Alimentação x Crianças – Super Dicas

 

1 (2)

Oi Comadre ! Se o seu filho come mal, faz charme para comer, ou só quer saber de porcarias… Bem vinda ao clube !!

A grande maioria das crianças, em algum momento, passa por essa fase tão difícil e desesperadora !

Mas tem uns truques que podem ajudar! Quer saber mais?

Vou te contar a minha história com os meus filhos , e , onde acho que errei e acertei:

O Pedro mamou exclusivo no peito até os 4 meses, quando eu comecei a introduzir uma papa de leite com aveia, já que ele não podia nem ver mamadeira! Chorava só de olhar ! E , eu fui ficando desesperada, porque, dali uns 15 dias, eu voltaria ao trabalho… o que ele iria comer nos intervalos, enquanto eu estivesse fora?

Você pode estar se perguntando porque eu não ordenhava o leite, e deixava pra ele… eu não tinha leite “sobrando”… o que eu tinha ele mamava. E , mamadeira com ele… nem pensar !

Então, conseguimos dar uma fruta, no “café da manhã” ( ele mamava no peito umas 6:30h, depois comia a fruta umas 8:30 no máximo. E , á tarde, comia a papa de leite com alguma fruta. Tocamos assim até os 5 meses e meio, qunado começamos a introdução alimentar.

O meu pediatra tem uma linha assim : se a criança não está mais exclusiva no peito, aos 5 meses- 5 meses e meio, ele orienta :

entre 6-7 h da manhã  : leite ( peito , mamadeira, o que for…)

entre 10:30 e 11:30 h :almoço , suco de fruta e sobremesa

entre14:30 3 15:30 h: papa de fruta com leite

Toca assim, num esquema que ele ensina , de ir oferecendo um alimento de cada grupo , por vez, para testar a aceitação da criança e do seu organismo.

Se está tudo bem…1 semana depois  já vem o jantar! Por volta das 18-19 h.

 

E assim fizemos… Só tinha um porém, como o pediatra orientou a peneirar e amassar os alimentos, e NÃO BATER ou no liquidificador, ou na centrífuga… era barra pesada para mim fazer as papinhas ! Muitas vezes, era 1 hora da manhã, e lá estava eu, com a mão ardendo, tentando passar uma bendita beterraba pela peneira! kkk

Eu trabalhava o dia todo, e , aproveitava todo o tempo que o Pedro estava acordado, para ficar com ele ! Depois que ele dormia , lá ia eu, para a minha ” guerra ” das papinhas. Ele comia bem, só não queria saber de leite artificial, só na forma de papa ou mingau( depois descobrimos uma APLV- alergia a proteína do  leite de vaca- que rendeu uma bronquite insistente e até uma pneumonia ! ).

Bom , eu comecei a ficar exausta… estava magrinha! Só o pó ! rsrs

Eu e o Guilherme resolvemos conversar com o Pediatra sobre as papinhas industrializadas. Ele disse: ” Nutricionalmente, ok, não vai faltar nada. Mas ele vai ficar bem limitado nos quesitos textura-paladar dos alimentos.”

BINGO, Dr. Francisco ! DITO E FEITO ! Ele comia as papinhas super bem, mas , lá pelos 8/9 meses, quando eu comecei a oferecer já os alimentos que comíamos , como arroz, feijão, legumes, carnes- ele apresentou resistência…

Mas , devagar, com paciência, ele foi evoluindo… mas , não tomava leite, de jeito nenhum !

E , nesse período, começaram as tosses, a bronquite… e ele não comia… nem tomava leite … nada !

Eu fui ficando desesperada! E, muitas vezes, forçava a barra pra ele comer ! Cantava, ligava DVD, e , enquanto ele não comia o que EU achava que era suficiente, eu não deixava o coitado em paz !

O período dos 12 aos 24 meses foi muito sofrido ! Ele só comia chorando! Olha que absurdo ! E eu… não chorava de vergonha, mas o desespero era imenso , e vontade não faltava !

E tinha mais um detalhe… o Pedro , por sua personalidade, não gosta de “meleca “… não comia com as mãos, não interagia com as texturas, cheiros , formas e sabores da comida… Eu acredito que isso também fez muita falta.

Foi melhorando, fases melhores, fases piores… Seu peso e altura, sempre normais… tirando a APLV( que trouxe a bronquite) , ele sempre foi saudável ! Nem amidalite, viroses… nada ! Mas a mãe… neura total !! Você se sente assim , também?

E veio a M.Beatriz, uma Magali ! Comilona, curiosa, que sempre comeu de tudo ! Salada, papinha, comida, frutas… E ele foi aprendendo com ela… meio que questão de honra sabe ? rsrs

Nina comendo sozinha

Nina comendo sozinha

1 (1)

E , a Nina então! Come sozinha desde os 11 meses, não gosta que a gente ajude! Come comida, come fruta… tudo com as mãos! E não gosta nada amassado, só em pedaços , ou inteiro, e ela vai mordendo!Ela cheira, aperta, lambe… é tão bonitinho de ver ! E , claro! Isso faz toda diferença !

Então, comadre, resumindo:

O QUE AJUDA:

-ter horários regulares para as refeições,

-Intervalo de 3-4 horas , entre o lanche/ mamadeira e as refeições. A criança precisa estar com fome ! Senão, pode ter preguiça , ou simplesmente não se interessar pelo prato de comida.

– Não oferecer alguma coisa “mais gostosa ou mais fácil e mastigar”, como , danoninho , por exemplo, depois de uma tentativa frustrada de refeição.

-deixar a criança interagir com a comida, ter experiências sensoriais, tipo cheirar, pegar, morder , lamber… faz sujeira, sim, mas é uma beleza ! Elas criam uma boa relação com a comida,se divertem , e comem melhor!

-Se possível, ofereça a refeição da criança junto com a da família, assim ela se sente parte do processo, e não fica como o centro das atenções.

-Observe seu filho: tem criança que prefere alimentos mais moles, outras gostam do sabor de temperos, outras preferem o alimento mais frio… respeite a individualidade dela ! Aos poucos ela vai descobrindo outros sabores e texturas.

O QUE ATRAPALHA :

-criança sem fome( mama toda hora, ou belisca fruta/suco /danoninho)

-mamãe ansiosa, a criança vai te chantagear( me pergunta como eu sei disso ? rsrs )

-ambientes diferentes , com muitas distrações.

– doenças e remédios – mesmo sabendo que a criança está doente, está tomando medicação, a gente insiste que ela “tem que comer prá sarar ” !

-Ficar empurrando comida na criança- “Tem que comer tudo ” ! . A criança sabe a quantidade de comida que é suficiente pra ela, respeite!

Agora, comadre, uma coisa eu te falo,: as crianças, assim como nós, passam por fases! Tente não se apavorar e respeitar isso ! Alguns períodos estão com mais apetite, outros com menos… podem estar enjoadas dos mesmos alimentos… Vai tentando conduzir , sem se apavorar, e sem forçar nada !

 

Eu tenho ouvido bastante a respeito da BLW( baby led weaning) , você conhece ?

Em tradução livre é: ” o desmame que o bebê comanda”… prometo escrever um post falando sobre isso.

Por enquanto , leia mais aqui :” Tá na hora Do Papá“. A Aline, autora do blog, é fono, com mestrado na área de introdução alimentar…    é  mamãe do Nicolas,de  1 ano e 3 mese,  e entusiasta do assunto !

Vai fazer até um congresso virtual, sobre o tema ! o “CONALCO”… de 19 a 25 de maio. Dá uma olhada no face … aqui tem o link , se você quiser saber mais!

Eu vou participar ! Vamos também ?!

 

Como você fez a Introdução alimentar do seu filho?

Foi tranquilo ou foi traumático? rsrs

Conta pra gente aqui !

 

A gente vai se falando

Bjos e atétags coração

 

 

 

 

51 Flares Facebook 49 Google+ 2 51 Flares ×