O Sono do Bebê e A Regressão dos 4 Meses

o-sono-do-bebê-1

o sono do bebê

O Sono do Bebê

A REGRESSÃO DOS 4 MESES

Fala comadre! Tudo jóia?

O sono do bebê está pior que nunca? ele/ela está te dando uma canseira para dormir?

Só dorme picado, no colo ou no peito, embalado. Briga com o sono, chora para dormir e acorda toda hora?

Não se sinta sozinha e nem culpada….

Cansada exausta e perdida… Isso sim é inevitável, não é mesmo?

A gente sempre escuta falar o seguinte:

Bebês até 3 meses não dormem mesmo!

Bebês só começam a esboçar uma rotina a partir dos 3 meses e AÍ o sono do bebê vai melhorar…

Será?

Eu preciso te contar… eu andei mergulhando a fundo em estudos e pesquisas em fontes fora do Brasil, sobre o sono do bebê aos 4 meses e o Sono do bebê aos 8-9 meses. Por quê essas fases?

Se você tem um bebê com essa idade já deve saber a resposta:

Nessas duas épocas EM ESPECIAL, o sono do bebê vira do avesso! Por quê? O que acontece?

O que fazer durante esse período? O que fazer depois? E o que não fazer?

É isso que eu vou te contar aqui hoje!

Como o assunto é MUUIITO extenso, eu vou separar em parte 1 e parte 2 .

Hoje aqui, vamos falar sobre o sono aos 4 meses e no próximo post, conversamos sobre o

sono aos 8-9 meses, combinado?

_________________________________________________________

Entendendo melhor os “por quês”da Regressão dos 4 meses

__________________________________________________________

A gente pensa: agora já passaram as cólicas, agora parece que as mamadas já estão mais espaçadas… agora o meu bebê vai começar a dormir melhor!! E não entendemos o que acontece aos 3 meses e meio ( em média)… Por quê o sono PIORA! Agora o bebê briga para dormir, não quer mais dormir de dia, faz sonecas muito picadas, acorda toda hora durante a noite…. O que está acontecendo afinal?

Vou te explicar. Para começar, nessa fase eles atravessam um pico de desenvolvimento muito longo e difícil.

Com algumas pequenas diferenças, o que nós aqui no Brasil chamamos de “Picos de Desenvolvimento”, lá nos EUA os especialistas chamam de “Regressões do sono”.

Você se lembra o que são os picos de desenvolvimento?

São períodos em que o nosso bebê está aprendendo novas e importantes habilidades, que o cérebro precisa trabalhar à velocidade da luz para tentar processar e fixar aquela novidade, aquele aprendizado.

Quando o cérebro está funcionado assim, é como se ele não conseguisse “desligar”, entende?

Numa explicação bem simplificada é isso o que acontece.

Nos bebês de 4 meses o que está acontecendo é que, até os 3 meses, 3 meses e meio, a visão deles ainda é muito limitada e é um dos sentidos que mais se desenvolvem nos primeiros meses, quando há o amadurecimento acelerado das conexões entre as células dos olhos e a parte do cérebro responsável por traduzir em imagens as informações captadas .

A audição, apesar funcionar perfeitamente desde o nascimento, o bebê ainda leva uns meses para começar a interpretar a origem e o significado dos sons.

E nesse momento, aos 4 meses, a visão que antes era preto e branca, limitada e sem distinção de formas e cores, tem um salto enorme! E juntamente com isso, o bebê já consegue interpretar alguns sons! Ou seja, minha amiga: O seu bebê começa a descobrir o mundo!

Observa o ambiente, luzes, cores, vozes, sons, animaizinhos, brinquedos!! E dormir já não é mais “tão interessante”.

E cada nova descoberta dele, o cérebro precisa ir organizado e catalogando as informações, que são MUITAS!Então, minha amiga…é aí que começam os problemas de sono dessa fase.

_______________________________________________

    O Quê Fazer?

_______________________________________________

Primeiro, mantenha a calma e tenha em mente que você não está fazendo nada de errado, e nem existe nada de errado com o seu bebê!

Existe sim um caminho! Ah! E antes que você se sinta tentada a pensar:” Já que é só uma fase, vou esperar passar”.

Não faz isso! Sabe por quê?

Os especialistas dizem que, nessa fase é o primeiro aprendizado sobre o sono que o bebê entra em contato e que, dependendo da forma como esse momento for conduzido, o bebê pode adquirir hábitos ruins, que perduram muito tempo! Na verdade, até que você reestruture os hábitos dele/dela. E quanto maiorezinhos eles vão ficando, mais difícil é fazer esse caminho de volta!

Um exemplo prático:

Seu bebê agora demora muito para pegar no sono e, você tenta de tudo o que imagina, para acalmá-lo e … sem perceber começa a balançar o bebê, você fica de pé, andando com ele pela casa…O que vai acontecer?Ele vai se acostumar a isso, e pior, vai entender que só é possível adormecer assim- sendo chacoalhado e andando pela casa!Imagina isso quando seu bebê estiver com 8-9 Kg? Entende o que eu estou dizendo?

Devemos tentar evitar a qualquer custo as “associações negativas”, que é como são conhecidos esses recursos que lançamos mão para sobrevivermos a esse momento!

O que fazer então?

1°- Observe seu bebê e ANOTE TODA a rotina dele por uns 5-7 dias.

Aí, baseada nessas observações, você pode planejar um esboço de rotina que você consiga manter consistentemente todos os dias, e que respeite as necessidades e particularidades do seu bebê. A Rotina traz para o bebê segurança e previsibilidade. Não ache que você estará massacrando ou judiando do seu bebê por estabelecer uma.

2°- Ao estabelecer uma nova rotina, já tenha em mente, minha amiga, que vários ajustes de rota serão necessários… até que você e o seu bebê se encaixem aí, num esquema que realmente funcione! E isso NÃO É rápido!

3°- Lembre-se que ROTINA não é só relacionada ao sono!Rotina são TODAS as atividades relacionadas ao bebê e á casa: horários que mama ( se alimenta), passeios, banhos,banhos de sol, que hora a mãe/pai saem de casa para trabalhar, que horas a mãe/pai chegam em casa, a rotina pré-s0necas, os horários das sonecas e do sono noturno, etc

4°- Consistência, persistência e paciência

Se você já tentou mudar um hábito seu, ou instalar um novo hábito na SUA rotina, então já sabe que isso é gradativo e lento … que é um processo! Não é milagre, nem tem uma chave que viramos, para que as mudanças aconteçam. Por isso é tão importante que você saiba para onde está indo e tenha confiança na escolha desse caminho.  Assim você terá a persistência necessária para essa jornada. A ciência fala em 67 dias para o nosso cérebro (adulto) incorporar ou excluir um hábito.

Então, tente os novos hábitos por, pelo menos 1 semana, antes de achar que não está funcionando e desistir…

Depois de uma semana, se tiver alguma estratégia que absolutamente não está funcionando, aí você reavalia e altera o que achar necessário.

5°- Estabeleça UMA mudança de cada vez, senão você não saberá o que está e o que não está funcionando.

______________________________________

  QUANDO DEVO AGIR?

______________________________________

Na hora do olho do furacão, em que tudo parece ter virado de pernas para o ar, seu bebê está “do avesso”, você exausta e insegura… esse não é o melhor momento.

Reúna forças e espere a tempestade passar. Quando seu bebê começar a esboçar uma melhora, aí é a sua hora de entrar em ação e implementar as mudanças que achar adequadas e necessárias.

________________________________________________

   O QUÊ NÃO FAZER?

________________________________________________

Não se sentir culpada;

Não agir por impulso;

Não se deixar abater por comparações, críticas ou palpites;

Não tentar encaixotar o seu bebê em nenhuma “técnica mirabolante” que não tenha a ver com você ou com ele;

Não sentar e esperar passar… Eu tenho que te falar uma coisa: NÃO VAI PASSAR … E quanto mais tempo levar, mais difícil vai ficar.

A importância dessa fase dos 4 meses para o seu bebê é que, é nesse momento que ele vai estar tendo contato, pela primeira vez, e de verdade com o aprendizado sobre o sono (mesmo que você já tenha feito isso desde que ele nasceu, só agora ele consegue compreender e responder ao que você ensina para ele).

Então, o que ele aprender (ou desaprender) agora, vai perdurar, muitas vezes pela vida toda! A hora é AGORA minha amiga, para estabelecer hábitos e rotinas saudáveis para o seu bebê, para a sua família e para a sua casa.

Por exemplo, se você anda pela casa, chacoalhando o bebê para ele dormir, ou se ele só dorme no peito, ou se ele mama toda hora de dia e de noite… ele vai entender que é assim que funciona! Ele vai APRENDER  que ele só pode dormir se for chacoalhado e com você de pé andando pela casa… ele vai APRENDER que ele só consegue dormir no peito… enfim , entende?

Se esse é o momento em que ele está pronto para aprender, e que vai levar isso para toda a vida, ENSINE O CAMINHO CERTO PARA ELE!!

Fácil e milagroso… não é! Mas pense que o  tempo vai passar e, aonde você pretende estar daqui a 2 meses, daqui a 4 meses, daqui a 6 meses? Pior, exausta, desesperada? E o seu bebê? Irritado, sem dormir direito, e com todos os prejuízos que a privação do sono traz? É possível sim que VOCÊ construa o seu caminho e planeje como, quando e onde quer chegar!

E o que é o “caminho certo”?

É o que VOCÊ julgar certo! Se você acha que o “certo” é você amamentar o seu bebê a madrugada toda, mesmo depois dos 3 meses… vá em frente!

Se você acha que o certo é fazer cama compartilhada, vá em frente! Se você acha que o certo é estabelecer horários, fixar rotinas , vá em frente!

O meu papel aqui NUNCA é de juíza nem de dona da verdade não! Deus me livre desse fardo! rsrs

O meu papel aqui é te explicar os porquês e te falar sobre as consequências das escolhas que VOCÊ fizer!

As escolhas sempre serão suas e, para mim, o importante é que você faça as suas escolhas de forma consciente.

Comece HOJE!! Sabe por quê?

AMANHÃ É … NUNCA MAIS!!

Eu acredito em você e, tenho certeza de que tem aí dentro tudo o que precisa para acertar o sono do seu bebê e se realizar com a maternidade, de verdade!

Eu escrevi um outro post bem completo, um verdadeiro “Guia do Sono do bebê”, para ler, clica aqui.

Nesse outro post tem os 7 fatores que podem interferir no sono do bebê. Se quiser ler, é só clicar aqui. 

E sobre a cama compartilhada, você tem alguma opinião? Nesse post aqui, eu converso com você sobre o assunto.

Agora, se você quiser a minha ajuda mais de perto, o meu acompanhamento pessoal e individualizado, conheça o meu curso “Recém-Mamãe Sono”. Clique aqui para conhecer mais sobre o curso que tem ajudado a centenas de mamães e que pode te ajudar também.

Bjo e atétags-coracao

Lígia

Palestra ” O Sono do Bebê”- Como fazer o Bebê Dormir Melhor

bb-jp-bruco
Oi, Eu sou a Lígia Coimbra e tenho umas perguntas para você:
Você tem Problemas com o sono do bebê?
Seu bebê dorme mal, dorme picado, briga muito para dormir?
Só quer colo, te deixa exausta e perdida, sem saber mais o que fazer?
Eu posso te ajudar! Clica Aqui Para se Inscrever para a PALESTRA online e GRATUITA,
em que vou te ensinar tudo o que é importante sobre o sono do seu bebê!
Vai ser dia 27/09 ás 20:30 h, ao VIVO! Traga suas dúvidas.
O que você vai aprender na palestra:
  • Como funciona o sono do seu bebê
  • Por quê o sono do bebê é “picado” e o que fazer para melhorar isso
  • O que são os picos de crescimento e saltos de desenvolvimento e como eles afetam o sono do seu bebê.
  • Qual a importância das sonecas para o bom funcionamento do sono do seu bebê.
  • O que é o efeito vulcânico? O que causa isso? Como evitar?
  • Como criar uma rotina para o seu bebê?
  • verdades e mentiras sobre o sono do bebê.

Esse meu conteúdo já ajudou mais de 9 mil mamães!

Tenho certeza que vai te ajudar também!

Participe da palestra! Vai ser incrível. Traga suas dúvidas!

Preencha seus dados para eu conseguir te mandar todas as informações, ok?

Fica de olho no seu e-mail para não perder nada! Na caixa de entrada, quarentena, lixeira e promoções

(infelizmente alguns provedores trabalham assim).

QUERO ME INSCREVER NA PALESTRA

Qualquer dúvida ou dificuldade é só me mandar um e-mail:

ligia@recemmamae.com.br

A gente se encontra então!

Bjo e atétags coração

Lígia Coimbra

O Final da Novela – ” O Sono do Meu Bebê”

Oi, tudo bem comadre?

cpl#2

Hoje, vou te
contar o “final da novela!”
Da minha novela com o sono do meu 1°filho.
Lembra do POST de ontem ? Se não se lembra corre lá.
Vale a pena você ler  e assistir o vídeo em que
eu te conto como cheguei ao fundo do poço como mãe!
Claro que eu tenho vergonha… mas se te servir de alerta,
terá valido a pena 😉
Assiste o vídeo de hoje com o final da história:

Bom, se lidar com “o Sono do Bebê” fosse fácil ou intuitivo,
não teríamos tantas mamães passando por dificuldades,
dúvidas e, chegando ao seu limite…
Como aconteceu comigo!!
É SIMPLES, mas não é Fácil.
Lígia, que história é essa de simples que não é fácil?

Vou te explicar…
Muitas coisas relacionadas ao sono do bebê
são contra-intuitivas, ou seja:
Se simplesmente seguirmos a lógica, não vai funcionar.
Para você entender melhor, vou te dar um exemplo:

Quando o bebê não dorme bem a noite, a primeira coisa
que passa pela nossa cabeça é: “vou tirar ou diminuir
as sonecas do dia assim, a noite ele estará mais cansado
e dormirá melhor a noite”…
Só que não!!

O bebê entra “no negativo” e, começa a
acontecer um “colapso” no sistema que regula o sono
do seu organismo (hormônios)…
E quanto mais cansado ele estiver, mais difícil
será para ele adormecer e, mais agitado e picado
será o seu sono!

Quer outro exemplo?
O bebê NÃO NASCE SABENDO DORMIR SOZINHO!
Aí você pode me falar: Tá, mas ele não dormia sozinho
durante a sua vida intra-uterina?
Sim! Mas lá dentro era “com você”!
Lá dentro ele era embalado o tempo todo,
lá dentro era apertadinho, escurinho e acolhedor!
Ele era alimentado “automaticamente” ….
Aqui fora é completamente diferente!

O berço é enorme se comparado ao útero,
ele vai conhecer a sensação da fome e,
ficar algumas horas longe de você, para ele
significa perigo de morte!!
Já que você é todo o seu referencial de
segurança e de alimento!

Você está entendendo, minha amiga?
Então é isso! É por isso que eu tive que
estudar e pesquisar a fundo esse assunto…
E é TUDO ISSO que eu resolvi dividir com
você, nessa 5° feira, 14/07, ás 20 horas,
numa palestra GRATUITA, online e ao VIVO!

Você já deve ter percebido que o que eu preparei
para você amanhã é “pancada”, né?
Simplesmente TUDO o que eu aprendi, vivi, estudei
e pesquisei nesses 10 anos, eu vou entregar para você
na nossa aula de amanhã!
>>> Quero me inscrever para a palestra >>>
Até amanhã então

Bjos e atétags coração

Lígia Coimbra

Os 5 Grandes Perigos da Falta de Sono Para o Bebê

Oi comadre, tudo jóia?

Hoje o assunto por aqui é o sono do seu bebê aliás, a falta dele e as suas terríveis consequências.

BEBE CHORANDO

 

Eu ando estudando a fundo esse tema pois, tenho percebido que ele é um dos grandes desafios que as mamães de bebês enfrentam.

São muitas mamães que me mandam e-mails, inbox, que deixam comentários nos posts e vídeos que posto pelas redes sociais, me pedindo uma luz!

E, quanto mais eu estudo, quanto mais eu me informo, mais fico preocupada por saber as terríveis

consequências que a falta de sono – em qualidade e em quantidade, pode trazer para o seu bebê.

E hoje aqui, vou te contar as 5 piores, ok?

  • uma queda no sistema imunológico ( o bebê fica mais susceptível a doenças).
  • Déficit de aprendizado, do desenvolvimento neurológico e psico-motor do bebê.
  • Desregulamento do metabolismo do organismo como um todo, ou seja, hormônios e outras funções importantíssimas, não funcionam como deveriam.
  • Aumento do nível do cortisol, que é o hormônio do stress, no cérebro do bebê ( e que dependendo das concentrações deixam sequelas irreversíveis).
  • O bebê não mama, não cresce e não ganha peso como deveria e aumentam as chances e a intensidade das cólicas.

É de pirar, não é minha amiga? Além da gente não saber exatamente como resolver essa situação,

ainda temos que conviver com esses riscos e consequências para a saúde do nosso bebê…

O que fazer então, Lígia?

O que eu te sugiro, minha amiga é que se informe, o quanto conseguir e, se estiver muito pesado, não se envergonhe em pedir ajuda!

A gente também fica exausta! As noites picadas, os dias sem conseguir descansar nos leva a um estado de privação crônica do sono, que também é super prejudicial para a nossa saúde!

E, o cansaço acumulado, não é um bom conselheiro…

E ainda temos que lidar com a culpa, com cobranças, com palpites …

Realmente não é fácil.

Deixa aqui seu comentário! Me conta o que está sendo difícil para você.

Conte comigo, eu já passei por tudo isso e, estou do seu lado 😉

Se gostou do conteúdo, deixa seu curtir no  botão!

Compartilha com alguma mamãe que possa estar precisando…

E, se você quiser receber de presente 5 vídeo-aulas da exclusiva plataforma do

curso “Recém-Mamãe” , preenche seus dados que mando no seu e-mail, pode ser assim?

QUERO RECEBER AS 5 VÍDEO-AULAS DE PRESENTE

A gente se encontra por aqui então!

Bjos e até

Lígia

 

O Sono do Bebê – as minhas histórias …

sono-do-bebe

Oi Comadre! Pra quem me conhece sabe que, dentre todos os assuntos da maternidade, o sono dos meus bebês me deu um trabalhinho, sabe…

Como eu amamentava exclusivo, os primeiros meses, as primeiras noites… eram bem difíceis !

Eu optei por colocar o Pedro ( meu primeiro filho, num bercinho desmontável no meu quarto, para facilitar pra mim e , também porque ele não ficava no quarto dele nem a pau !) .

Sabe TODOS aqueles livros de pediatras e especialistas em sono infantil que tem no mercado, famosos ou não… pois é !  Li todos!! Algum funcionou ? NÃO ! rsrs Não consegui aplicar nenhum !

Ele começou a dormir no seu quarto, mas acordava , todos os dias , ás 3:00 da manhã ( já com 2 anos ), e por mais que eu só conversasse o essencial, não fosse brincar com ele , dissesse que era hora de dormir… o bichinho queria colo e a MINHA companhia ! E, quem me conhece há algum tempo sabe que, nessa época eu trabalhava em postos de saúde, e acordava ás 5:50 h ! Nessa maré de ficar acordada a partir das 3 :00 …. uma hora a casa caiu !

Desmaiei no banheiro, com direito a nariz cortado e olho roxo ! rsrs Tive que tomar uma atitude…

Com a M.Beatriz, minha segunda, eu, meio traumatizada por ter deixado a situação com o Pedro ter chegado naquele limite, tentei fazer tudo diferente desde o início . Eu dormi no quartinho dela por um bom tempo, pelo menos enquanto ela ainda acordava algumas vezes na madrugada para mamar… E pra minha sorte, ela tem uma personalidade bem independente… e nãome deu maiores trabalhos ! Adora dormir no seu quartinho !

Com a Nina, a minha terceira, eu tentei ficar no seu quartinho, assim como fiz com a Beatriz, mas… tinha um agravante : elas dividem o quarto! Então, todo chorinho e toda a movimentação  noturna, acabavam acordando a Beatriz( que sempre teve um soninho de cristal !).

E então… lá se foi a Nina para o meu quarto… para a MINHA CAMA ! Não me orgulho disso não ! Mas eu tentei de tudo ! E, não dou conta de deixar chorando no berço , sabe ? Nem por uns minutinhos… E , assim fomos até um ano e meio !

Até que a situação começou a ficar ruim prá todo mundo ! Ninguém mais dormia de noite ! Era chute e cabeçada a noite toda!

Então , conversando com uma paciente, mãezinha de primeira viagem , ela me emprestou um livro, algo como ” Doze semanas de vida, doze horas de sono … ”  . Ela disse que aplicava com a bebê dela desde que ela era pequenininha, e que a bebê dormia super bem . Eu li a parte que era já pra crianças maiorezinhas, e adaptei á minha realidade… E devagarinho, tirei a Nina do meu quarto , sem traumas , sem choro!

O que eu fiz ? Vou te contar !

Nas primeiras noites ( 2 ou 3 ) , eu dormi com ela num colchão, no chão do meu quarto, para tirar ela da minha cama.

Depois, esse colchão foi para o quarto dela, e por lá dormimos mais umas 2 ou 3 noites !

Depois, coloquei o colchão ao lado do berço dela , e eu fiquei no colchão e ela foi pro berço ! Ela me deu a mãozinha, e … dormiu !!

E assim estamos até agora ! Eu me deito na cama, ao lado do berço, e ela me dá a mãozinha… vai olhando pra mim, vira, revira e …dorme no berço ! Sem chororô , sem traumas !

Ela acordava no meio da noite, ainda por uns dois meses ( e, ás vezes ainda acorda) … Vou lá , ponho a chupetinha e, quando ela me vê, já se deita, fecha seus olhinhos e pega no sono novamente !

Já tive que recuar alguns dias… ela não queria nem ver o berço ! Embalei no colo um pouco , até ela amolecer e… então ela foi numa boa pro bercinho .

Se eu puder te dar só um conselho : Não acostume seu bebê a tomar mamadeira de madrugada ! Isso sim deve ser pedreira para tirar ! Eles acordam mesmo, choram de madrugada… mas isso não quer dizer que estejam com fome, viu ? Pensa lá na frente… como vai tirar a fralda ? Se a criança toma bastante líquido pra dormir, e durante a noite… ela vai fazer um montão de xixi ! Conheço crianças de 4/ 5 anos que as mamães estão passando por esse problema !

Aqui nesse vídeo, eu dou algumas dicas bem práticas sobre o sono do bebê …

Eu fiz questão de contar tudo isso prá você , comadre, prá te mostrar que eu erro muito também ! Que sou só uma mãe possível, cheia de limitações, que se deixa vencer pelo cansaço, nem sempre disposta a encarar o que tem que ser feito !

Mas, não desisti ! Quando a coisa pegou, eu sabia o que precisava ser feito ! E tomei a decisão… no meu tempo, do meu jeito … com a carinha dos meus filhotinhos ! Nada engessado, nada enlatado !

E, no final… dá tudo certo !

Como dizia a minha avó: ” Você já viu alguém de 18 anos dormindo na cama dos pais ? Tudo tem seu tempo !” rsrsr

Também não precisa exagerar, né D.Maria !! Que saudades….

Boa sorte prá você !

Bjos e atétags coração