Pedro nasceu), e também da AAP ( American Association of Pediatrics)

Gravei um vídeo com essas informações também. Se preferir assistir :

O Bebê de 3 meses :

Seu bebê cresce, em média , nessa fase, 4 cm  e ganha 750 g por mês.

Ainda deve ser amamentado exclusivamente no peito, se for possível.

O bebê  já é mais fácil , para os pais. Participa da casa e da família, sorrindo e olhado para as pessoas.Reconhece a mãe e responde com todo o corpo a alegria de sua presença; conversa e sorri diferente para ela! Ownn

A expressão do seu rosto já revela alegria, tristeza, prazer, indecisão, ansiedade e dor.Nesse período, os reflexos naturais automáticos começam a desaparecer  e surgem os da vontade, da percepção, revelando controle cerebral.

Já levanta bem a cabeça, segura objetos e brinquedos , sacode chocalhos, e olha para suas as mãos e pés. Dorme menos , já estabeleceu seus ciclos de soneca,e adora passear! Quanto mais ele vê, mais ele aprende!

Sinais de alerta num bebê de 3 meses:

  1. Quando o bebê não parece reagir a sons altos
  2. Quando ele (a) não nota suas mãozinhas
  3. Não percebe a voz materna
  4. Não segura objetos
  5. Não acompanha com os olhos os objetos em movimento
  6. Não sorri para os pais e irmãos
  7. Não sustenta a cabeça quando está de bruços
  8. Não leva objetos á boca
  9. Sente dificuldade em mover os olhos em todas as direções

Nesse período já temos que ficar atentos ás “artes”: travesseiros e cobertores pesados podem sufocá-lo, e brinquedos pequenos ou que soltem partes quando levados  à boca são desaconselhados.

Aos 2 meses o bebê já deve ter sido vacinado com a vacina penta valente ( pólio, tríplice -difteria,tétano e coqueluche-, hemophilus, hepatite B, Pneumococo e rotavírus) . E , agora, aos 3 meses, é a vez da Meningococo C.Todas disponíveis no SUS.Não deixe de vacinar seu bebê, é muito importante!!

Agora , comadre, seu bebê é uma delícia!! Vocês já se entendem super bem , e você já começa a se perguntar como foi que viveu até hoje sem ele(a)?

Aproveite!! Me mande fotos do seu (sua) bebê!!

Espero que o post tenha te ajudado.

Dá uma espiadinha AQUI nesse post, onde te conto sobre o Bebê de 6 meses! Assim , você já vai acompanhando o desenvolvimento do seu bebê!

Bjos e até tags coração