As Informações Estão Te Ajudando Ou Te Confundindo ?

Informação  X   Preparação  –

Entenda Porque só a Boa Informação Não É Suficiente !

 

De-repente-madrasta

 

Oi Comadre, tudo bem ?

Nessa minha jornada de 10 anos, estudando a maternidade á fundo, com todas as suas nuances, alegrias e dificuldades, uma coisa que sempre me intrigou foi : “ Por quê ,apesar de tanta informação disponível, informações acessíveis, gratuitas , práticas e , muitas de extrema  qualidade , parece que , a cada dia que passa, a maternidade se torna mais “difícil” ?

Eu sou uma “fonte de informação”, com o blog, com a fanpage, com o canal do Youtube,  e, entender o que estava faltando nesse quebra –cabeça passou a ser uma questão de honra para mim!

Afinal, de que adianta eu pesquisar um monte, ler livros , revistas, artigos , seguir blogs incríveis, técnicos ou não, do Brasil , e de vários países do mundo , para gerar uma informação , que não vai conseguir cumprir o objetivo maior, que é ajudar às mamães que estão precisando ?

E, adivinha só … rsrs comecei a pesquisar, a conversar com todas as mamães que eu podia, muitas festas , com uma agendinha na mão , anotando o que escutava (é , eu adoro um papel e uma caneta ainda ! rsrsr) …

Li alguns livros, segui alguns especialistas em psicologia, comportamento humano, psiquiatria, pós parto, educação , neurociência e neurolinguística… E, consegui descobrir muita coisa !! Vem comigo que vou te contar tudo…

O problema , minha amiga, não é  A INFORMAÇÃO, mas sim , o  momento da informação, e  de quem recebe a informação !

Imagine só , que a informação é uma semente : para ela germinar, se desenvolver e frutificar, ela tem que cair em “terra preparada” !!

Trazendo para a nossa rotina… por exemplo : Uma mulher que está grávida, buscando informações insanamente ( como a maioria de nós faz ou fez) …se essa mulher , não tem um relacionamento saudável com a sua mãe, por exemplo, ou com o seu passado ( acha que não foi bem acolhida na infância, que não teve o afeto e o amor que precisava, que foi terceirizada, que foi “rejeitada” enfim …) ela não vai entrar pela porta da frente , no “            assunto” maternidade! Ela tem muitas questões , dentro de si, que precisam ser resolvidas, ou esquecidas, ou perdoadas ….As informações, por melhores que forem, não vão conseguir chegar até esse nível…

Ou ainda, uma mulher que seja muito insegura com relação á  mesma, á sua capacidade de resolver problemas, de tomar decisões… nunca se sentira´preparada para cuidar de um bebê ! Dar o banho, amamentar, consolar, criar e educar !! Por melhores que tenham sido essas informações !

Ou , uma mulher que vive um relacionamento, com seu parceiro ( ou parceira) , onde não existe segurança e amor… que sofre agressões físicas, verbais e morais … Não se sentirá preparada para abraçar a maternidade, como ela é …cheia de dificuldades e desafios !

Entende o que eu quero dizer?

Todas nós, em maior ou em menor grau, nesse ou naquele setor das nossas vidas, temos assuntos que precisam ser resolvidos antes do nascimento do nosso primeiro bebê …

Algumas de nós temos que aprender a termos mais jogo de cintura, ou a sermos mais resilientes, ou pacientes, ou confiantes , ou fortes, ou menos exigentes consigo e com os outros, ou mais sensíveis…

Quando eu olho para trás, eu me vejo nessa exata situação ! E entendo que , os especialistas têm mesmo razão ! Quanta dor e sofrimento eu não poderia ter evitado, se tivesse tido esse olhar, essa abordagem … antes de me entupir de informações !

Se preparar para a gestação e para a maternidade , vai muito além de “buscar e consumir “ informações !

É um processo muito mais profundo , que , ao meu ver , pode sim andar junto com a busca de informações …

Mas como eu faço isso , Lígia ? Por onde eu começo ?

Onde encontro esse caminho ?

Dentro de você , minha amiga ! Todas as respostas que você precisa, estão aí dentro!

E, muitas vezes , são feridas muito doloridas , que não gostamos de mexer… ou , estão em quartinhos escuros e empoeirados, lá dentro da nossa mente…

É preciso entrar, acender a luz, abrir as cortinas e limpar as feridas !

Precisa de ajuda? Quer fazer e não sabe como ?

Fala comigo, que eu posso te ajudar ! É para isso que eu estou aqui…

Conte a sua história, as suas vivências e experiências .

Deixe a sua opinião nos comentários abaixo !Ela é muito importante para mim !!

A gente vai se falando !

Você Segue a Nossa Fanpage ? Vai lá e dá um curtir pequena facebook-logo-

Se Inscreve no Nosso Canal do Youtube !  pequena youtube-logo

Toda Semana tem Vídeo novo por lá.

Bjos e até tags coração

Lígia Coimbra

 

Ser Mãe é Instinto – Um dos Grandes Mitos da Maternidade

 

menino brincando de boneca

Oi Comadre !  Já reparou como a maternidade é cercada  mitos?

Instinto Materno – Um dos grandes Mitos da Maternidade

 

Falando muito sinceramente, alguns ,  até  consigo entender, em  outros,  até acredito / acreditei algum dia … e ainda tem outros , que entram na categoria “lendas “,  que são engraçados e inofensivos ! A gente até se diverte com eles … rsrs

Mas tem alguns mitos, que, na minha opinião são uns dos responsáveis por tirarem o brilho da maternidade, por trazerem  expectativas surreais , e ,que acabam resultando em angústia e frustração nas recém mamães (principalmente) , quando se deparam com a realidade !

E, um dos maiores mitos que se apresenta para a gente, desde que somos meninas, brincando com as nossas bonecas e amigas , de casinha – mamãe/filhinha : A Maternidade é INSTINTO !

E eu te digo , sem medo de errar, que NÃO É !!

E vou te contar, o QUE , exatamente é instinto , na nossa vida de mãe!

Começando pelo começo : O que é Instinto ?

Segundo o dicionário :

“1 Impulso espontâneo independente de reflexão.
2 Tendência, aptidão inata.”

Outra definição :

“Para que um comportamento seja classificado como instinto, ele deve ser inatamente determinado e deve ser específico a certas espécies e aparecer da mesma forma em todos os seus membros.”

Só com essas duas definições , a gente já consegue  perceber que “Maternidade “ e “Instinto “ são coisas bem diferentes. Mas, eu quero , ainda, te contar uma outra linha da psicanálise, que é chamada de Winnicottiana :

Winnicott foi um pediatra e psicanalista que dedicou grande parte dos seus estudos, á essa relação da mãe com seu bebê . E , lá nos anos ”sessenta” ele reconheceu que , exsite sim , nos animais , um impulso de cuidar de outros animais, de forma desinteressada e , com muita dedicação , mas, ele considera que nós, os seres humanos , temos características que nos fazem diferentes , e que devem ser levadas em conta , ao fazer uma análise dessa relação mamãe humana – bebê .

Ele considera que , mais importante do que o tal “Instinto Materno”, seja a “Preocupação Materna Primária” , que temos , que seria o cuidado e preocupação com o bebê , num nível racional e consciente , e que, essa preocupação materna primária é a grande responsável pela formação do vínculo mamãe/ bebê .

Winnicott também foi pioneiro ao afirmar que , a amamentação no seio materno é importante para a formação desse vínculo mas NÃO É O MAIS IMPORTANTE FATOR ( E NEM O ÚNICO)!!

Saindo lá do “século passado “ e trazendo para os dias atuais da ciência,  Gillian Ragsdale , uma psicóloga biológica da Open University, Reino Unido , é taxativa quando afirma que o instinto materno NÃO EXISTE , É UM MITO , e que, acredita que exista sim, um instinto humano, que , homens e mulheres possuem , e exercem quando cuidam uns dos outros, dos pais, de amigos, de desconhecidos ou até mesmo dos animais .

A gente cresce achando que , ao engravidarmos, já começaremos a sentir um amor profundo e

infinito pelo nosso filho … e quando ele nasce então ! Aí é quase obrigatório olhar para o bebê, e sentir um amor imenso que , a faz capaz de virar uma super heroína de filme de guerra, capaz de amamentar com o seio sangrando, passar meses sem dormir , sem se alimentar, sem se preocupar com o próprio bem estar , sonhos e objetivos…

SÓ QUE NÃO !!

Isso não é verdade, minha amiga! Algumas mulheres sentem tudo isso sim… Mas são poucas ! A grande e imensa maioria sabe que , o amor e o vínculo com nosso bebê é construído dia após dia, dificuldade após dificuldade e choro após choro ! ( de ambas as partes ! rsrs).

Dia após dia , vamos olhando para o nosso bebê, e nos sentindo mais ligadas a ele ! Vamos nos apaixonando pelo seus olhinhos, pelo seu cheirinho, pelos barulhinhos que ele faz … olhamos para os seu pezinhos e mãozinhas tão perfeitos … e, devagar, vamos CONSTRUINDO ESSE VÍNCULO, ESSE AFETO , ESSE AMOR !

Descobrimos os nossos limites , e ok, se não nos sentimos plenas por dar o seio sangrando ao bebê ! E , tudo bem , se pedimos ajuda de alguém, porque PRECISAMOS DORMIR mais de 3 horas seguidas, ou , simplesmente , tomar um banho mais demorado !

Uma RELAÇÃO envolve duas pessoas ! E, evolui , no ritmo que as duas pessoas conseguem seguir ! Não existe regras, nem mágicas !

Agora, é importante que eu te diga aqui : O bebê tem em VOCÊ , mamãe, a sua principal referência de cuidados básicos , de amor , de acolhimento e amparo . E , quando a mãe não consegue atender seu bebê em suas necessidades físicas e emocionais, ele pode não ter um desenvolvimento saudável do seu psiquismo … ele poderá ter dificuldades com a sua segurança, auto estima e em formar vínculos verdadeiros e duradouros.

O que fazer então ? Se PREPARAR , e se munir de informações que te digam a verdade, que , realmente te ajudem, a de forma prática e objetiva, no seu dia a dia, nas suas dificuldades … Sem radicalismos, comparações ou julgamentos!

Que encontre uma pessoa ( ou algumas pessoas) , em quem você possa confiar, que tenha pensamentos alinhados e coerentes com os seus , que te guie e oriente nessa jornada : seu pediatra, sua mãe, uma amiga … ou uma comadre ! Olha eu aqui ! rsrs

Conte comigo , minha amiga !

Essas orientações e esses especialistas são parte do que acredito e, onde me estruturei para criar o Método Recém-Mamãe.

Se quiser se tornar uma mãe consciente, segura e capaz de assumir inteiramente a responsabilidade

e os cuidados com seu bebê de 0 a 6 meses, clique aqui para conhecer:

>>> Método Recém-Mamãe 

Eu não vou deixar ninguém judiar de você por aqui, viu?

Para saber mais :

http://psicologofacil.com.br/instinto-materno/

http://psicoperinatal.blogspot.com.br/2011/06/instinto-materno-existe.html

https://online.unisc.br/seer/index.php/barbaroi/article/viewFile/1470/1312

Se quiser saber como foi a minha 3° gravidez, aos 38-39 anos clica aqui para ler !

E você , por aí? Quero saber de você !! Você acredita que maternidade é instinto ?

 

Passou , ou está passando por alguma dificuldade , nesse sentido ?

Conta para a gente ! Deixe seu comentário abaixo ! Você pode ajudar outras mamães que estão passando pelas mesmas dificuldades que você !

A gente vai se falando !

Bjos e até tags coração

 

 

 

 

 

 

Mommy Burnout – Mais Comum do Que Imaginamos

mommy-burnout

 

Oi comadre, tudo bem ?

Você ja ouviu falar no Mommy Burnout ?

Nas conversas com um monte de mamães por aqui no blog , na nossa Fanpage , no canal do Youtube, percebo que nós , mamães , estamos sempre MUITO sobrecarregadas de atividades, obrigações , filhos ,casa, trabalho, e todos os desdobramentos desse pacotão , que é da nossa responsabilidade.

Gravei um vídeo conversando com você sobre esse assunto. Assiste Agora !

Mesmo as mamães que não trabalham fora , sofrem com a sobrecarga de responsabilidades e atividades… Hoje , a vida está muito complicada ! E, a rotina se transformou numa maratona ! Haja jogo de cintura para equilibrar tantos pratos girando no ar ! E, muitas vezes, o que seria prioridade, acaba ficando para trás… Não temos um tempo de qualidade com nossos filhos, com nosso marido , por exemplo, não cuidamos da nossa saúde …

E isso nos deixa angustiadas e frustradas … com a sensação de que fazemos tanto , e … não fazemos nada ! A imagem que me vem á cabeça é o cachorrinho correndo atrás do próprio rabo !

E, sem perceber, o desânimo e o esgotamento tomam conta da nossa vida .

Fazemos por fazer, não sentimos prazer nas atividades diárias, vivemos uma vida tão dura, que nos anestesiamos, para conseguir suportar… É uma situação crônica !

Você está se sentindo assim ? Ou , já se sentiu assim , durante algum tempo ?

Então, minha amiga, ás vezes até sem saber o ” conceito”, você já conhecia o “Mommy Burnout” !

Esse termo em inglês, se traduzido meio ao pé da letra significa “esgotamento” .

Existe uma doença psíquica, da família da depressão , chamada Síndrome de Burnout, que é muito conhecida no mundo corporativo : ela se assemelha a uma “estafa” , mas é crônica, sabe ? E , acomete mais os profissionais que têm muitas responsabilidades, que são muito exigentes consigo mesmos , e que não conseguem ” desligar”… Isso tudo soa familiar para você ?

Nós mães , vivemos tudo isso intensamente ! Porque , além da carga horária de 24 horas, 7 dias da semana, ainda tem um amor imenso , e uma culpa proporcionalmente gigantesca , que nos acompanha de perto … Achamos que não podemos errar… e isso é impossível, não é mesmo ? Já que , muitas vezes nos sentirmos meio super heroínas, somos mesmo é bem humanas…

 

Então, essa síndrome está sendo cada dia mais diagnosticada em mamães, de filhos de todas as idades, não só de recém nascidos … e , por ser um quadro mais crônico, demoramos para perceber que precisamos de ajuda.

Tem tratamento ? O que fazer ?

Bom, a terapia é super indicada, já que teremos que aprender a lidar com a mesma situação, mas de forma diferente!

Trabalho a gente arruma outro, chefe , a gente troca… e a nossa família ? E os nossos filhos ? E a nossa vida ?

Pois é … a mudança tem que vir de dentro para fora, e , a terapia é que pode te guiar nessa luta.

Por ser meio “parente” da depressão, em alguns casos, pode ser necessário tomar medicações específicas, que só um psiquiatra pode te indicar.

 

Quando li sobre essa Síndrome, em dois blogs que adoro e acompanho ( Mundo Ovo  e Macetes de Mãe) , fui pesquisar mais a fundo… e me dei conta de que , a grande maioria das mamães que eu conheço, eu inclusive, já passou por isso ( ou está passando) , em algum momento da sua vida de mãe!

O que será que poderíamos fazer, para sair dessa situação, ou melhor dizendo, dessa condição ?

Talvez …

  • Priorizar as nossas atividades e preocupações de acordo com o que é mais importante para nós;
  • Levar uma vida coerente com quem somos de verdade, e com os nossos objetivos;
  • Termos coragem suficiente, para jogarmos algumas coisas para o alto;
  • Aceitarmos que somos humanas e que temos limitações;
  • Ajustarmos as nossas expectativas com relação ao tempo, ás pessoas ;
  • Aceitarmos que , apesar de estarmos no comando, existem muitas variáveis que não controlamos;
  • Enxergarmos a vida de maneira mais leve;
  • Mantivermos um contato íntimo com a nossa natureza;
  • Levarmos uma vida saudável;
  • Aprendermos a dizer “não” ;
  • Só nos esforçarmos para cultivar e manter relacionamentos saudáveis, sejam amorosos, familiares , ou profissionais;
  • Saber que seremos amadas do mesmo jeito, se falharmos, se nosso salário for menor;
  • Entender que , as coisas mais importantes dessa vida, são simples , gratuitas e espontâneas , como , por exemplo, o AMOR.

Eu estou tentando… várias dessas propostas aí acima, são verdadeiros desafios para mim ! Encontrar o equilíbrio , me livrar das culpas e da mania de querer controlar tudo … da mania de perfeição e do alto grau de exigência comigo mesma !

Eu já passei por fases difíceis, em que a maternidade , sinceramente não era um prazer… era mais uma das mil obrigações que eu tinha para cumprir ! Mas passou … E , de certa forma , saber o que está acontecendo com a gente, nos dá a falsa impressão de que sabemos o que fazer para sair do escuro…

Eu me sinto assim, e você ?

Já passou por essa experiência ? Como você vivencia e organiza a sua vida e rotina de mãe ?

Deixa seu comentário  abaixo, conversa comigo comadre!

 

Dá um curtir lá na nossa fanpage  pequena facebook-logo- .

Se inscreve no nosso Canal do Youtube pequena youtube-logo.

A gente vai se falando !

Bjos e atétags coração

Lígia Coimbra

Promessas de Ano Novo de Uma Mãe

mulher-jovem-faz-lista-de-desejos-anotando-ideias-1365089106235_956x500

Oi comadre, tudo bem ?

Andei meio sumida daqui, não é mesmo ? Me desculpe, mas o final de ano foi intenso ! rsrs

Crianças de férias, família , festas e comilança… Mas , vambora começar nosso ano juntas ?

Eu não sei você, mas eu tenho uma mania de , todo final/começo de ano , sentar e refletir um pouco sobre o que passou , e , sobre o que está por vir .

É como se fosse um balanço , sabe ? Eu gosto de anotar os meus planos e objetivos do ano anterior, e olho o que eu consegui realizar, o que não consegui, o que continua importante , e , o que não tem mais valor dentro da minha vida…

Sempre me impressiono como a vida muda rápido ! E , olha que eu sou uma mãe de 3, casada, moro no interior… imagina só !! Nada mais linear que isso , não é mesmo ? #SÓQUENÃO !! RSRS

Você costuma fazer essa “reflexão” ?

Faz um balanço da sua vida ? O que está bom, o que não está … o que precisa ficar, o que precisa sair … onde quer chegar , e como chegar lá ?

Eu queria dividir aqui hoje, como você, quais foram as minhas resoluções de Ano Novo , como mulher, como mãe e como profissional, para , talvez, te inspirar , e , te mostrar que você não está sozinha na sua luta de todos os dias …

Vamos lá então ?

  • TER MAIS TEMPO COM MEUS FILHOS

Comadre do céu… eu me dei conta que, apesar de estar sempre junto deles, muitas vezes, só estou de corpo presente!

Ou dando ordens e broncas! Não tenho me sentado muito ao lado deles para assistirmos um programa bobo na TV, ou jogarmos jogos e brincarmos conforme as “regras” deles !

  • ESTAR MAIS PRESENTE

Isso complementa o propósito anterior, porque, não adianta estar presente, de corpo, mas estar com a cabeça no trabalho, na lista de compras do supermercado, no barulho que a máquina de lavar está fazendo …

Estar presente , para mim, é um grande desafio… de corpo e alma, como tem que ser !

Viver , de verdade e por inteiro aqueles minutos em que passamos juntos, é isso que me proponho.

  • MENOS CELULAR NA MINHA VIDA

Gente do céu … como é difícil, né? Sempre tem um e-mail para ler, um Instagram ou Facebook para postar, um WhatsApp para responder …

E as crianças falando, perguntando, esperando , e o tempo passando…

  • ESCUTAR O QUE MEUS FILHOS TÊM A DIZER

Tipo, de verdade, sabe? Não só o que , realmente disseram, mas , o quê quiseram dizer …

  • SER MENOS EXIGENTE COMIGO MESMA E COM OS OUTROS

Quando a gente aceita que não somos perfeitas, que vamos errar, que todo mundo erra … o sentimento é de liberdade! Ufa !! Que bom !  Também tenho licença para errar ! Inclusive como mãe !

  • EXERCITAR A MINHA COMPAIXÃO

Por definição, compaixão é a capacidade que a gente tem , de se colocar no lugar dos outros, de sentir o que o outro sente, de ver com os olhos e ouvir com os ouvidos do outro.

  • DEFINIR METAS FINANCEIRAS MAIS OBJETIVAS

Aliás, ser mais objetiva seria mais correto de se dizer… objetividade , análise e tática, não são exatamente meu ponto forte!

  • RESPEITAR AS DIFERENÇAS

Aceitar e respeitar as diferenças individuais : isso parece meio óbvio e fácil, não é ? Mas quando se tem 3 filhos…

Eu sou uma só! Penso e ajo da mesma maneira… como jogar 3 jogos totalmente diferentes ? É um grande desafio…

  • APRESSAR MENOS MEUS FILHOS

Eu andei me observando… e, de cada 10 palavras que falo para meus filhos, pelo menos 3-4 , são : “vamos”, “olha a hora”, “você já fez tal coisa?”, “estamos atrasados” , ” a aula começa em 10 minutos”, “para de enrolar” …

Putz! Coitados ! Eu é que tenho que dar um jeito de organizar melhor a minha , a nossa rotina !

  • CONSEGUIR FICAR “SENTADA” “SEM FAZER NADA”

Nem que seja por poucos minutos, todos os dias… Eu sou daquelas que, sempre tenho “alguma coisa para fazer” , sabe?

  • NÃO FAZER 10 COISAS AO MESMO TEMPO

A gente que é mulher vive se gabando dessa nossa capacidade, não é mesmo ? Brincamos com os homens que , eles não conseguem fazer 2 coisas ao mesmo tempo …

É muito duro para mim assumir isso mas… eles estão certos !! O nosso cérebro não foi feito para trabalhar assim !

Por isso nos esquecemos de coisas, nos sentimos sem foco, estressadas e cansadas…

  • TENTAR ENCONTRAR O MEIO TERMO

Pensa numa pessoa que é 8 ou 80 … essa sou eu !!

  • FALAR MENOS

Meu Deus ! Essa vai ser difícil !! rsrs Mas… juro que vou tentar !

Se você quiser saber mais sobre os meus desafios , na minha vida de mãe… conhecer meus erros e defeitos mais cabeludos, clique aqui e leia esse post onde confesso tudo ! rsrs

E nesse outro aqui, os meus desejos de ano novo para você !

 

Você tem metas e planos para esse novo ano ? Me conta !

E como mãe, o que você gostaria de fazer diferente ?

Deixa seu comentário aqui embaixo ! Vou adorar conversar com você!

Uma coisa eu te falo, comadre … “Nada muda, se A GENTE não mudar” !

Se você quiser se inspirar, e se o seu inglês der ” pro gasto” , conheça o Brendon Burchard , seus livros e suas idéias… Tem me ajudado muito!Eu super recomendo !

 

Eu estou na batalha e você ?

Se gostou desse post, dá um curtir prá mim !

Clica AQUI  e Curte a nossa Fanpage pequena facebook-logo-  .

Se Inscreve no nosso canal do Youtube  pequena youtube-logo

Compartilha o conteúdo com as suas amigas , e com as inimigas também! kkkkk

A gente se encontra por aqui !

Feliz 2016 para você e conte comigo na sua jornada!

Bjos e até tags coração

Lígia

O que é Pensar Fora da Caixa, Afinal ?

1381550863_5_24bw_large

Oi Comadre!

Hoje em dia está tão na moda a expressão “pensar fora da caixa” , que eu andei pesando e refletindo sobre isso … li até um livro ” O poder dos Inquietos” , muito bom , por sinal.Eu queria conversar com você hoje , um pouquinho sobre isso, pode ser?

Tá bom, eu devo confessar que , eu sou aquele tipo meio “do contra” , sabe assim: “não tente me empurrar nada goela abaixo ” !! rsrs Eu preciso pensar, e as coisas precisam fazer sentido para MIM! Independente do que está na moda, ou o que “todo mundo faz” , ou porque “as coisas são assim” … Um exemplo para você me conhecer um pouquinho “mais a fundo ” : Eu e o Guilherme estamos juntos há 22 anos, e , só nos casamos há 2 anos e 8 meses ! kkkk A gente saiu da faculdade , e , praticamente, já começamos a morar juntos… eu não via mais sentido em me casar… eu nunca tive o sonho do casamento na igreja, sabe? Então , para quê? Se para nós dois, estava bom assim… Só nos casamos há 2 anos, no cartório, por questões legais, para proteger as crianças, caso “nos aconteça o pior” !! Tá , eu sei , nada romântico! kkkk Mas é o nosso jeito ! E somos felizes assim !

Eu também não batizei os meus filhos… quero que eles tenham capacidade e liberdade para escolherem no que querem acreditar. Oriento, converso… mas não doutrino. Não como carne, por dó dos bichinhos , nem arroz com feijão regularmente, porque acho sem graça… E, escolhi ter 3 filhos !!!É , sou meio esquisita ! rsrsr Mas estou bem resolvida! Não precisa se preocupar comigo !

Recentemente, há menos de 1 mês, deixei a minha profissão de cirurgiã dentista de vez! Sou formada pela UNESP, há 20 anos, com pós graduação na UNICAMP , e , sempre fui apaixonada pelo que eu fazia ! Me dediquei á minha carreira de corpo e alma , a vida inteira ! Quem me conhece, sabe bem … Mas , eu preciso ter Tesão, sabe como é?Ter paixão, sentir sangue correr pelas minhas veias… e , de um ano pra cá , eu não sentia mais isso … comecei a me sentir oprimida, e até quando alguém me chamava de “doutora”, eu sentia um nó na garganta !Então, numa decisão bem á queima roupa, como é bem a minha cara, decidi parar ! Conversei com a minha família, uns se assustaram mais , outros se assustaram menos… mas todos me apoiaram ! E, sendo MUITO sincera aqui com você :sinto pelas pessoas muito queridas que fizeram parte dessa história: colaboradores, colegas e pacientes , mas , estou me sentindo LIVRE e Feliz!

Escutei de algumas pessoas: “Nossa , que coragem !” E, fiquei pensando … Concluí que requer muito mais coragem viver uma vida no piloto automático, sem vibração, sem sentido , sem direção ! Concluí que “pensar fora da caixa”, é na verdade, um exercício de olhar para dentro da gente!

Não é fácil viver assim não… Tomando as rédeas da vida nas mãos… ás vezes a gente se sente meio “desadequada”, e socialmente , muitas das nossas escolhas , não soarão muito simpáticas…E,olhar pra dentro da gente, pode não ser muito fácil , nem agradável… tem muita coisa por ali que preferimos ignorar… sentimentos e lembranças que estão guardados ali há anos, e nunca foram mexidos… mas que podem estar bloqueando a gente seguir em frente!É preciso entrar, e arrumar a nossa bagunça interna ( de tempos em tempos !), é preciso acender a luz !

E eu , nesse meu caminho de buscas, sem perceber, me abri a novas experiências e sensações… e comecei a escrever , uma das minhas grandes paixões… e onde publicar essas “inquietações e pirações ” ? E foi assim que nasceu o nosso Blog “Mães Comadres” !

Me apaixonei por tudo isso aqui , por conversar com você e as milhares de comadres que passam por aqui todos os dias, pelo alcance que esse mundo virtual proporciona… Aquele esquema formal, entre 4 paredes, fazendo as mesmas coisas todos os dias, não fazia mais sentido para mim, não me preenchia mais!

Esse contato com você aqui, me faz sentir viva e útil ! É como se fosse um chamado, sabe? “um barulho” muito forte dentro de mim… impossível de ignorar! Se eu posso ajudar, inspirar e ser útil por aqui… é aqui que eu vou ficar! A minha missão é fazer com que VOCÊ , ALCANCE A SUA MELHOR VERSÃO , como mãe, como mulher como ser humano! Eu estou nessa luta , nessa estrada,lutando com meus fantasmas, minhas limitações, buscando o meu desenvolvimento pessoal, e , tudo o que eu for descobrindo e experimentando, prometo ir compartilhando com você aqui!Eu leio insanamente, sigo experts do mundo todo, faço cursos, converso com as pessoas…

Eu queria te propor um exercício , comadre, topa? Ponha em xeque-mate, todas as áreas da sua vida, se questiona ! O que está bom, e o que não está ? O que VOCÊ pode fazer para melhorar? Seu corpo, sua saúde, sua disposição, seu humor, seu relacionamento com seu parceiro, com seus filhos, com seus familiares… Sua carreira, suas finanças…a sua sexualidade… a SUA VIDA !E, o que você faz , que te deixa feliz e plena? E, o que faz, ou com quem convive, que te faz mal, te oprime, e te afasta da sua natureza, da sua alma ?

Isso é pensar fora da caixa ! Olhar para a vida, para o mundo, com os seus olhos, com o seu coração , e tomar as suas decisões !! Não seguir a manada ! Vivemos ,  muitas vezes, a vida que nossos pais sonharam pra gente, depois, vivemos ” a vida do marido ou dos filhos”, ou a vida que a sociedade, ou o chefe, ou sei lá eu quem, espera de nós!!

Sabia que existe uma linha científica que atribui a depressão, a esse afastamento de nós mesmas , que sem querer nos submetemos durante a vida… e que muitas vezes, nem sequer nos damos conta!

Mas uma coisa eu te digo acredita em mim : Sempre é tempo de tomar a sua vida nas suas mãos ! De viver a sua missão , de se realizar, e de viver uma vida plena de significado para você e para o mundo !

Eu te convido HOJE , A LEVANTAR A SUA CABEÇA , e olhar fora da caixa ! Enxergar grande ! Pensar em como você pode melhorar nosso mundo, ajudar as pessoas… Sair daí de dentro de você um pouquinho…Você vai se surpreender com a vista! Vem comigo !

Me conta de você? Como vê tudo isso ?

Já teve a sensação de estar vivendo uma vida de mentira, um rascunho, do que poderia estar vivendo?

Um peso, um vazio, sem saber de onde vem?

Conta prá mim, vou adorar conversar com você!

A gente vai se encontrando por aqui!

Bjos e até tags coração

 

 

 

 

Mudança de Vida – Como Escapar dos Velhos Hábitos

Como-se-libertar-dos-velhos-hábitos

Oi Comadre, tudo bem?

Mudança de vida… é algo que , uma hora ou outra , se faz necessário! Pequenas e grandes mudanças!

Você já fez uma promessa, um propósito novo, e , quando se deu conta, já estava lá de novo, fazendo as mesmas coisas de sempre?

Uma dieta que não foi para frente, ou ser mais paciente com seus filhos, dar mais atenção aos seus pais e amigos…

Eu queria te contar que VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA!!

Comigo acontecia com tanta frequência, que passou a me incomodar muito ! Sabe quando você tem o diagnóstico , mas não consegue seguir o tratamento ? Pois é… melhor nem saber, não é mesmo?

Eu ficava frustrada, brava comigo mesma…eu queria conseguir mudar, evoluir, mas como?

Com essa rotina louca que levamos : casa, marido, filhos, carreira, e todos os desdobramentos disso… como não entrar no piloto automático ?

Então, adivinha só o que eu fiz ? rsrs Fui pesquisar ! E encontrei muitas respostas e muita coisa bacana!

A explicação para essa dificuldade de mudar os hábitos, pensamentos e comportamentos  é científica, presta atenção:

Cada decisão que tomamos, o nosso cérebro gasta muita energia. E, diariamente, sem percebermos, tomamos centenas delas ! Acontece que, atavicamente, lá dos nossos ancestrais, todo o nosso organismo foi preparado para economizar energia… então, o cérebro criou um sistema de “piloto automático”. Como assim ?

O cérebro NÃO toma as nossas centenas de decisões por dia . Quando ele vislumbra , de longe, a necessidade de tomar uma decisão, o que ele faz ? recorre a padrões e caminhos neurais já conhecidos e utilizados anteriormente!

Simples assim… aí, ninguém tem trabalho, ninguém fica minutos para tomar a decisão, que vem de topo, e, o cérebro economiza a energia , que é tão valiosa para ele.

Então, resumo da ópera : mais de 90 % das decisões que regem as nossas escolhas, os nossos pensamentos e comportamentos… não são pensadas… são disponibilizadas pelo nosso sistema nervoso , tipo aquela roupa que está mais por cima da gaveta , sabe?

Falando sério agora, eu fiquei super assustada com isso ! Então , como fazer ? Como lutar contra um inimigo tão

poderoso?

Aí , o meu querido guru e mestre do desenvolvimento pessoal, Brendon Burchard ( o cara é craque – #1 best seller do NY Times) , ensinou , em um dos seus treinamentos, uma sacada simples e eficiente:

Anota aí :

1° tome as suas decisões de forma racional, reflita , mas sempre com antecedência.Pense e planeje,para que o novo plano seja factível, possível, dentro da sua rotina.

2° pegue o seu celular e, programe alertas sonoros, com texto , em horários estratégicos dos eu dia, que servirão de gatilhos para que você se lembre e execute, suas decisões tomadas anteriormente .

A ciência nos diz que, depois de 21 dias praticando um ato, pensamento ou comportamento, o cérebro incorpora esse novo modelo no sistema ” piloto automático” dele …. ou seja são necessários 21 dias de muito esforço e depois, é só vigiar , para manter os novos padrões!

Veja o vídeo que fiz, falando sobre isso :

Então, como exemplo:

Você se propõe a emagrecer e seguir “aquela” dieta, ou “aquele” plano de exercícios , por onde começar ?

Imagine como será a sua rotina, a partir de agora, da hora que acorda , até a hora que vai dormir… O que vai manter, o que vai mudar ? Vai precisar acordar mais cedo  para preparar uma refeição mais saudável ?

Vai ter que levar a roupa de exercícios , no carro , para já ir direto do trabalho ?

Depois de avaliar e pensar em todos os detalhes , pegue o seu celular e , programe os alarmes sonoros os horários que considera críticos, para “cair em tentação”, seja sair da dieta, seja matar os exercícios… E acrescente uma mensagem de texto pra te estimular , bem humorada , e sempre focada nos resultados que quer alcançar !

Por exemplo : ” Olha a calça 38 !” ou “Fuja das frituras, olha a barriga sequinha!” ou “nada de preguiça, o projeto agora é barriga sarada, pernas tornadas e bumbum no teto !”  rsrs

Você se conhece… escreva as mensagens que sabe , vão te animar, te por para cima, e te dar forças para não desistir!

Esse truque serve para TUDO ! Carreira, relacionamentos, emagrecimento… é só adaptar as dicas!

Muito simples? Mas esse truque, minha amiga , é usado por atletas e executivos de alta performance , do mundo todo,que são acompanhados pelo Brendon Burchard , que cobra até U$10.000 ,00 por uma sessão de coaching !! E está aqui … disponível para você, é só querer !

Vou te deixar os links dos canais do Brendon, se seu inglês te permitir, vale muito a visita!!

o Face: https://www.facebook.com/brendonburchardfan?fref=ts

o Canal do YouTube :https://www.youtube.com/user/BrendonBurchard

o blog : https://brendonburchard.com/

Tem um livro, se você , assim como eu , gosta de ir mais a fundo nas questões, que se chama ” As Armas da Persuasão” de Robert B. Cialdini  – Ed Sextante – Esse tem em português, tá ?

Você costuma se fiar muito na sua força de vontade ? Ela costuma te deixar na mão?

Como você enfrenta esses desafios, na sua vida?

Me conta, vai !

Bom , a gente vai se encontrando !

Bjos e atétags coração

 

 

Para as Mães que Trabalham Fora …

Oi Comadre!

Tanta coisa acontecendo por aqui, que eu andei meio sumida… Palestras ao vivo, minha entrevista saindo na edição desse mês, da revista Crescer, gravando vários videos para o nosso canal lá do Youtube … É o “Mães Comadres” crescendo , e virando gente grande  ! rsrs

Ontem , eu li uma reportagem na “Folha de S. Paulo ” , que lavou a minha alma!! E é disso que eu quero conversar com você hoje.

Vou te contar…

Nessa matéria, eles diziam que foi feito um estudo em Harvard, uma pesquisa , com 5o mil pessoas , com idades entre

18 e 60 anos, de 2000 a 2012, em 25 países,para avaliar os filhos de mães que trabalham fora…

Antes de continuar, eu quero deixar muito claro aqui uma coisa: “Nada contra as mamães que optaram por cuidar dos seus filhotes em período integral, tá?” Eu, inclusive acho, que a maioria das mamães que voltaram ao trabalho, em algum  momento desejou não voltar….

Mas , a questão é que, nós , as mamães que voltamos, além da saudade que dói, ainda costumamos carregar uma culpa gigantesca! Quase paralisante, não é mesmo, minha amiga?

Então tá… mas voltando á notícia…

Nos resultados o que se encontrou foi :

– no caso de meninas, quando adultas, as filhas de mães que trabalham foram ganhavam , em média, 23% mais, em comparação com o grupo de filhos de mamães em tempo integral;

– no caso de meninos, as vantagens apareceram no seu comportamento em casa: ajudam mais nas tarefas domésticas e também, passam o dobro de tempo com a família, se comparados ao grupo de filhos de mamães que não trabalharam fora.

Em um estudo anterior, nos EUA, foram analisados 69 estudos que mostraram que as crianças de mães que trabalham fora, são mais bem sucedidas na sua vida escolar e , têm menos problemas de aprendizado.

Então, trazendo a reflexão desses resultados para a nossa sociedade, o que os especialistas dizem é que, com esse perfil , os filhos de mães que trabalham fora tendem a ser menos machistas e terem mais autonomia.

Mas , é importante frisar que, no caso, o “trabalho ” da mãe só é benéfico, se a mãe for realizada nele!

Se a atmosfera que envolve o trabalho da mãe for ” vou obrigada, detesto, mas  temos que pagar as contas”… o efeito pode ser bem diferente! Essas mamães costumam se sentir sobrecarregadas, cansadas, e muitas vezes , não estão emocionalmente disponíveis para os filhos.

E , agora, você pode estar pensando: ” Ah! Só isso , Lígia” “O que mais você quer?” Que eu saia de casa todos os dias, deixe meu filho com um estranho( ou em casa ou na escolinha) e me sinta feliz e realizada? E , por acaso existe isso?”

Olha comadre, o grande desafio das mulheres multi tarefas, ao meu ver, é encontrar o equilíbrio!

Eu  acho que, por melhor que seja o trabalho da mulher  que tem filhos, se ela sai de casa muito cedo e volta muito tarde… não tem convivência com os filhos, não os acompanha de perto… Isso não é saudável nem para as mamães, nem para seus filhotes! esse esquema vai deixar lacunas…

Por outro lado, a gente que é mulher sabe, que o serviço de casa NUNCA acaba!! Sempre tem o que fazer ! E, com filhos então… meu Deus! o cesto de roupa suja se multiplica á velocidade da luz, louça suja na pia tem vida própria! rsrs  As mamães que estão em casa , junto com seus filhos, também podem se ver atoladas na sua rotina insana, de 24 horas de trabalho, sem tempo de qualidade para os filhos…

Pensando com as minhas caraminholas, cheguei á conclusão de que, o melhor exemplo que podemos dar aos nossos filhos , é sermos felizes e realizadas… e não nos escondermos atrás da maternidade, usando os filhos como desculpa, para não corrermos atrás dos nossos sonhos! Temos a obrigação de nos realizarmos como pessoas! E , a maternidade não é um empecilho não! É sim , uma ferramenta maravilhosa e poderosa para a gente se desenvolver, e se realizar!

Se, para você , realização e alegria, é ficar em casa , e cuidar dos seus filhos e da sua família , vá em frente ! Viva plenamente!

Agora, se você precisa ter uma carreira, realizar coisas e idéias, fora de casa, vá em frente, também ! Sem culpa ! Se realize!

Cumpra seu papel, minha amiga!

Quando estamos nesse caminho, fazendo e realizando aquilo que viemos aqui para fazer, nos sentimos vivas, e em paz…

Me pergunta como é que eu sei disso !?! rsrs

Já vivi todas essas nuances e tons, sabe, comadre?

E você, como foi a sua experiência?

Quando o Pedro nasceu, eu não queria mais voltar a trabalhar… quando a M.Beatriz nasceu , eu fiquei em casa, praticamente 1 ano… e , quando a M.Carolina nasceu, voltei, devagar , aos poucos, mas ela ainda tinha 40 dias… ia só por algumas horas, voltava no meio do período para amamentar…mas precisei, emocionalmente, voltar!

Sair de casa, me arrumar, batalhar meus ideais…. e, posso falar?

Vivi intensamente todas essas fases, não me arrependo de nada… e só sofri muito, quando não respeitei os meus limites  e as minhas necessidades!

Pronta para viver sem culpa ?

Vambora então !!

A gente vai se falando por aqui!

Bjos e atétags coração

Aonde Você Quer Chegar ?

87_3-600x399

Oi Comadre!

Hoje, aqui no” mama coaching “, eu quero te contar sobre uma frase, que eu ouvi de um “master coaching” do mercado, e que, mudou completamente o meu olhar sobre a minha vida !

Aí vai a frase: ” Se você não sabe para onde vai, Qualquer caminho serve .”

UAU !! Você já pensou nisso?

Será que você tem objetivos claros na sua vida ?

Ou ainda, será que , vida e os caminhos que você trilha hoje, vão te levar para onde você quer chegar?

A sua vida, os seus planos , estão alinhados aos seus sonhos? Estão coerentes com a sua natureza , com quem você é , de verdade ?

Eu gravei esse vídeo, para te fazer pensar sobre isso .

Assiste e me conta !

Eu me questionei geral, depois de trazer essa reflexão pra minha vida !

Tente tirar uns minutinhos só pra você, e olhar aí pra dentro… sem travas, sem julgamento e sem pudores!!

Sem colocar “razão” na parada !

Como eu te falei no vídeo, a partir do momento que você traça seu caminho, toma sua decisão, o “como fazer” “como chegar lá ” ou “por onde começar” , vão aparecendo dentro de você , como insights, que você nem sabe de onde vêm !

Eu te falo que eles são fruto do seu sub-consciente… é a sua mente, trabalhando a seu favor ! é essa a grande mágica dos vencedores !

A grande maioria das pessoas, ao contrário, cai nas armadilhas que a mente costuma por no nosso caminho, do tipo:”Você está sonhando…” ” Você têm um monte de contas pra pagar, e sonho não paga conta…” , ou ainda ” sonhar é coisa de criança! Ou de pessoas que vivem no mundo da lua ! ” ” Você não vai conseguir” ” O que as pessoas vão pensar de você ? ” ” Você vai fracassar”… E , por aí vai !

Eu não sei você , comadre, mas eu quero escolher a minha vida! A minha carreira! Os meus relacionamentos !

E , dane-se quem não concorda ! Eu simplesmente, não escuto pessoas “bad vibe”…, nem a minha mente “do mal ” rsrsr E é isso ! Quem não está comigo, a favor das minhas escolhas… está contra mim… então não merece crédito !

Você conhece o grupo de “Mães Empreendedoras” , que temos aqui no “Mães “? Não ?

É um grupo , onde conversamos por email, sobre carreira , empreendedorismo !

Só mulheres, e mamães… todas passando pelo mesmo período de transição , e com a crise :

Carreira atual X Maternidade ! Todas querendo exercer a maternidade intensamente, acompanhando os filhos de perto, mas sem abrir mão das sua carreira, de uma remuneração….

Vem com a gente ! Clica aqui, se cadastra e comece a receber os emails ! é gratuito e sempre será!

O meu propósito, é te ajudar a encontrar, por você mesma, o seu caminho de realização !Eu estou nessa!

Ajudar mulheres, com filhos, faz parte do meu propósito de vida ! Eu adoro me conectar, conhecer as suas histórias, e , se eu puder, com alguma vivência minha, te ajudar… isso é o que faz meu coração bater mais forte !

Eu amo escrever! Eu amo conversar… E , se ainda puder viver disso ! Esse é o meu “porquê!”

Bora lá ! Chega de prosa e põe a sua cabeça no lugar !

Espero te encontrar lá no grupo!

A gente vai se falando !

Bjos e atétags coração

 

 

 

 

 

Mama Coaching – Nossa Nova” Sala de Bate-Papo “!

mama-coaching

Uhuu ! Oi  Comadre ! 

Eu estou super empolgada com a nova categoria que está nascendo hoje aqui , no Mães : “O Mama Coaching ! “

Muito obrigada por estar fazendo parte disso tudo aqui, comigo , na batlha ! 

Saiba que é por você , e para você que eu escrevo e produzo conteúdo aqui !!

Mas deixa eu explicar o que é o Mama Coaching .

Resolvi ter um espaço , aqui no blog, pra gente conversar assuntos ” de gente grande ” !

Sem falar de filhos, de choro, de educação, de papinhas e amamentação… Vamos falar da gente !

  • Como nos sentimos ? Por quê ?
  • O que nos faz felizes ? Por quê ?
  • Do que você  gosta ? 
  • Do que Não Gosta?
  • Como estão seus relacionamentos  : -amoroso,
  •                                                                      -social ou
  •                                                                     – familiar ?
  • Como está sua carreira ?
  • Como está sua saúde ?
  • Você Tem se cuidado como deveria ? ( corpo e mente )
  • Sabe quem é ? Ou perdeu o contato com a  “Torre” ? rsrs
  • Nossa cabeça é o nosso guia ? Qual cabeça anda te guiando?
  • Você ouve a voz da razão? Você ouve a voz do coração ?
  • Você está em equilíbrio ?
  • O que você sente quando se olha no espelho?
  • O que te faz, se levantar da cama, todos os dias?
  • Quando olha para o seu futuro, o que você vê?

UAUU ! É … como você vê , comadre, temos assunto prá  duas vidas ! kkkk

Prometo ir conversando, te fazendo refletir e descobrir cada uma das respostas  acima. Toda semana, um assunto novo!

E por que isso agora, Lígia ?

Por quê, minha amiga, eu estou numa insana e alucinada fase, de busca e auto conhecimento… Estou ADORANDO!

Estou aprendendo , descobrindo, conhecendo idéias e pessoas sensacionais , e … como boa comadre, tenho que dividir isso com você ! Vem comigo!

Descobri, que, quanto mais completa como ser humano, eu for, melhor mãe eu serei !

Que , se me sentir feliz e realizada, orgulhosa do que construo em minha vida, no meu trabalho todo dia, melhor mãe eu serei !

Descobri também, que, mesmo sem querer, ás vezes, cobramos um preço alto demais, de quem não tem que pagar a conta… descontamos nos filhos, maridos e companheiros, nossas frustrações…E ainda dizemos que ” é por amor” !

Comadre, eu não guardo mágoa, não guardo dinheiro… vou guardar segredo ? rsrs Tá… se você me pedir, eu guardo … Pode confiar !

Mas isso TUDO eu preciso dividir com você !

Então senta, aperta os cintos, porque o trajeto é esburacado, mas , a paisagem é linda !

Fecha os olhos , respira fundo e vamos lá !

A gente vai se falando ! 

 

Bjos e até tags coração

 

Ser Mãe – O Maior Projeto das Nossas Vidas !

IMG_2860

Oi Comadre!

Então… Hoje é o nosso dia ! Vivaaa!

Sempre quando vai chegando perto dessa data, me bate um misto de alegria e sensação de realização, com um frio na barriga… “Meu Deus O que fazer com tanto amor ? Com tanto medo de errar? “… Você sente isso também ?

E, a auto análise se torna inevitável! A gente se compara com nossos” modelos “: nossas mães, nossas sogras, nossas avós… Mesmo sabendo que os contextos são tão diferentes! Que a nossa vida, hoje, é bem mais corrida, mais complicada…

Ao mesmo tempo, olho em volta…

Olho para minha casa – hoje, temporariamente decorada por 3 crianças.

Olho para minha vida- sem tempo para ir á manicure, ou comer uma comida mais quentinha .

Olho para o meu casamento – impossível conversas  a dois, namorar então… requer planos estratégicos de guerra! rsrs

Olho para dentro de mim – quem eu era, pensava , sonhava ou sentia, antes de me tornar mãe ?

E , de verdade, NÃO ME LEMBRO !!

É até assustador! Mas não consigo me desvencilhar física e emocionalmente … é muito intenso, muito profundo…

Você se sente assim , também?

IMG_3232

E os valores, então?

“Coisas”, que antes eram primordiais, super importantes… hoje, estão apagadinhas…

Eu sei que nós, as mamães, temos a dificuldade de manter a nossa individualidade, a nossa vida “á parte” , e que isso pode custar bem caro… e, dependendo da mulher, pode até trazer alguns problemas bem sérios… Mas , cá entre nós,  racionalizar, não é lá o forte da gente , não é mesmo ! rsrs

Choramos por nada, curtimos os filmes e livros infantis, nos divertimos com tão pouco !

Um sorriso naqueles rostinhos, um olhar brilhando, nos preenchem de forma tão plena… como pode?

 

Ah , mas tem o lado “B” da história também: Nos cabe educar, dar as broncas, ensinar os limites… Sempre somos as “chatas”, já perceberam?

“Põe casaco, porque está frio, meu filho ! ” , ou , ” Refrigerante ! Nem pensar… escolhe um suco.” ou , ” peça desculpas para a sua avó …” , ou ainda ” Eu sei que a brincadeira está super legal, mas já é hora de dormir “…

– “AH! MANHÊÊÊÊ !!” Faz parte…

Sem falar nos super poderes que ganhamos, quando nascem nossos filhotinhos :”adivinhamos pensamentos “, ” super beijo que cura tudo ” , “espantamos monstros e bichos ferozes “, ” nossa oração mais parece um campo magnético de proteção ” ” nosso abraço… ah o nosso abraço “!

O mundo ganha novas cores! Paramos para observar borboletas, tatus bolinhas e flores…

Nossas roupas sempre têm algumas “pegadas ” e “carimbos” de mãozinhas e boquinhas sujas !

Nos preocupamos com o futuro do planeta , dos  recursos naturais…

Você se sente assim também ,comadre?

Olhamos para nossas mães e avós com um olhar diferente! Enfim, aprendemos a sermos filhas e netas ! Gratidão e Saudades…

Escuto agora suas conversinhas “Mamãe, você vai comigo pra Barcelona, quando eu for jogar no “Barça”? diz o Pedro, ou ” Mamãe, eu quero ter 5 filhos, sabia ? É bom demais ter filho, não é mamãe?” diz a Piquita, a minha do meio…

E penso:”Acho que estou fazendo um bom trabalho “…

Tomara !

Porque Ser Mãe é, certamente, o Maior Projeto da Minha Vida ! Ao olhar para trás, percebo que TODAS as decisões que tomei , na minha vida adulta, foram sempre norteadas para o meu projeto de ser mãe : da escolha da minha profissão, do meu amor e parceiro de vida, da cidade que escolhi para morar…

Parabéns prá você , comadre! Que , dentro do seu contexto, dentro das suas dificuldades, acorda e dorme todos os dias, por amor aos seus filhos ! Que faz desse mundo, um lugar melhor prá se viver… Que é capaz de um amor tão grande e tão verdadeiro, que é capaz de mover montanhas!

Obrigada a minha mãe , minhas avós “Maria “, que plantaram em mim, essa semente, esse desejo de ser mãe… Amo vocês profunda e eternamente…

Obrigada á minha sogra, por ser um exemplo de mãe e avó!

Obrigada às professoras dos meus filhos, e de todos os outros, por  serem “mães ” emprestadas, tão dedicadas …

Obrigada à Maria , o meu anjo da guarda, que criou sozinha seus 5 filhos e, agora , cuida com tanto amor e dedicação da Nina , a minha caçula, e de todas as crianças , grandes e pequenas, que passam pela nossa casa… À Cida, que , deixa a sua família, todos os dias , para cuidar da minha família, da minha casa! Vocês me ajudam a cumprir meu papel de mãe e de mulher; me permitem ter uma carreira , e respirar fora de casa um pouquinho!

Bom dia das mães para vocês , todas as mamães desse mundo !

 

A gente vai se falando .

Bjos e até !tags coração