Por quê você quer um Segundo Filho ?

27 Flares Facebook 25 Google+ 2 27 Flares ×

3 niver pedro 246   “Por que você quer um segundo filho, mamãe? ” Essa foi a pergunta que o Pedro me fez, comadre, quando contei a ele que estava grávida da M.Beatriz, minha filha do meio.

Com toda a sua sinceridade e ingenuidade, características de uma criança de 2 anos, o que ele  realmente queria saber , o que eu li nas entrelinhas do seu coraçãozinho angustiado foi : ” Eu não basto?” “Eu não sou o que você queria, por isso vai tentar de novo?” ” Eu vou ter que dividir você , a casa , meus brinquedos  e atenções, a troco de quê? ”

E, nesse instante em que parei para pensar numa resposta adequada pra ele, o que me veio de pronto, foi TUDO O QUE AS MINHAS IRMÃS REPRESENTAM PARA MIM!!

Nada mais sincero e convincente que isso! Então sentei com ele, e disse: “Filho, a tia Lalá e a tia Pri, são minhas irmãs, sabia? E, eu vou te contar, devagarinho, na nossa hora da história, histórias verdadeiras que nós três vivemos juntas, e , eu tenho certeza de que , no fim , você vai estar louco pro seu (sua) irmãozinho (irmãzinha) chegar logo!!”

E assim foi… Todas as noites, antes dele dormir, naquele momento onde antes líamos livrinhos juntos, agora era a vez das histórias e aventuras verdadeiras da minha infância.

E  como tinha história!!! Até eu me surpreendi!! Passeamos juntos pela minha rotina em casa, pelas artes, pelas brigas, férias, passeios, brincadeiras,colégios e  amigas lá de trás … Cenários ainda tão vivos e tão presentes em minha vida !!!

Percorri sentimentos e experiências de forma muito viva… Contei quando mentimos pra minha mãe na véspera do dia das crianças, e , ficamos, nós três sem presente; contei de como capotamos uma charrete na fazenda do meu pai, com 8 crianças dentro ; contei das tardes na piscina clube ;  do tombo horrível que minha irmã levou de bicicleta porque descemos uma ladeira proibida ;  de como nos protegíamos ; dos nossos medos ; de como minhas irmãs, que dividiam o mesmo quarto, dormiam de mãos dadas quando chovia ; dos ataques de sonambulismo da minha irmã do meio , que sempre ia pro meu quarto mexer e quebrar minhas coisas; de quantas vezes rimos juntas ou choramos abraçadas…

Que nossos quartos, na casa dos  meus pais, eram interligados… Privacidade ? Solidão ? Palavras que eu vim a saber o que significavam já adulta, quando fui para a minha própria casa!!

Foram muitas histórias… E ele foi entendendo … até que partiu dele mesmo a grande resposta : ” mamãe, o seu coração deve estar crescendo bastante, igual á sua barriga, não é ?” Quer solução  mais perfeita?Pronto, agora ele estava tranquilo de que, seu lugar estava reservado, e que de repente , ter um irmão (ou irmã) podia ser uma coisa legal! E, depois que a Piquitinha nasceu,tudo foi muito natural e tranquilo…Acho que funcionou!!!

E, fico pensando, que filho vem pra fazer a gente refletir ,reviver nossas histórias…AINDA BEM que eu tive  essa oportunidade, de reviver e trazer para o meu consciente tudo o que sinto pelas duas pestinhas!!!rsrsrs

segundo filho

A certeza de sempre estarão ali, ao m eu lado. A certeza de conversas , de conselhos… De ouvir coisas que só elas têm o direito e a coragem de me dizer!! De falar  coisas pra elas , como se falasse a mim mesma… De sentir as mesmas alegrias e dores, de sentir não estarmos mais próximas , fisicamente…Ver o meu sobrinho, como parte de mim. De olhar para elas e enxergar nitidamente a extensão do amor essencial e fundamental que conhecemos com nossos pais e avós…

O que teria sido a minha vida sem elas?  não gosto nem de imaginar!!

Você tem irmãos , comadre? Como foi a sua infância com eles?Permita-se lembrar desse tempo doce  e quentinho…

Bjos e até tags coração

 

 

Related Posts

27 Flares Facebook 25 Google+ 2 27 Flares ×

Comments

comments

Speak Your Mind

27 Flares Facebook 25 Google+ 2 27 Flares ×