Os Reflexos Do Recém Nascido

reflexos-do -recém-nascido

Oi Comadre!Você Sabia Que os Recém Nascidos nascem com Reflexos Automáticos, que podem sinalizar a sua condição neurológica ? E que , a grande maioria deles , tem tempo certo para desaparecer ? E, se não desaparecem, pode ser um indício de problemas ?

Nesse post , vou te mostrar os reflexos mais importantes, o que são, e quando devem desaparecer.

Fique de olho !

 Refexos do Recém Nascido1

 

Mapa Mental Refexos do Recém Nascido2 Mapa Mental Refexos do Recém Nascido3 Mapa Mental Refexos do Recém Nascido4 Mapa Mental Refexos do Recém Nascido5

 

Gostou desse formato do Post?

Não sei se você conhece… esses são mapas mentais .

Eles nos ajudam a organizar as idéias, e a visualizar melhor e mais rápido que num texto.

Além de mais bonitinho e charmoso ! rsrs

Você tem alguma informação a mais ? Alguma experiência para compartilhar ?

É sempre muito bem vinda aqui !

A gente se vê !

Bjos e atétags coração

 

Esse artigo foi originalmente publicado no Blog “Mães Comadres ” por Lígia Coimbra

 

A Liberdade De Escolha – É Disso Que Sou a Favor !!

livre-para-ser-mãe

Oi Comadre!! Hoje estou meio azeda … rsrsrs

Eu recebo muitos emails, de mamães me contando que sofrem muito, com as suas escolhas… E me perguntam : será que “isso é certo? ” “você é  a favor ?” disso ou daquilo …

Gente, eu fico com o coração apertado de ouvir e sentir a angústia dessas mamães ! Tenho vontade de pegá- las no colo … e de queimar em praça pública essas pessoas que se especializam em oprimir a maternidade , e reduzí-la a teorias e “tabelas “. Vão pro inferno !!

A gente, que é mãe, que está ali, no campo de batalha, cada uma com a sua rotina, com a sua personalidade, com seu bebê e suas particularidades… Só a GENTE SABE  o que é “certo e errado ” !! Só a gente sabe o que é possível !

Só a gente conhece os nossos limites !

Agora , a maternidade está sendo empacotada assim:

– Parto normal humanizado

-Aleitamento materno exclusivo, em livre demanda , até pelo menos 2 anos.

-Amamentar é um “direito ” da mulher, esteja ela onde estiver!Quem não quiser ver , que vire o rosto !

– A mãe, deve ficar o maior tempo possível, com seu filho, até os 3 anos de idade! De preferência, sem trabalhar, ou ajustar o seu trabalho á nova realidade da sua família !

– Chupetas e Mamadeiras devem arder no fogo eterno !

– O desconforto causado pelo nascimento dos dentes? Você deve ter calma, paciência e oferecer o peito para o bebê se acalmar… medicações que possam aliviar a DOR do seu bebê nem pensar !

– Você  tem que dar o banho de ofurô.

– Você tem que lidar com a dor inicial do seu peito, de forma natural e tranquila.Deve ser corajosa !

-Não pode reclamar das noites mal dormidas, ter um filho é uma benção !

-Não pode por o bebê pra dormir na sua cama , não pode por o bebê para dormir sozinho…

Socorrooo!

Se a mamãe, por algum motivo precisa, ou escolhe se submeter a uma cesárea… pronto ! Já se sente diminuída…

Se, algum motivo a impede de amamentar exclusivo seu bebê… mais uma derrota ! Ela se sente a pior …

E, se dá chupeta ou mamadeira para seu bebê… não conta prá ninguém !”é errado, né?”

Se usa uma concha de amamentação, pomadas no seio rachado e dolorido ” é fraca, não está preparada para ser mãe !”

Se põe o bebê pra dormir na sua cama, se sente amedrontada… Se coloca no berço, se sente julgada …

Se a mamãe se olha no espelho , e sente saudade da sua antiga vida, do seu corpo, das suas amigas… vem a culpa monstra !

Se a mamãe se sente constrangida em amamentar na frente dos amigos do marido, do sogro , ou do chefe… ‘ ela não é dona do próprio corpo e do próprio querer.”

Se volta a trabalhar, além da saudade do bebê e do cansaço da tripla jornada, ainda vem a vozinha lá de dentro “será que estou agindo certo ? Será que não estou abandonando meu filho ?”

Se deixa o emprego , e põe sua carreira no “pause” , para simplesmente curtir a maternidade e seu bebê… lá vem julgamentos e palpites !!

E montes de teorias, e montes de radicalismos sem sentido !

Na minha opinião, minha amiga, o que é “Certo ” é a gente poder fazer as nossas escolhas ! De forma consciente, sem ingenuidade ou desconhecimento … Se informar o máximo possível, mas usar o SEU filtro : Muitas coisas que você vai ouvir, não fazem sentido para você, ou simplesmente , não se encaixam na sua rotina !

Liberdade , é poder escolher, e arcar com as consequências, não é isso ?

Se você não conseguiu , ou não quis, um parto “normal humanizado “, se você não conseguiu , ou não pode amamentar exclusivo seu bebê até 6 meses, se você quis ou precisou voltar ao trabalho , FIQUE EM PAZ,com você mesma e com as suas escolhas !

Se para você , vivenciar a experiência do parto humanizado, parto domiciliar… for um sonho, vai fundo !

Se, você quer amamentar seu filho, por todos os benefícios físicos e emocionais que sabe que a amamentação traz pros dois, faça força ! Aguente firme o começo ! Vai valer á pena !

Saiba o que quer , onde quer chegar! Isso vai te fortalecer , e te manter no caminho que você escolheu, apesar das dificuldades !

Opressão, tabelas e teorias… não combinam com a maternidade ! De jeito nenhum !

O que combina com esse momento, é amor, um amor enorme e sufocante, são noites mal dormidas, cheirinho e chorinho de criança, e todo o sentido da vida , que elas conseguem nos apresentar …

Você já se sentiu oprimida, ou diminuída , por algumas escolhas que fez , com seu filho?

Como se livrou desse sentimento ?

Conta prá mim !

Leia mais : aqui , eu conto como foi a minha volta ao trabalho, e aqui , como me decidi babá ou berçario?

E aqui, ” confesso todos os meus pecados ” de mãe ! Leia , que você vai ver que , Sim, Você É Uma Excelente Mãe ! rsrs

 

A gente se fala !

Bjos e até tags coração

 

 

O Choro do Bebê – Por que o Seu Bebê Chora ?

recem-nascido-o-choro

Se tem uma coisa que deixa qualquer mamãe de cabelo em pé , é ver o seu pequeno chorando , e não saber o que fazer, não é mesmo, comadre?

A gente começa a ficar aflitas, culpadas, quando não conseguimos consolá-los de imediato… E a vontade de chorar junto é enorme ! rsrs

Mas calma ! Não vai resolver nada o desespero ! Respira ! rsrs

Eu tenho duas notícias prá você : o seu bebê vai chorar SIM! e vai chorar bastante, todos os dias, por uns 3/4 anos !!!

Não !! Sair correndo não é a saída !

A outra notícia é que, devagar, você vai descobrindo o  por quê desse chororô !! E , consegue tirar de letra.

Eu sentei, e consegui listar 65 motivos que vão fazer o seu bebê chorar !

Com o passar do tempo, acho que você vai acrescentar mais alguns motivos nessa minha lista !!

Assiste o vídeo então !

 

Gostou ? dá um gostei ! Se inscreve no nosso canal para receber as novidades em primeira mão !

Quer mais dicas para cuidar do seu recém nascido ? Aqui tem um vídeo sobre o banho do seu bebê , com 26 dicas.

Você já ouviu falar da ” Síndrome da morte Súbita do Berço” ? Saiba mais aqui

Veja aqui as fotos  do seu recém nascido que você pode fazer em casa !

Conta prá mim ! Por quê o seu bebê chora ? E o que você faz que funciona ?

Bjos e atétags coração

O Recém Nascido e a Icterícia – O Que é Normal ?

ictericia-no-recem-nascido

 

Oi comadre ! Hoje eu quero conversar com você sobre a Icterícia no Recém Nascido ! Todos têm? O que esperar? O que é “normal” ?

Quando nascem, entre o segundo e o terceiro dia de vida, de 50 a 65 % dos bebês nascidos a termo ( a partir da 37° semana de gestação), vão apresentar a pele meio amarelada , e , no caso de bebês prematuros, esse número chega a 80% !

 

Mas afinal, o que é a “ICTERÍCIA”?

É quando o sangue do bebê fica com excesso de uma substância chamada bilirrubina, que aparece em decorrência do processamento dos glóbulos vermelhos que serão descartados pelo organismo. Essa substância , a bilirrubina, é metabolizada pelo fígado, que no recém nascido, não é ainda muito eficiente ! E, além do mais, o bebê nasce com um excesso de hemácias, que vão sendo descartadas pelo organismo, o que atinge o nível máximo entre o  2° / 3° dias de vida .

Em casos raros, também pode ser causada por uma incompatibilidade entre os sangues da mãe e do bebê(mãe Rh negativo e bebê Rh positivo) , ou por alguma doença associada uma hiperbilirrubinemia ( que já costuma aparecer desde o primeiro dia de vida do bebê ).

 

Como saber se meu bebê está com “ICTERÍCIA ” ?

Bom, observe a coloração da pele do seu bebê, olhos e gengivas . Principalmente, as costas, pescoço e cabecinha .

Quando os níveis de bilirrubina vão aumentando no sangue, o ” amarelinho ” da pele do bebê vai “descendo para as pernas e pés . Então, esse é um bom sinal… se passou para pernas e pés, pode ser que a concentração da bilirrubina esteja alta.

Na dúvida,SEMPRE,  converse com seu pediatra. Se ele achar necessário, pode -se colher o sangue do bebê, e verificar a dosagem de bilirrubina presente ali :a partir de 5 mg/dl ( 5 ml de bilirrubina a cada 5 decilitros de sangue ) a icterícia já começa a ser visível.

É grave? Tem algum risco pro meu bebê ?

Em bebês nascidos a termo, é muito raro algum dano ou sequela neurológica .

Costuma ser uma situação passageira , e sem maiores consequências.

Nos prematuros, a situação já requer um pouco mais de atenção e supervisão.

 

Existe algum tratamento para a “ICTERÍCIA” ?

O médico decide se , só banhos de sol em horários seguros, 2 vezes ao dia, em áreas grandes do corpo como as pernas, por exemplo são sufucientes, ou se é necessário o “banho de luz” ( fototerapia) : a criança é colocada num bercinho, sem roupa, com uma proteção nos olhos e com as mãozinhas presas, e é exposta a luzes fluorescentes azuis, que ajudam a metabolizar a bilirrubina , para que ela seja excretada pelo fígado.

A decisão do médico se baseia em vários fatores: a clínica ( como está o bebê) , quantos dias de nascido , se nasceu a termo ou prematuro, qual o peso do bebê , e qual a concentração de bilirrubina no sangue .

 

A curiosidade é que bebês com descendência asiática têm maior chance de desenvolver a icterícia, e comparados aos bebês de ascendência branca ou negra.

 

Olha comadre, aqui em casa , dos 3 bebês, só o Pedro não apresentou o ” amarelão ” !! As duas princesinhas ficaram bem amarelinhas, principalmente a M.Beatriz, a minha do meio .

O pediatra viu, e me tranquilizou. Nenhuma precisou fazer a fototerapia.

Então, nada de desespero , tá ?

Converse com seu pediatra , tire suas dúvidas !

Veja aqui mais dicas para os cuidados com seu bebê recém nascido ! E outros cuidados aqui !

Já ouviu falar da morte súbita do berço ? Leia aqui !

Espero ter te ajudado !

Já teve alguma experiência diferente dessa? Conta prá gente !

Bjos e até tags coração

 

O Banho do Seu Bebê – Vídeo com 26 Dicas e Respostas

Oi Comadre! O banho do nosso bebê é um assunto que costuma dar bastante “pano prá manga” não acha ?

Por isso foi o assunto escolhido para inaugurar nosso canal no YouTube!

Resolvi responder, nesse vídeo as 26 principais perguntas e dúvidas sobre o assunto !

Espero que você goste !

Ficou alguma dúvida ainda? Manda prá mim!

Gostou do Vídeo, dá um “gostei lá !” se inscreve no Nosso canal do YouTube !

Vou me dedicar bastante pra colocar novidades e dicas bem bacanas lá , prá você !

Inclusive, super aceito sugestões de assuntos e vídeos, tá?

 

 

 

E a banheira do seu bebê, você já escolheu?

Dá uma olhada aqui 

Bjos e atétags coração

As Fotos com Seu Bebê Que Você Pode Fazer na sua Casa !

ideias-fotos-bebe-1

Hoje, eu saparei prá você , comadre, idéias de fotos com seu bebê  que você pode fazer em casa, você , seu bebê ( e o papai, se possível !

Essas fotos deles pequenininhos são tão lindas! São lembranças que tanto a gente , quanto eles ,quando crescem ,adoramos ver e rever !

Mas, muitas vezes , essas fotos não são muito baratas, não é ? E num momento onde, fraldas, vacinas, consultas ao pediatra , etc etc etc são prioridade … ás vezes as fotos vão ficando prá depois… e , quando percebemos, nosso bebê cresceu!

Os profissionais recomendam que as fotos ” newborn” , como eles falam , sejam feitas até , no máximo, com 1 mês de vida !

Então , mãos à obra ! Se inspire, aproveite o calor, e máquina a postos !

 

ideias-fotos-bebe-38

 

ideias-fotos-bebe-37

 

 

ideias-fotos-bebe-34

 

ideias-fotos-bebe-35          ideias-fotos-bebe-36

 

ideias-fotos-bebe-32

 

ideias-fotos-bebe-33                ideias-fotos-bebe-31

 

ideias-fotos-bebe-30

 

 

 

ideias-fotos-bebe-29

 

 

ideias-fotos-bebe-27              ideias-fotos-bebe-26

 

 

 

ideias-fotos-bebe-25         ideias-fotos-bebe-24

 

ideias-fotos-bebe-28

 

ideias-fotos-bebe-23   ideias-fotos-bebe-22

 

ideias-fotos-bebe-21

 

ideias-fotos-bebe-20

 

ideias-fotos-bebe-18

 

Young happy mother with newborn baby

 

ideias-fotos-bebe-15         ideias-fotos-bebe-16

 

ideias-fotos-bebe-14

 

ideias-fotos-bebe-13

 

ideias-fotos-bebe-12      ideias-fotos-bebe-11

 

 

ideias-fotos-bebe-9

 

ideias-fotos-bebe-10

 

ideias-fotos-bebe-8

 

 

ideias-fotos-bebe-6

 

ideias-fotos-bebe-7

 

Close up of mother holding baby's hand   ideias-fotos-bebe-4

 

 

ideias-fotos-bebe-3             ideias-fotos-bebe-2

 

ideias-fotos-bebe-19

 

Demaais , não é mesmo ?

Só não vale por o bem estar e a segurança do pequeno em segundo plano ! Nada de cansar o bebê !

Nem deixar o pobrezinho passar frio, ou colocá-lo em lugares empoeirados ou com muito pelo.

Esses momentos ficarão com você, na sua memória e no seu coração para sempre!

E, quando seu filho for maiorzinho, vai adorar saber o quanto foi amado e acolhido desde o início !

Bjos e até tags coração

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Teste da Linguinha – Saiba o que é

teste-da-linguinha

Oi comadre, a partir da semana passada, já está em vigor a lei que torna obrigatório o “Teste da Linguinha ” em todas as maternidades do país, gratuito e irrestrito.

“O Projeto de Lei nº 4832/2012  obriga a realização do protocolo de avaliação do frênulo da língua dos bebês, em todos os hospitais e maternidades do Brasil”, foi transformado na Lei nº 13.002 de 20 de junho de 2014” , com 180 dias de prazo para entrar em vigor.

Mas afinal o que é esse teste ? Pra que serve ? O que ele previne?

Vamos lá…

 

  • O Que é o “Teste da Linguinha”?

 

O teste da Linguinha é um exame padronizado, que possibilita diagnosticar e indicar o tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua causadas pela “língua presa” que podem comprometer as funções exercidas pela língua: sugar, engolir,mastigar e falar.

Uma fonoaudióloga( Roberta Lopes de Castro Martinelli) e colaboradores , durante a sua tese de mestrado na Faculdade de Odontologia de Bauru – FOB/USP, desenvolveu um protocolo , que se tornou o “Teste da Linguinha”.

 

  • Para Que Serve ?

 

Com a aplicação desse protocolo desenvolvido pela Roberta Martinelli, é possível identificar se o frênulo lingual limita os movimentos da língua

 

A língua presa é uma alteração comum, mas muitas vezes ignorada.

 

 

Um estudo realizado em 2013, na Universidade de São Paulo, encontrou uma ocorrência de 22,54% de alterações do frênulo lingual em bebês, superando até as doenças e alterações diagnosticadas pelo teste do Pezinho e pelo Exame da Orelhinha.
Ela está presente desde o nascimento, e ocorre quando uma pequena porção de tecido, que deveria ter desaparecido durante o desenvolvimento  do bebê na gravidez, permanece na parte de baixo da língua, limitando seus movimentos

Pesquisas em todo o mundo têm comprovado a importância do
diagnóstico e intervenção precoce dessa alteração.

 

  • Como é Feito ?

 

O teste da linguinha deve ser realizado por um profissional da área da saúde qualificado, como por exemplo, o fonoaudiólogo.

Ele deve  elevar a língua do bebê para verificar se a língua está presa, e também observar o bebê chorando e sugando.

O exame não tem contraindicações.
Recomenda-se que a avaliação do frênulo da língua seja inicialmente realizada
na maternidade.

A avaliação precoce é   ideal para que os bebês sejam diagnosticados e tratados com sucesso.

  • Quando Fazer o Teste ?

Quanto mais cedo, melhor !
É importante que seu bebê faça o exame o mais cedo possível, preferencialmente no primeiro mês de vida, para que se descubra, com a maior antecedência, se tem língua presa, evitando dificuldades na amamentação, possível perda de peso e, principalmente, o desmame precoce, com introdução desnecessária da mamadeira.

Até os 6 meses de idade ainda é possível de se usar o protocolo do teste.

Seguir essas recomendações faz toda diferença para a amamentação e consequentemente para a boa saúde do seu filho.

  • O Resultado

Existem graus variados de língua presa, por isso a importância de haver um teste que leva em consideração os aspectos anatômicos e funcionais para fazer um diagnóstico preciso e indicar a necessidade da realização do “pique no frênulo que está preso na língua”.

Se o resultado da avaliação do protocolo indicar a presença da língua presa, o procedimento de liberação do frênulo lingual, popularmente conhecido como “pique na língua”, deve ser realizado por um profissional médico ou dentista.

É um procedimento simples, realizado com anestesia local.

 

Fique atenta! Infelizmente, ainda hoje, muitas pessoas , leigos e profissionais, ainda acham que a “Língua Presa”   não afeta  a amamentação, não causa desconforto para a mãe, não prejudica a fala, e que vai corrigir-se sozinha, sem tratamento. Isso não é verdade!

Publicações científicas recentes em todo o mundo têm estudado a interferência da “língua presa” nas funções de sucção, deglutição, mastigação e fala.

Cobre seus direitos !Se informe! Converse com seu médico!

Fonte : Aqui você encontra mais informações valiosas .

 

Me empolguei ? rsrs Me dá um desconto, vai comadre!

Se você não me conhece ainda, vou te contar: sou cir.dentista, e a odonto é uma das minhas grandes paixões ! rsrs

 

Bjos e até tags coração

 

Amamentação – 7 dicas

amamentação

Oi comadre ! Você está amamentando ou está grávida e começando a pensar no assunto ? Vou te dar 7 dicas preciosas para essa fase tão gostosa e importante não virar um pesadelo !

  •  Prepare o seio durante a gestação : Tome uns minutinhos de sol no mamilo , sem roupas; passe (não é esfrega, tá ?)  bucha vegetal nos mamilos durante o banho ; e se você tem os mamilos invertidos (para dentro, ou não tem bico , como dizem) tente ir “fazendo ” aos poucos na gravidez, puxando delicadamente com o dedão e os dedos indicador e médio. Existem umas pomadas específicas ótimas para a região.

 

  • Se informe, o mais que puder, sobre a importância da amamentação: Isso vai ajudá-la a se encorajar e se motivar, porque,NÃO É FÁCIL, viu? E lance mão de acessórios muito úteis como a concha de amamentação, sutiãs de amamentação, almofadas e poltronas de amamentação, bombinhas para retirar o leite,pomadas específicas para o peito, etc.

 

  • Busque informações técnicas e detalhadas de “como fazer” : Ao contrário do que muitos dizem ou pensam, não é um processo intuitivo!! Requer muita luta e aprendizado por parte da mamãe e do bebê.Procure bancos de leite; nesses lugares as pessoas costumam ser especialistas e ter muita prática e boa vontade para ensinar.

 

  • Tente amamentar seu bebê  nos primeiros 40 minutos após o nascimento : Além de ser muito importante para a contração uterina no pós parto(o hormônio ocitocina), estimula a descida do leite , que pode demorar um pouco , principalmente em parto cesárea.Além de ser um ótimo momento para começar a formação do vínculo mamãe e bebê !! O pobrezinho está passando por um momento muito difícil!! rsrs

 

  • Peça ajuda para ás enfermeiras e pediatra : Eles costumam saber como posicionar o corpinho e a boca do bebê no peito. A boca deve pegar todo o mamilo e aréola do peito, essa á a “pega ideal”. Se a boquinha do bebê pegar e sugar só o mamilo, vai doer e machucar bastante o  seu peito.

 

  • Nas primeiras 4 a 6 semanas, o oferta do peito deve ser “livre demanda”, ou seja, sempre que o bebê quiser, pode dar o peito. Depois, já dá para ir estabelecendo uma rotina em que o bebê mame a cada 2 horas e meia- 3 horas .

 

  • Se o seu bebê não der conta de esvaziar os seus dois peitos, use a bombinha !! Existem bebês mais preguiçosos, ou menores , que se cansam com mais facilidade, ou ,com menos apetite mesmo! O importante é que o leite não vá ficando acumulado no seu peito. Faça a ordenha manual ou com  a bombinha (mais recomendado pois machuca menos e é mais eficiente). O leite “empedrado” pode causar a mastite, uma inflamação dolorosa nas mamas ,e que pode por sua amamentação á perder.

 

Agora , uma dica bônus : Não se sinta menos mãe, ou menos mulher, se não conseguir amamentar, tá? Existem alguns fatores envolvidos no processo que não dependem de você !! O importante é que você alimente seu filho, da forma como for melhor para os dois, naquele momento !!

Mais informações bem completas sobre amamentação você pode ler aqui.

Boa sorte , comadre!! Estou na torcida !!

Espero ter te ajudado.

Bjos e até  tags coração

Babá ou Berçário?

baba-bercario

Hoje resolvi dividir com vocês uma das experiências mais dolorosas que eu passei como mãe : voltar a trabalhar depois que o Pedro nasceu!

Na época, eu trabalhava no PSF (Programa Saúde da Família), num posto de saúde aqui da cidade, carga horária de 40 h /semanais , e um salário que, na época, não dava para dispensar…

Antes do Pedro nascer, não tínhamos funcionária aqui em casa, só uma faxineira, 2 vezes na semana. Quando cheguei ao final da gestação, procurei e contratei uma pessoa, já contando que , um dia, precisasse dela para me ajudar a cuidar dele.No dia em que o Pedro nasceu, a Tânia já estava trabalhando aqui.

Vivi a minha licença maternidade intensamente, um momento “sabático” para mim!! Eu só cuidava dele!! Amamentava, dava banho, trocava, e quando saía, lá ia ele junto!( Pedro sempre foi uma criança fácil).

Então o tempo foi passando e começou aquele frio na barriga…está chegando a hora de voltar…

Aproveitei uma consulta com o pediatra para conversar a respeito do assunto com ele, me aconselhar… E então recebi , sem esperar a orientação que norteia a minha conduta de mãe até hoje!!!Esse Dr. Francisco…!!!

Contei pra ele que voltaria a trabalhar daí há um mês, e que estava na dúvida, se contratava uma babá pra ficar com o Pedro em casa, ou se punha ele num berçário de manhã,( pois ,á tarde, eu chegava em casa ás 16:30 h, pois entrava ás 7 :00h , e fazia só 1:30 de almoço…) “”

Agora, anota aí a resposta dele 🙁 rsrsrs)  “- Lígia, para a criança de 4 meses, tanto faz a babá ou a escolinha, o que importa é que ela vai ser separada da mãe, o que, idealmente não deveria acontecer antes de 1 ano…(senti um soco no estômago, e engoli o choro)!Desde que você conheça e confie na escolinha , ou na babá, e saiba que ele vai ser bem cuidado e atendido , a escolha é sua!! ( socorro!! cadê as leis desse país, onde ainda os 6 meses são opcionais para o empregador? e um ano então? )  Mas, se eu puder te dar um conselho… Tome a sua decisão, faça a sua escolha e levante a cabeça!! Não se sinta culpada, porque a culpa é  uma péssima conselheira na hora de se educar um filho!Não é porque você passou o dia todo longe dele, que não vai colocar limites, corrigir… E, não caia em tentação de tentar “comprar” a sua ausência com presentes e “coisas” fora de contexto!! Isso sim pode trazer danos ao Pedro!”  … POW!! KABUMMM!!

Quando consegui acordar , e sair dos escombros que sobraram de mim…Me agarrei nessa conversa, e decidi: de manhã -escolinha, á tarde-Tânia.

E, depois de andar um pouco , e ligar a “rádio comadre”, escolhi um berçário pequeno, com bastante indicações , onde sabia que ele ficaria bem. A Tânia também foi sensacional, e ficou conosco por 5 anos!E, contratamos uma faxineira 2 vezes por semana, para ajudá-la com a casa, já que as tardes eram do nosso príncipe.

Eu sobrevivi!! E ele também! Mas… não foi fácil, viu comadre? Eu ia trabalhar chorando todos os dias, por uns 2 meses, e o meu peito vazava tanto leite no trajeto até o trabalho, que o absorvente de seio não dava conta! Eu já levava uma troca de roupa…

Mas decidi: com o próximo (ou próxima) será diferente!! Não estou mais disposta a passar por isso!!E ,assim foi…

Mas essa já é uma outra história!!

Hoje eu sei que valeu á pena! Leia mais aqui

Coragem!! Siga em frente,e respeite seus limites e prioridades!!

Já passou por alguma experiência parecida? Ou diferente?Como foi a sua volta ao trabalho?

Me conta!!

Bjos e até tags coração

 

Síndrome da Morte Súbita do Bebê

bebe dormindo de costasBom dia , comadres!! Ontem eu li na UOL, que , nos EUA lançaram equipamento para monitorar o bebê no berço digno de um filme 007, para tentar prevenir a “Morte Súbita do bebê “, que esgotou imediatamente ao ser lançado!! E fiquei pensando na tristeza que é essa Sídrome!

Resolvi fazer uma pesquisa em fontes científicas e seguras (Sociedade Brasileira de Pediatria), para passar pra vocês todas as informações importantes a respeito desse assunto.

Vamos comigo?

  • MORTE SÚBITA DO BEBÊ-O QUE É?

“A definição de Síndrome da Morte Súbita do bebê (SMS) é a morte súbita e
inesperada, durante o sono, de criança com menos de 1 ano de idade, onde a
história clínica, o exame físico, a necropsia e o exame do local do óbito não
demonstram a causa específica do mesmo. A morte ocorre no local em que o
bebe está dormindo (cama, carrinho…) e não existe previamente nenhum sinal
consistente indicando que o bebê está em risco de vida. “(Sociedade Brasileira de Pediatria).

Nos países desenvolvidos a SMS é a causa mais prevalente de mortalidade nos bebês e a faixa etária de maior risco encontra-se entre 2 e 5 meses de vida.No Brasil as campeãs ainda são diarréia e doenças respiratórias.

  • O DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito pela história clínica e por exclusão de outras prováveis
causas através de cuidadoso exame pós – óbito.

  • O RISCO

O risco para SMS que é composto de fatores maternos e fatores peri e pós-natais:
mãe jovem, mais de um filho, intervalo curto entre as gestações, ausência de pré-natal,
prematuridade, baixo peso de nascimento,um  irmão de SMS(histórico familiar), baixo nível sócio –
econômico. Existe predomínio no sexo masculino (60% dos casos), em
determinadas etnias, regiões geográficas e nos meses de inverno.
Existem fortes evidências de que o risco de SMS é maior quando os bebês
dormem de bruços.

Com estes resultados foi iniciada a campanha “Reduza o risco de SMS” na
década de 90. Imediatamente foi observada uma redução da mortalidade pós –
natal em até 50% nos países que adotaram a posição “barriga pra cima” para dormir.

É sabido que algumas crianças já nascem com risco maior de SMS, mas apesar do
mecanismo da morte ainda não ser totalmente conhecido, acredita-se que ao
fornecemos um ambiente de sono mais propício, eliminamos os fatores “gatilho”
das crianças vulneráveis, fazendo com que estas sejam salvas.

 

  • AS CAUSAS

Uma das teorias mais aceitas na atualidade,baseia-se em prováveis alterações do mecanismo de despertar destes bebês.

Acredita-se que também ocorra distúrbio na regulação autonômica que altere a freqüência cardíaca , que o controle autonômico da temperatura corporal esteja alterado ,além de distúrbios do padrão respiratório com obstrução das vias aéreas superiores. A associação destes aspectos com a alteração do mecanismo de despertar levaria a SMS.

  • PREVENÇÃO

Existem 3 recomendações fundamentais baseadas em resultados de pesquisas
científicas.

  • 1. Posição supina ao dormir (decúbito dorsal) -o bebê deve dormir de BARRIGA PARA CIMA-

Recém nascidos normais devem adotar esta posição para dormir. Bebês ou
recém nascidos com refluxo gastro- esofágico ou outras condições médicas que
impossibilitem esta posição devem dormir preferencialmente , de lado.

2. Manter os recém-nascidos em ambiente sem contato com cigarro antes e após o nascimento.

O tabagismo durante a gestação e o primeiro ano de vida aumenta o risco de SMS em 2 – 4 vezes. Mesmo o hábito de fumar paterno pode influenciar este risco e deve ser evitado. As gestantes e puérperas devem ser orientadas para evitar o fumo, no mínimo, durante os 6 primeiros meses de vida do bebê.

  • 3. A cabeça do recém nascido deve ficar descoberta durante o sono.

E, também,que os pés do bebê fiquem encostados na borda do berço, evitando que este escorregue para baixo das cobertas.

Reduzindo o risco de SMS – Outras determinações

campanha dormir de costas

  • – Amamentação : não existem evidências consistentes, nos estudos realizados,indicando que a amamentação reduz risco de SMS.
  • – Vacina tríplice : estudos demonstram menor incidência de SMS em bebês imunizados.
  • – Tipo de colchão : são recomendados os colchões de fibras mais resistentes.
  • – Uso de pacificadores (chupetas) : parecem reduzir o risco de SMS.
  • – Sono compartilhado : se a mãe for tabagista o risco de SMS aumenta.

Entretanto foi observado em países onde os bebes culturalmente compartilham o
leito com a mãe que a incidência de SMS é baixa.

  • – Hipertermia /Hipotermia : crianças que dormem tanto superaquecidas como muito frias tem risco aumentado de SMS.

Assista ao  vídeo do nosso canal do youtube falando sobre o assunto!

Leia aqui dicas para escolher a babá eletrônica ideal para você !

Pois é, comadres… só nos resta pedir proteção a Deus , e fazer a nossa parte, prevenindo o que é possível.

Fique atenta ás dicas!

Bjos e até  tags coração