Que Tipo de Mãe Você é ?

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

over-protective-mom

Oi comadre! Tudo bem ?

Esses dias , li uma matéria num blog americano, e ontem vi num programa de TV daqui , uma discussão sobre os ” 3 tipos” predominantes de pais que existem hoje em dia , e quais as consequências disso na vida presente e futura dos filhos.

E , claro, já fiquei me questionando e refletindo sobre o assunto, e resolvi dividir tudo aqui com você !

Vamos aos “tipos” ( rsrs) :

-Pais Super Protetores : São pais que estão sempre “cuidando ” , olhando , preocupados, não confiam em ninguém para cuidar dos filhos, a não ser eles mesmos . Adoram as câmeras em casa, na escola … assim podem estar sempre de olho !

-Pais Super Solícitos : Fazem tudo pelos filhos, até mesmo as atividades que eles já estariam preparados para fazer! Dão banho, preparam e dão a comida, até a lição e os trabalhos escolares fazem pelos filhos.

– Pais Super “Palpiteiros “: Conduzem toda a vida dos filhos – escolhem o que comem, o que vestem, os esportes que praticam, aonde e com quem devem ir, e , muitos , até escolhem a profissão e namorados/ namoradas dos filhos.

Caraca !! rsrs É quase impossível a gente não se ver em PELO MENOS UM desses perfis, não é mesmo ?

Inclusive, na reportagem de TV que eu vi, a repórter estava abordando pais com filhos em lugares públicos e, mostrava cartazes com os ” 3 tipos ” de pais… e nem perguntava “SE” os pais eram assim ! A pergunta já era “QUAL” TIPO”de pais eles eram ! E , nenhum escapou… na verdade, a grande maioria se enquadrava em mais de um tipo ! rsrs Acho que eu, inclusive !!!

E eu daqui, só olhando, escutando e pensando ….

Como ser diferente num contexto social desses ? Violência, pedofilia… correria, drogas , internet ?

Eu sei que a nossa geração foi criada muito mais “solta” e independente ! Nos virávamos , andávamos por aí sozinhos, íamos para a escola a pé, eu até viajava de ônibus para da minha cidade para SP, na casa das minhas tias, sozinha !! E tinha 12- 13 anos !! Imagine só isso hoje em dia ! Impensável ! Mas o contexto do mundo hoje é diferente ! Socorro !

Mas, infelizmente, o que os profissionais (psiquiatras) que deram suas opiniões nas duas matérias que vi, disseram a mesma coisa : que esse tipo de “criação” tem consequências muito negativas na formação emocional das nossas crianças ! Eles foram bem firmes em dizer que , quando nós , pais, agimos com eles dessa forma, criamos neles uma “dependência ” nada saudável, e um sentimento de “não sou capaz”, “não consigo sozinho”,” não sei o que fazer”…

E , nós , pais, não costumamos pensar muito na realidade “nossos filhos vão crescer e se tornar adultos” … e que “tipo” de adultos serão ? Seguros, determinados ? Ou folgados, inseguros e perdidos ?

Como tomarão as rédeas de suas vidas, de suas decisões, como lidarão com as suas frustrações , dores e angústias ?

Já que , isso , nós nunca vamos poder fazer por eles !! Viver o  que é deles para viver, crescer e amadurecer por eles !

Como prepará-los para a “vida real ” ?

Eu estou nesse impasse , minha amiga, e você ? Como lida com esse assunto ?

Encontrou alguma maneira de fazer valer o bom senso e o  meio termo ? Conta prá mim !!

Andei pensando que , algumas mudanças e atitudes são possíveis começar hoje mesmo, e quem, sabe ir “avançando”? rsrs Será? Vou tentar começar por aqui :

  • permitir que as crianças cuidem dos seus brinquedos ( guardem, arrumem e limpem );
  • ensiná-las a manter seus espaços  e quartos organizados;
  • arrumar a própria cama;
  • cuidar de guardar suas roupas já foram lavadas e passadas;
  • arrumar suas mochilas e lancheiras;
  • retirarem seus pratos da mesa;
  • permitir que me ajudem mais na cozinha ;
  • que decidam, entre algumas opções , o que comer ;
  • que escolham suas roupas;
  • que tomem banho, escovem os dentes e penteiem seus cabelos sozinhas;
  • que façam sua lição de casa e trabalhos sem interferências e opiniões minhas;
  • que aprendam a gerenciar e organizar seu tempo como prazos para entrega de trabalhos ou períodos de provas na escola;
  • permitir que sonhem, falem e imaginem seu futuro sem nenhuma “interferência realista” de um adulto;
  • ensiná-las a lidar com seu dinheiro;

UFAA ! É um bom começo, você não acha ? Tá… algumas dessas coisas eu já venho fazendo  ( pelo menos na teoria !!!) , e , muitas vezes, existe um parêntese ( SOB SUPERVISÃO) … que vergonha! Eu confesso … Será que  Estou fazendo TUDO ERRADO !! Ai meu Deus …

Eu estou nessa luta já há algum tempo … Olha só esse vídeo em que eu converso sobre isso :

Mas prometo que vou, a partir de hoje, vigiar os meus atos e pensamentos, para não ser “intrometida e invasiva” , só por causa da minha “credencial de mãe ” !! Juro juradinho…

A gente vai se encontrando por aqui !

Deixa seu comentário aqui embaixo! A sua opinião , o que você pensa e tem a dizer são fundamentais para mim !

É isso que dá sentido ao meu trabalho ! Saber que eu estou produzindo um conteúdo que faça alguma diferença na sua vida!

Bjos e até tags coração

Lígia

 

Related Posts

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Comments

comments

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×