Ser Mãe é Instinto – Um dos Grandes Mitos da Maternidade

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

 

menino brincando de boneca

Oi Comadre !  Já reparou como a maternidade é cercada  mitos?

Instinto Materno – Um dos grandes Mitos da Maternidade

 

Falando muito sinceramente, alguns ,  até  consigo entender, em  outros,  até acredito / acreditei algum dia … e ainda tem outros , que entram na categoria “lendas “,  que são engraçados e inofensivos ! A gente até se diverte com eles … rsrs

Mas tem alguns mitos, que, na minha opinião são uns dos responsáveis por tirarem o brilho da maternidade, por trazerem  expectativas surreais , e ,que acabam resultando em angústia e frustração nas recém mamães (principalmente) , quando se deparam com a realidade !

E, um dos maiores mitos que se apresenta para a gente, desde que somos meninas, brincando com as nossas bonecas e amigas , de casinha – mamãe/filhinha : A Maternidade é INSTINTO !

E eu te digo , sem medo de errar, que NÃO É !!

E vou te contar, o QUE , exatamente é instinto , na nossa vida de mãe!

Começando pelo começo : O que é Instinto ?

Segundo o dicionário :

“1 Impulso espontâneo independente de reflexão.
2 Tendência, aptidão inata.”

Outra definição :

“Para que um comportamento seja classificado como instinto, ele deve ser inatamente determinado e deve ser específico a certas espécies e aparecer da mesma forma em todos os seus membros.”

Só com essas duas definições , a gente já consegue  perceber que “Maternidade “ e “Instinto “ são coisas bem diferentes. Mas, eu quero , ainda, te contar uma outra linha da psicanálise, que é chamada de Winnicottiana :

Winnicott foi um pediatra e psicanalista que dedicou grande parte dos seus estudos, á essa relação da mãe com seu bebê . E , lá nos anos ”sessenta” ele reconheceu que , exsite sim , nos animais , um impulso de cuidar de outros animais, de forma desinteressada e , com muita dedicação , mas, ele considera que nós, os seres humanos , temos características que nos fazem diferentes , e que devem ser levadas em conta , ao fazer uma análise dessa relação mamãe humana – bebê .

Ele considera que , mais importante do que o tal “Instinto Materno”, seja a “Preocupação Materna Primária” , que temos , que seria o cuidado e preocupação com o bebê , num nível racional e consciente , e que, essa preocupação materna primária é a grande responsável pela formação do vínculo mamãe/ bebê .

Winnicott também foi pioneiro ao afirmar que , a amamentação no seio materno é importante para a formação desse vínculo mas NÃO É O MAIS IMPORTANTE FATOR ( E NEM O ÚNICO)!!

Saindo lá do “século passado “ e trazendo para os dias atuais da ciência,  Gillian Ragsdale , uma psicóloga biológica da Open University, Reino Unido , é taxativa quando afirma que o instinto materno NÃO EXISTE , É UM MITO , e que, acredita que exista sim, um instinto humano, que , homens e mulheres possuem , e exercem quando cuidam uns dos outros, dos pais, de amigos, de desconhecidos ou até mesmo dos animais .

A gente cresce achando que , ao engravidarmos, já começaremos a sentir um amor profundo e

infinito pelo nosso filho … e quando ele nasce então ! Aí é quase obrigatório olhar para o bebê, e sentir um amor imenso que , a faz capaz de virar uma super heroína de filme de guerra, capaz de amamentar com o seio sangrando, passar meses sem dormir , sem se alimentar, sem se preocupar com o próprio bem estar , sonhos e objetivos…

SÓ QUE NÃO !!

Isso não é verdade, minha amiga! Algumas mulheres sentem tudo isso sim… Mas são poucas ! A grande e imensa maioria sabe que , o amor e o vínculo com nosso bebê é construído dia após dia, dificuldade após dificuldade e choro após choro ! ( de ambas as partes ! rsrs).

Dia após dia , vamos olhando para o nosso bebê, e nos sentindo mais ligadas a ele ! Vamos nos apaixonando pelo seus olhinhos, pelo seu cheirinho, pelos barulhinhos que ele faz … olhamos para os seu pezinhos e mãozinhas tão perfeitos … e, devagar, vamos CONSTRUINDO ESSE VÍNCULO, ESSE AFETO , ESSE AMOR !

Descobrimos os nossos limites , e ok, se não nos sentimos plenas por dar o seio sangrando ao bebê ! E , tudo bem , se pedimos ajuda de alguém, porque PRECISAMOS DORMIR mais de 3 horas seguidas, ou , simplesmente , tomar um banho mais demorado !

Uma RELAÇÃO envolve duas pessoas ! E, evolui , no ritmo que as duas pessoas conseguem seguir ! Não existe regras, nem mágicas !

Agora, é importante que eu te diga aqui : O bebê tem em VOCÊ , mamãe, a sua principal referência de cuidados básicos , de amor , de acolhimento e amparo . E , quando a mãe não consegue atender seu bebê em suas necessidades físicas e emocionais, ele pode não ter um desenvolvimento saudável do seu psiquismo … ele poderá ter dificuldades com a sua segurança, auto estima e em formar vínculos verdadeiros e duradouros.

O que fazer então ? Se PREPARAR , e se munir de informações que te digam a verdade, que , realmente te ajudem, a de forma prática e objetiva, no seu dia a dia, nas suas dificuldades … Sem radicalismos, comparações ou julgamentos!

Que encontre uma pessoa ( ou algumas pessoas) , em quem você possa confiar, que tenha pensamentos alinhados e coerentes com os seus , que te guie e oriente nessa jornada : seu pediatra, sua mãe, uma amiga … ou uma comadre ! Olha eu aqui ! rsrs

Conte comigo , minha amiga !

Essas orientações e esses especialistas são parte do que acredito e, onde me estruturei para criar o Método Recém-Mamãe.

Se quiser se tornar uma mãe consciente, segura e capaz de assumir inteiramente a responsabilidade

e os cuidados com seu bebê de 0 a 6 meses, clique aqui para conhecer:

>>> Método Recém-Mamãe 

Eu não vou deixar ninguém judiar de você por aqui, viu?

Para saber mais :

http://psicologofacil.com.br/instinto-materno/

http://psicoperinatal.blogspot.com.br/2011/06/instinto-materno-existe.html

https://online.unisc.br/seer/index.php/barbaroi/article/viewFile/1470/1312

Se quiser saber como foi a minha 3° gravidez, aos 38-39 anos clica aqui para ler !

E você , por aí? Quero saber de você !! Você acredita que maternidade é instinto ?

 

Passou , ou está passando por alguma dificuldade , nesse sentido ?

Conta para a gente ! Deixe seu comentário abaixo ! Você pode ajudar outras mamães que estão passando pelas mesmas dificuldades que você !

A gente vai se falando !

Bjos e até tags coração

 

 

 

 

 

 

Related Posts

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Comments

comments

Speak Your Mind

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×