7 Dicas Top para as Futuras e Recém-Mamães

7-dicas-para-futuras-e-recém-mamães

Oi minha amiga, tudo bem?

Quando a gente está grávida, ouve muitas informações, histórias, e ficamos ali, tentando imaginar como vai ser quando ” a nossa hora chegar”…

Ao mesmo tempo, vamos criando expectativas (tá, algumas surreais), vamos tentando ligar uma informação na outra e tentando encontrar a nossa maternidade ou, o nosso papel nisso tudo!

Muitas vezes, depois que tive meus bebês, principalmente o primeiro,  fiquei pensando:” Como eu gostaria de saber disso tudo ANTES!” ou então : “Por quê NUNCA me contaram isso?” Sabe quando você se sente enganada? Pois é…

Eu me senti assim! E hoje eu te trouxe aqui essas “coisas” que eu gostaria que alguém tivesse me contado.

Pronta? Ah ! Preciso de dar um alerta: Se você ainda está naquela fase de acreditar na maternidade dos comerciais de margarina, ou na maternidade perfeita, exibida nas redes sociais, com mamães arrumadas, glamourosas e descansadas… bebês gordinhos, sorridentes e impecavelmente limpinhos… Talvez seja melhor parar por aqui e não continuar  lendo esse artigo: ele pode ser um duro golpe para você.

Agora se você acredita que a maternidade pode ser construída, dia após dia, com informações de qualidade, respeitando quem você é, a sua personalidade e as necessidades do seu bebê, então vamos lá 😉

Antes, deixa eu te contar uma história?

Quando o Pedro, meu 1° filho nasceu , eu já tinha lido muito MUITO MESMO… Conversado com a minha mãe, minhas tias, tias-avós, amigas e comadres e, achava que estava pronta para a maternidade afinal, tinha me informado tanto!!

Mal sabia eu que a forma que eu me preparei, as informações para as quais dei mais importância, não eram as mais importantes!E, infelizmente não me dediquei a construir DE FATO a minha maternidade!!

E o pior, esse caminho que, sem querer, sem imaginar, eu trilhei nos 2 primeiros meses de vida do Pedro, me levou á frustração, a tristeza e … por muito pouco, não pus tudo a perder!

Não tive o parto que sonhei e imaginei… Depois a amamentação se mostrou um desafio enorme! Muita dor, muita entrega e dedicação e, um bebê que se mostrava mais interessado em dormir do que em mamar…

A vida de todo mundo foi aos poucos voltando ao normal: meu marido voltou a trabalhar depois de 1 semana, minha mãe que na época morava a 900 Km de mim, depois de 15 dias voltou para a sua casa, voltou para a sua vida!E então me vi ali… sozinha, num corpo que eu não reconhecia como meu, de cabelo preso, cheirinho de leite e meu bebê nos braços 100% do tempo! Um amor que não cabia em mim, que chegava a me sufocar em alguns momentos.

Mas também me sentia incrivelmente sozinha e perdida, como nunca tinha me sentido antes! Nada do que eu “sabia” conseguia me ajudar naqueles momentos.

Até que numa tarde quente de novembro, o Pedro que costumava ser um bebê calmo, chorou, chorou, chorou… como nunca tinha chorado e eu tentei tudo o que imaginei e NADA ! Não conseguia acalmá-lo! Até que no desespero, entrei com ele embaixo do chuveiro, e choramos juntos… e ficamos assim por nem sei quanto tempo.

Até que ele se acalmou e dormiu. E eu ali, naquele momento muito difícil, me senti “um lixo” de mãe! E então, tomei a minha decisão! Não é possível que a maternidade com a qual eu tanto sonhei, tinha que ser assim? O que estava errado? O que estava faltando? E entendi…

Entendi que, aprender a dar o banho, segurar o bebê, trocar uma fralda, por para arrotar… isso tudo mais dia ou menos dia, eu acabaria aprendendo!!

Aquela montanha de informações estavam me angustiando, me oprimindo! Eu ficava tentando encaixar meu bebê e a minha maternidade naquelas “regras”, técnicas  e informações …E isso é uma cilada! Eu precisava virar a mesa e o jogo todo e então, enfim, descobrir o MEU caminho na maternidade!

E descobri um novo caminho, encontrei muitas respostas e, percebi o grande mal que as expectativas muito elevadas e o radicalismo podem causar na vida das Recém-Mamães e dos seus bebês.

E as dicas que vou te dar aqui AGORA é para que você não precise passar por tudo isso que passei, combinado?

Bora para as dicas então:

1- Se conecte com o seu passado: TODA mulher, ao se tornar mãe, entra em contato íntimo com o momento da sua primeira infância, do tipo de cuidado e acolhimento que recebeu lá atrás ( querendo ou não, sabendo disso ou não). E é muito importante que você esteja preparada para viver essa experiência. Como você vai reagir a essas lembranças inconscientes, vai ser determinante no tipo de acolhimento e conexão que se formará entre você e o seu bebê.

2-Se conecte com o seu parceiro: Você não sabe que pai será o seu marido/ noivo/ namorado até que seu bebê nasça e que ele assuma esse novo papel. Muitas diferenças vão surgir entre vocês, ele pode se sentir enciumado, pode se sentir excluído do momento e com muita saudade da mulher dele. Aproveite o  momento da gravidez para se aproximarem profundamente.

3- Se organize: Se organizar eu quero dizer em relação a tudo: financeiramente(custos do parto, cobertura do convênio, custos de farmácia e vacinas). No seu trabalho, deixe o quartinho e o enxoval pronto com antecedência; já pense em quem vai te ajudar nos primeiros dias com a casa, com a roupa, com a comida. Pense mais ou menos assim: Alguém cuida de VOCÊ e você cuida do seu Bebê.

4- Se tiver amigas, parentes, vizinhas passando pelo mesmo momento que você, se conecte a elas! Faça parte de grupos de pessoas com as quais você se identifica, com pessoas que te põem para cima! Troque idéias, vivências, angústias e dúvidas… assim não se sentirá tão sozinha! Hoje com o Whatsapp e a internet, isso é super possível, já que sair mesmo de casa, por uns meses, sairemos muito pouco.

5- Não se baseie em EXCEÇÕES e use sim os números para te dar parâmetros sobre o que “é normal”… sobre o  que “esperar”, mas NÃO se deixe paralisar por eles. E NUNCA  se compare a ninguém, por mais difícil e tentador que isso seja. Você é única e seu bebê também! Não é porque a sua mãe teve 3 partos “normais” em casa, que os seu parto será igual ou, não é porque aquela sua amiga nunca teve problema algum para amamentar, que isso acontecerá com você.

6- Entenda que a sua vida VAI MUDAR SIM! Vai mudar MUITO! Vai mudar tudo! E é de dentro para fora… são mudanças profundas… e não restará pedra sobre pedra! A forma como você vê e se relaciona com o mundo, com as pessoas, seu parceiro sua família, sua carreira… e se você conseguir, sairá disso tudo muito melhor do que entrou. Vai descobrir uma força que nunca sonhou ter. Vai se sentir inteira, realizada, madura e poderosa!

7-Pensa que nesse universo da maternidade não existe “certo/errado” e sim, escolhas e consequências. Procure estar muito bem informada para que faça as suas escolhas da forma mais consciente possível.

Enfim,minha amiga,use as informações a que tiver acesso a seu favor! Se por acaso perceber que essa ou aquela linha não tem nada a ver com você, com a maternidade que você escolheu, simplesmente deixe passar… Sem culpa, sem dó!

Á primeira vista pode parecer simples o que está escrito aqui… mas eu te digo que eu demorei muito tempo para entender e conseguir viver isso tudo aqui!

Agora é com você… é pegar ou largar essas dicas!

Aqui tem um post com vídeo em que a gente conversa sobre os primeiros dias com seu Bebê Recém-Nascido. Aqui tem outro sobre a depressão pós-parto e aqui outro sobre amamentação.

Quais as suas maiores dúvidas e angústias como futura e Recém-Mamãe?Conta para mim! Deixe seu comentário abaixo, se eu puder, vou adorar te ajudar.

Se tem alguma amiga querida precisando escutar essas dicas, compartilha com ela! Me ajude a ajudar;)

A gente vai se encontrando por aqui então!

Bjos e até tags-coracao

Lígia

Como se preparar para ser “Mãe”

como-me-preparar-para-ser-mãe

Fala Comadre, tudo bem?

Muitas mulheres , futuras mamães e Recém-Mamães me procuram, me escrevem perguntando o que é ser mãe?

“Como me preparo para a maternidade? O que devo aprender? O que devo esperar?”

E cada vez mais, convivendo com as mamães aqui nas redes sociais, com as minhas alunas do Recém-Mamãe, eu tenho a certeza da diferença que faz o “estar preparada”!

Mas afinal, o que é “Estar preparada para a maternidade”?

Vamos conversar sobre isso?

Vou te fazer algumas perguntas, para que você descubra as suas respostas, ok?

É dessa forma que eu acredito que posso verdadeiramente te ajudar 😉

Se quiser, assista a esse vídeo em que converso com você sobre isso e depois, leia as perguntas e reflita.

  • Como vai ser a sua vida após o nascimento do seu bebê? A sua rotina?
  • Como vai ficar o seu relacionamento? Aliás, como é hoje o seu relacionamento? ( se é que você tem um). É saudável, maduro, de parceria e companheirismo ou te faz mal, te põe pra baixo e não existe confiança?
  • Como vai ficar seu corpo? Você espera que ele fique como? E o que planeja fazer para tê-lo de volta?
  • E a sua casa? Tudo arrumadinho, clean, e organizado?
  • Como vai ser o seu trabalho ou a sua carreira?
  • Quem vai te ajudar com a casa, a roupa, a comida? E com o bebê?
  • Como está a sua relação com a sua mãe, com a sua família?
  • Como você lida com palpites, críticas, julgamentos e comparações?
  • Você está se preparando, aprendendo como amamentar, como cuidar e atender o seu bebê ou está confiando no seu “Instinto”?
  • E a sua vida social? Restaurantes, compromissos, viagens… Você acha que continuará tudo do mesmo jeito? Qual é o custo, ou o valor disso para você?
  • Como é ficar em casa para você? Sem sair muito, sem se arrumar muito, sem ver muita gente?
  • Como é dedicar todo o seu tempo, a sua energia, seus pensamentos enfim… todas as suas forças para outra pessoa? Isso é a amamentação em livre demanda. Já pensou sobre isso?
  • Já pensou que o seu bebê é um ser único e que pode não se encaixar em nenhuma regra ou técnica conhecida?
  • Como foi a sua infância, o seu nascimento? Você sabe dessa parte da sua história? Está em paz com ela ou tem algo pendente, que precisa ser resolvido?
  • Como lida com os desafios e dúvidas?
  • Você é resiliente, tem jogo de cintura e sabe se reinventar?

São muuuitas peguntas, não é mesmo?

Pois é! Bem vinda a maternidade!!

Aqui nesse mundo temos muito mais perguntas do que respostas… e vai ser sempre assim 😉

Esse é um dos grandes desafios.

Eu convido você a refletir de verdade e verdadeiramente sobre cada uma dessas perguntas e, se ao terminar de ler já tiver as suas respostas, e mais importante, se essas respostas te agradarem e estiverem muito claras para você, então eu te digo sem medo de errar: VOCÊ ESTÁ PREPARADA para a maternidade!

Agora, se ficaram muitas dúvidas… Se você sente que mexeu em muitas feridas abertas ou se, simplesmente não conhece as respostas… bem-vinda ao clube da maioria esmagadora!!

Mas sempre é tempo de pensar, de refletir, de buscar as respostas!

Não se preocupe demais em aprender a trocar uma fralda, em como se segura um bebê ou como damos o banho nos primeiros dias… Isso tudo é sim importante mas… eu te digo com TODA a certeza: Você vai aprender e vai ficar craque nisso, com a prática! Não te erro!

Agora, as questões mais fundamentais e mais profundas da maternidade, essas … ninguém te conta, minha amiga.

Em muitos momentos sentimos um vazio, uma angústia, um cansaço e uma solidão extremos… que ninguém nos explica o “porquê”, que não conseguimos entender… e que muitas vezes temos vergonha e nos sentimos culpadas por sentirmos assim.

A maternidade, na minha opinião é a maior ferramenta de desenvolvimento pessoal que existe! Não é fácil, não é dor de rosa, não é linear nem perfeita…

Mas se vivenciada em toda a sua profundidade, vale sim MUUITO á pena!

Escrevi esse post aqui sobre os primeiros dias com Recém-Nascido,tem um vídeo também.

Conte comigo na sua jornada como mamãe!

A gente vai se encontrando por aqui 😉

Bjos e até tags-coracao

Lígia

Gravidez – Microcefalia e a Febre Zika – Um Novo Alerta !

pregnant-woman-sleeping

Oi Comadre, tudo bem ?

Nos últimos dias, tenho visto na mídia, notícias sobre um aumento absurdo de casos de microcefalia nos bebês, na região Nordeste do Brasil. Que já foi decretado estado de emergência , e, especialistas de todo o país já estão se reunindo para tentar entender e levantar as possíveis causas para isso.

Por enquanto, a principal suspeita é a “Febre Zika” , lembra dela do verão passado?

Ela é transmitida pelo Aedes Aegypti , o mesmo que transmite a dengue, e a Febre Chikungunya … Ô mosquitinho maldito!Vou fazer um resumo da doença rapidinho para você:

  • A HISTÓRIA

Essa doença, a “Febre Zika” , é causada por um vírus, o ZIKV, que apareceu lá em Uganda, foi isolado pela priemira vez em 1947, em macacos numa floresta, e 20 anos depois, começaram a surgir casos de seres humanos contaminados.

  • SINTOMAS

São parecidos com os sintomas da dengue  e começam a aparecer 3 a 12 dias após a contaminação :

-febre baixa (entre 37,8 e 38,5 °) ;

-dor atrás dos olhos ;

-dor de cabeça;

-dor muscular;

-vermelhidão e coceira no rosto, tronco, pés e mãos;

– e, o principal sintoma da Febre Zika são as dores muito intensas nas articulações , e que podem demorar mais de 6 meses para sumirem completamente;

  • O DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito pela clínica  e por exames de sangue , que vão diferenciar a Zika , da Dengue e da Chikungunya.

  • O TRATAMENTO

Por ser causada por um vírus, não existe tratamento para a doença, só para aliviar os sintomas.

Também não temos vacina , por enquanto.

Procure atendimento e orientações médicas sempre !

As medicações permitidas são analgésicos e antiinflamatórios . NÃO USAR  medicamentos á base de ácido acetilsalicílico, nem antiinflamatórios não hormonais á base de diclofenaco, ibuprofeno e piroxicam) .

Os sintomas ( a maioria) deve desaparecer entre 4-7 dias, se isso não ocorrer, procure novamente por atendimento médico, para descartar outras doenças associadas.

Quanto á microcefalia …

  • O QUE É A MICROCEFALIA ?

É uma condição neurológica em que o cérebro não se desenvolve normalmente, ainda dentro da barriga da mãe , ou nos primeiros meses de vida do bebê,( a circunferência da cabeça do bebê, ao nascer, é menor de 33 cm).

Pode ser causada por fatores genéticos e ambientais (em  algumas doenças genéticas, como Síndrome de Down ,por exemplo, os bebês também podem apresentar a microcefalia).

Não tem cura.

Em 90% dos casos tem alterações neurológicas como : retardo mental, hiperatividade, epilepsia, dificuldade de coordenação e equilíbrio, e também alterações motoras e físicas como nanismo, atraso nas funções motoras e fala e distorções faciais.

O diagnóstico é feito pelo médico, através do acompanhamento do desenvolvimento do bebê ( dentro da barriga da mãe, e depois de nascer) .

Bom , minha amiga… ainda não tem nada concluído pela ciência… por enquanto são suspeitas e conjecturas…

Mas, a gente que está ali, grávida, não tem muito tempo para esperar, não é mesmo ?

O que fazer então ?

Se prevenir é sempre o mais indicado ! Converse com seu médico, e use repelentes permitidos e eficientes ( físicos como véus para dormir, e químicos, como aqueles que a gente passa pelo corpo ).

Aqui nesse post , eu escrevi tudo sobre a dengue na gravidez, como previvir e no que ficar atenta, leia agora!

E aqui, eu escrevi sobre a Febre Chikungunya , leia também!

Aqui em casa, no começo desse ano, todos nós , e mais as duas funcionárias, tivemos a dengue.

Eu tive um tipo mais grave, em que as minhas plaquetas caíram, existia risco de hemorragia… Eu colhia sangue todos os dias, fiquei 3 dias direto, sem tirar, tomando soro ” em home care” , fiquei bem ruim e assutada mesmo … Aqui na minha cidade teve um surto , e eu vi muita gente morrer … gente de todas as idades… nunca imaginei que fosse

assim !!

Só quem já teve a Dengue para saber…

Se cuida ! Eu não desejo o que passamos por aqui nesse começo de ano, á ninguém !

Você já teve alguma experiência com a dengue ? E com as suas “primas ” do mal : a Chikungunya, e a Zika?

Conta prá mim ! Vou adorar conversar com você!

A gente vai se falando por aqui !

Bjos e até! tags coração

Lígia

Curte a Fanpage pequena facebook-logo-

Se Inscreve no Canal do Youtube pequena youtube-logo

 

Para saber mais sobre as doenças clique aqui :

http://www.minhavida.com.br/saude/temas/febre-zika

http://www.infectologia.org.br/

 

Gravidez x Dengue – Cuidados e Perigos !

gravidez-e-a-dengue

Oi comadre ! Aqui na minha cidade, que tem 220 mil habitantes, hoje, estima-se entre 50 e 60 mil casos de pessosas com dengue … dá pra acreditar ? E … infelizmente, TODO MUNDO aqui em casa , foi acometido por essa doença devastadora ! Foi terrível ! Mas , felizmente, as crianças tiraram de letra, os sintomas foram bem leves ! Já os adultos, nem tanto… A minha experiência foi bem sofrida… sem dramas ! Mas, hoje , eu queria conversar sobre a dengue na GRAVIDEZ .

Quando ficamos doentes aqui em casa, e , quando foi se desenhando essa epidemia na minha cidade, foi inevitável o pensamento : ” E as grávidas? Meu Deus ! O que pode acontecer com elas ? Com seus bebês ? ”

Olha comadre, eu , que venho da “trincheira” , posso te falar : A coisa é feia ! Eu não imaginava que a dengue causasse tanto sofrimento, preocupações , e que se estendesse tanto ! Eu imaginava a dengue como uma ” leve virose ” , já que , estima-se que , só 20% das pessoas que têm a doença, são diagnosticadas.

Então , se você pensa como eu pensava … reveja seus conceitos ! rsrs

Vou te contar o que é a D.Dengue , e , os cuidados com as grávidas e nutrizes.

O QUE É A DENGUE ?

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda , causada por um vírus da família Flaviridae, que , aqui no Brasil é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Em todo o mundo, inclusive no Brasil, existem 4 tipos de dengue, já que o vírus causador da doença apresenta 4 sorotipos : DEN-1, DEN-2, DEN-3, DEN-4.

QUAIS OS TIPOS DE DENGUE ?

1.Infecção Inaparente :A pessoa está infectada pelo vírus, mas não apresenta sintoma nenhum ! O que ocorre na grande maioria dos casos . Acredita-se que, de cada 10 pessoas doentes, apenas 1 ou 2 fiquem doentes.

2.Dengue Clássica : é uma forma mais leve da doença e semelhante a uma gripe . Começa de repente, com febre alta( 39/40 ° C), e todos os sintomas clássicos. Dura entre 5 a 7 dias e, ainda pode perdurar por mais 15 a 20 dias, um cansaço e indisposição.

3.Dengue Hemorrágica : é uma doença grave, que se caracteriza por alterações da coagulação sanguínea  da pessoa infectada. No começo , se assemelha á “dengue clássica” , mas , após o 3/4 ° dia, podem surgir hemorragias nasais, urinárias,gengivais, gastrintestinais ou UTERINAS. Nesse caso, assim que acabam os sintomas como a febre, a pressão do doente cai, o que pode gerar tontura, quedas e choque. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar á morte.

4.Síndrome de Choque da dengue: Esse é o tipo mais grave da doença, onde ocorre uma grande queda ou , ausência de pressão arterial. A pessoa apresenta várias complicações como  alterações neurológicas, problemas cardiorrespiratórios,insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural, além de alterações neurológicas.

 

OS SINTOMAS :

Febre, cansaço, dor no fundo dos olhos, muita dor no corpo. Isso tudo é no começo…

Depois vem a coceira, falta de apetite, enjôos , diarréia, e total incapacidade de “focar” em alguma coisa ( prestar atenção ).

No final, vem manchas vermelhas por todo o corpo  ,uma descamação das mãos e pés, e , uma conhecida ” depressão pós dengue”, onde a pessoa sente um desânimo e um cansaço muito grandes, que podem durar até 1 mês.

Nos exames laboratoriais, além de uma alteração do hemograma ( plaquetas, leucócitos), ainda existe alteração das enzimas hepáticas e  musculares ( que se restabelecem depois ).

 

TRATAMENTO :

Repouso, MUITA hidratação, medicação para os sintomas – paracetamol e dipirona – nada de Aspirina, AAs, Melhoral,  antiinflamatórios, e , quem toma medicamentos anticoagulantes , deve suspender o uso o mais rápido possível.

No caso das gestantes, o acompanhamento médico deve ser bem próximo, e se possível , diário.

Se o médico achar necessário, ele interna a gestante, para hidratação e medicação intravenosa e um acompanhamento mais de perto da situação clínica da gestante e do bebê.

 

QUAIS OS RISCOS DA DENGUE PARA A GRÁVIDA E PARA O BEBÊ ?

A imunidade da gestante, naturalmente é bem reduzida. Então , a capacidade de “reação” do seu organismo, frente a infecções e doenças fica bem comprometida! Acontece mais “devagar”.

No primeiro trimestre da gestação, se a gestante pegar a dengue, pode haver risco de aborto, nos casos mais graves da doença.

No último trimestre de gestação, também nos casos mais graves da doença, a gestante pode desenvolver fatores de risco para o parto prematuro, como hipertensão gestacional, ou pressão muito baixa, e descolamento prematuro da placenta.

 

Mas, lembre-se , comadre, esse post tem o objetivo de te informar e despertar a sua atenção… as suas decisões e diagnóstico devem ser feitos pelo seu médico, tá?

 

PREVENÇÃO:

Usar vaporizadores elétricos e espirais, uso de telas e mosquiteiros, roupas claras , e de preferência de manga comprida e calças .

Evitar viajar para áreas onde esteja havendo epidemias.

O uso de repelentes é recomendado mas , ATENÇÃO : a única substância que realmente é capaz de afastar o “mosquito da dengue ” é a Icaridina, ou Picaridina. Vou ser bem clara com você, comadre, porque , aqui em casa, nós achávamos que o nosso repelente cumpria o que prometia no rótulo… e deu no que deu… todo mundo adoeceu! Nosso país não é sério o suficiente , para assegurar a veracidade das informações que os fabricantes nos passam !Essas marcas mais conhecidas… não funcionam contra a “dengue”, apesar de dizerem que “sim ” no seu rótulo ! Abra o olho!

O único repelente á venda aqui no Brasil ( que eu saiba, tá? ) que tem essa substância, se chama “EXPOSIS ” . Ele tem 4 apresentações :

gravidez-dengue

Aqui em casa , agora, só entra esse !

Limpe seu quintal ! Olho vivo no quintal da vizinhança! Se proteja !

Aqui na minha cidade , de janeiro até agora, aconteceram 10 mortes comprovadas por complicações em decorrência da dengue ! Inclusive um menino de 14 anos , lindo e saudável…

Não dá prá ignorar , não é mesmo ?

Ficou alguma dúvida? Você tem alguma história pra contar? Me mande um email !

A gente se fala !

Fontes :www.agencia.fiocruz.br

 www.combateadengue.com.br

Bjos e até tags coração

Gravidez- Mitos e Verdades

gravidez-mitos-e-verdades

 

Oi comadre! Está grávida? Parabéns!! Tomara que você tenha uma gravidez tranquila e consiga aproveitar esse momento tão único e gostoso da nossa vida de mulher! Já fez o seu teste de gravidez? E os sintomas, já começaram? Veja aqui os principais.

Eu não sei se já começou, comadre, mas ,quando as pessoas sabem que estamos grávidas , começam contar suas histórias e experiências… Nem sempre muito fiéis á realidade!!

Você vai perceber, que, não importa o quanto esclarecida é a pessoa, quando se trata de gravidez /parto e amamentação, o que fala mais alto são as “crenças e  aprendizados” que vão se transferindo de geração pra geração nas famílias, e , ainda, pelo caminho , vamos agregando mais algumas crenças … da sogra, das amigas, das comadres…. rsrsr

 

UM PRESENTE PRÁ VOCÊ… ESSE EBOOK ” A SUA GRAVIDEZ…”GRÁTIS ! PEGUE O SEU !

capa-ebook-gravidez-tranquila

CLIQUE NA IMAGEM PARA PEGAR O SEU EBOOK !

 

A maioria desses mitos costuma ser inofensivo, mas alguns são perigosos para você e para o bebê , então , fique alerta !! Ligue o seu detector de lendas e mitos quando começar a escutar as histórias !!

Se preferir ouvir, gravei um vídeo pra gente conversar sobre esse assunto .

Assiste agora !

Eu separei alguns mais ouvidos, para começarmos a nossa  conversa !

Vamos lá?

 

  •  Quando a mamãe tem mais enjôos , o bebê  é menina!   MITO  .

Os enjôos são por causa dos hormônios, e tendem a passar (ou melhorar beem) após a 12° semana ( a partir do 4° mês).

 

  • Quando a mãe tem azia, o bebê é cabeludo !  MITO

A azia da mamãe é causada pelo tamanho do bebê, que empurra o estômago, e faz com que o que tem lá dentro “volte” pelo esôfago, o que dá essa sensação de queimação !

 

  • Quando a barriga é mais redonda , o bebê é menina, e quando a barriga é mais pontuda, o bebê é menino! MITO.

O formato da barriga depende do tonus muscular da barriga, da quantidade de gordura, se é a primeira gravidez…

 

  • Se a mamãe ficar com desejo não atendido de comida, durante a gravidez, o bebê nascerá com algum sinal ou marquinha física que lembre aquele alimento. MITO .

Mas , que é uma delícia termos nossos desejos e caprichos atendidos, isso é !!

 

  • O cabelo da mamãe, na gravidez,fica mais seco , as unhas mais quebradiças e a pele com espinhas. DEPENDE da gestante!

como nos tornamos uma ” bomba” de hormônios circulante , pode acontecer com algumas grávidas sim ! rsrs Em compensação, tem algumas mamães que ficam com uma pele linda, e com o cabelo sedoso. As unhas quebradiças podem ser sinal da falta de algum nutriente na mamãe ! Converse com seu médico, o suplemento vitamínico é necessário durante esse período.

 

  • A grávida tem que comer por dois! MITO dos  mais cabeludos !!

Não caia nessa , comadre! Depois sobra prá você correr atrás dos quilos a mais ! Além do perigo de desenvolver uma diabetes gestacional, com um ganho de peso exagerado.

 

  • Toda grávida tem anemia. VERDADE !

No final da gestação, a partir do terceiro trimestre (sétimo mês , ou 28° semana), o volume de sangue da mamãe aumenta muito, o que acaba o deixando ” diluído “, mas, desde que a mamãe esteja tomando o suplemento vitamínico e se alimentando bem, está tudo dentro da normalidade   .

 

  • O que a mamãe sente, o bebê sente . VERDADE !

As emoções, causam , no nosso corpo, reações químicas ,que são “sentidas ” pelo bebê, boas ou ruins! Então , se preserve !!  Nada de brigas e situações desagradáveis á toa !!

 

  • O intestino da grávida fica preso. VERDADE !

Os hormônios, e depois, o tamanho do bebê atrapalham bastante o funcionamento normal do intestino nesse período. Então, invista em fibras , tome bastante líquido e aposte em alimentos probióticos, como iogurtes , por exemplo.

 

  • Os dentes ficam mais fracos na gravidez . DEPENDE !

Se a mamãe estiver desnutrida, ou com alguma deficiência grave de Calcio, vai faltar para ela ( em último caso falta pro bebê). Então, tome o suplemento vitamínico e capriche nos laticínios ricos em Calcio.

 

  • As gengivas sangram mais na gravidez. VERDADE !

Por causa dos hormônios , a flora bacteriana da nossa boca muda , e, a gengiva sente a mudança! Inclusive, podemos ter mais cáries também ! O segredo? escovar , escovar e escovar… ah! Fio dental também ! rsrs

 

  • Não pode fazer tratamento dentário durante a gravidez . MITO !

A mamãe pode e DEVE procurar um dentista para uma limpeza e avaliação. Se for o caso de precisar de algum tratamento mais invasivo, como uma cirurgia, por exemplo , mas der para esperar até o bebê nascer, é melhor ! Mas : restaurações,anestesia, limpeza… tudo bem! O que não pode : o raio x !

VOCÊ SABIA? Que o tártaro, por fazer o corpo liberar “um antiinflamatório” chamado prostaglandina, pode causar parto prematuro ?

Tá bom… eu sei… mas eu não consigo!! A Dra. Lígia faz parte de mim !! rsrs A hora que eu vejo , ela já falou !!( Eu sou C. Dentista, se você ainda não me conhece, comadre!).

 

 

  • Mamães não podem pintar o cabelo durante a gestação. MITO .

Converse com seu médico, mas, normalmente, o problema das tintas são os metais pesados e algumas outras substâncias ” tóxicas “, se usadas em GRANDE quantidade ! Então, se programe !! A cada 2/3 meses fazer a raiz, tudo bem !Não precisa ficar se sentindo feia, com os cabelos branquinhos aparecendo !! rsrs

 

  • Grávidas são choronas e sensíveis . VERDADE VERDADEIRA !! rsrs

Por causa da enorme quantidade de hormônios circulando, ficamos mesmo: sensíveis, carentes, choronas, surtadas !!! rsrs

 

  • Grávidas sentem muito sono ! VERDADE !

Tem fases melhore e piores, mas, em média, o sono é bravo mesmo !! As mudanças hormonais, e o grande esforço que seu corpo está fazendo para gerar e suprir seu bebê , além da pressão mais baixa e níveis de açúcar mais baixos também. Tudo isso nos deixa caindo de sono! E é um sono quase incontrolável !rsrs Não se assuste , e tente dar umas sonecas , quando possível!

 

  • Grávidas não podem ter contato com animais como gatos, por exemplo.DEPENDE !

Se o bichano for seu, for vacinado, o seu médico pode pedir um exame de sangue dele para avaliar . Se você não é reagente ao toxoplasma( que o gato é hospedeiro natural) , aí pode ser um sinal de alerta! Converse com seu médico !

 

  • Grávida não pode comer carne crua . VERDADE !

Durante a gravidez, nossa imunidade fica super baixa, e ficamos mais susceptíveis a algumas doenças. Então, esqueça o carpaccio, kibe cru e o sashimi !!A carne de carneiro , mesmo cozida, também não é indicada.

 

  • Grávida não pode mexer em jardins. DEPENDE !

Se você gosta de lidar com suas plantas, que ficam ao ar livre, use luvas grossas, e se puder, evite. Os pássaros também são hospedeiros do toxoplasma, que fica no cocô deles. Converse com seu médico e se proteja!

 

E poderíamos ficar horas aqui, não é comadre? Lendas , mitos, dúvidas… esse assunto é tão delicioso !!

 

Veja aqui mais informações preciosas pra sua gravidez ! E os sinais de alerta … fique atenta!

 

O importante é tirar todas as suas dúvidas com seu médico ! E ser simpática com os palpites ( se você conseguir! rsrs )

Você conhece outros mitos ? Conta pra gente!

Se cuide !

Bjos e atétags coração

 

 

A Gravidez no Terceiro Trimestre

barriga de 9 meses

Oi comadre! Estamos chegando á reta final da gravidez !!

O terceiro trimestre, começa na 28 ° semana da gestação. (sexto / sétimo mês ).

A essa altura, seu bebê deve estar com 1,5 kg e 35 cm de comprimento.

Nesse período , o peso já começa a fazer diferença na rotina da futura mamãe, incomoda , limita alguns movimentos , traz alterações na postura para compensar a mudança do eixo, e pode trazer algumas dores e desconfortos na coluna e nos músculos pélvicos e lombares .

As pernas apresentam certo inchaço, principalmente no final do dia. As noites ficam mais difíceis, pois encontrar uma posição confortável é um desafio !

O bebê se movimenta  bastante ( só vai diminuir seus movimentos nas 2 últimas semanas, mais ou menos, quando o espaço já estiver bem apertadinho) , e, muitas vezes, esses movimentos já são doloridos e incômodos para a mamãe.

Muitas idas ao banheiro para fazer xixi , o estômago parece ter diminuído de tamanho, e a azia pode dar as caras, assim como as varizes e estrias. Se cuide desde o começo !! Hidrate a pele, faça drenagem linfática e massagem , caminhe, e não ganhe muito peso. Nesse final, isso tudo acaba fazendo a diferença.

O ideal é que os preparativos do quartinho e enxoval do bebê já estejam terminando. Logo no início desse período , é o tempo ideal para  as fotos finais da gravidez, porque , depois do 8 ° mês costuma ser mais difícil… já não estamos com tanta disposição e agilidade assim , para trocas de roupas e poses bonitas !

Também é  o período limite  em que os médicos nos liberam para as viagens mais longe , e , também as de avião.

Não tente ser uma super heroína !! Os hormônios não vão deixar ! rsrs  Você estará bem sensível e chorona !

Seu médico vai pedir os exames de sangue de praxe, para o último trimestre . Fique atenta á sua glicemia, a sua pressão arterial e a sinais de infecção urinária !!

 

UM PRESENTE PRÁ VOCÊ… O EBOOK “A SUA GRAVIDEZ…” GRÁTIS ! PEGUE O SEU !

capa-ebook-gravidez-tranquila

CLIQUE NA IMAGEM PARA PEGAR SEU EBOOK !

 

Também vai fazer ultra sons para acompanhar , além do desenvolvimento do bebê, a quantidade de líquido amniótico, a maturação da placenta, a circulação das principais veias e artérias suas e do coração do bebê ( eco-dopler  : Permite avaliar o coração do bebê dentro do útero materno, analisa detalhes tanto morfológicos,da forma dessas estruturas,como funcionais ,da função cardíaca e circulatória. Detecta a presença de malformações cardíacas)

Entre em contato com seu médico se :

  • achar que inchou muito , e de repente
  • se tiver contrações regulares
  • se tiver perda de líquido
  • se perceber a mínima mudança no padrão de movimentos do seu bebê
  • se sentir dores fortes de cabeça ou desmaios.

As contrações de Braxton- Hicks , aquelas em que o útero fica treinando para o grande momento, ficam mais evidentes. Mantenha a calma!

Com todos esses preparativos, a barriga já grande, o parto se aproximando… quem costuma aparecer também , sabe quem é? A D.Ansiedade !! E ela vem forte !! rsrs    Tente ir contornando, imaginando o rostinho do seu bebê , o seu cheirinho…

Vai também , tentando imaginar como vai ser a rotina com o bebê em casa. Você vai precisar de ajuda no começo… A coisa funciona mais ou menos assim: você cuida do seu bebê , e , alguém cuida de você !! Se tiver mãe, ou sogra por perto, que bom! Se não, pense em contratar uma enfermeira ou babá mesmo, para que você consiga tomar um banho, se alimentar direitinho, e descansar sempre que o bebê dormir !

Vai precisar de alguém que cuide da sua casa , comida e roupas, pelo menos no comecinho… É hora de pensar nisso , e , se for precisar contratar alguém, já comece a procurar !

Outra questão de ordem prática bem importante é a sua licença maternidade . Se você ainda estiver trabalhando , o que eu super recomendo, sempre que possível ( ajuda muito a controlar a D.Ansiedade, e a pensar em outras coisas além do bebê, do parto, etc etc), vai deixando sua vida em ordem, seus projetos e tarefas em dia,  treinando a pessoa que vai te substituir. Se informe direitinho, com relação aos seus direitos, á política da empresa … é melhor as decisões irem sendo tomadas sem pressa.

 

Se informe também sobre a cobertura do seu plano de saúde, as maternidades em que seu médico atende , vai conhece-las ! Veja onde se sente melhor, mais segura. Qual maternidade tem mais condições de atender ao tipo de parto que você pretende ter , se tem UTI Neo Natal. Infelizmente, essas questões práticas devem ser levadas em consideração.

Pesquise e se informe sobre a coleta de células tronco do cordão umbilical. Converse com seu médico, pesquise os bancos de células tronco mais próximos a você, suas condições e preços.

Converse sobre o parto ! Seja clara com seu médico sobre seus limites e expectativas para esse momento !

 

Tente incluir , o mais que conseguir, o seu parceiro nisso tudo ! Leve-o nas consultas, que agora, no final, vão ser quinzenais, depois semanais, e dependendo , dia sim- dia não !!

Peça sua ajuda e opinião na arrumação dos armários e gavetas do quartinho do bebê. Arrume com ele a malinha da maternidade ! Converse e diga que gostaria muito que ele estivesse na sala de parto com você , que se sentiria mais segura… Os pais costuma estar perdidos e apavorados !! Dê colo pra ele, peça seu colo . Fortaleçam sua relação ! O sexo, apesar de permitido até o fim ( nos casos onde tudo está bem), já não é mais a melhor coisa do mundo … a barriga atrapalha bastante.

Arrumem juntos a sua mala e a malinha do bebê , que vão para a maternidade ! Peça ajuda para fazer um check list, e ver se não se esqueceu de nada.

E, quando finalmente chegar a hora,o medo é natural, tá? Se puder te dar um conselho: na hora H, tudo pode sair diferente do que você sonhou e planejou ! Esteja preparada para isso ! Nada de frustrações !!O bem estar do bebê deve estar em primeiro lugar ! O momento do nascimento do seu filho deve ser vivido intensamente, com alegria e amor !

E então, naquele dia , naquele momento … nasce um bebê , nasce uma mamãe , nasce um papai , nasce uma família !!! A sua família !!

Parabéns, comadre !! Bem vinda ao time !!

Conte sempre comigo !!

Bjos e até tags coração

A Gravidez no Segundo Trimestre

gravidez-segundo-trimestre

Essa fase da gravidez, comadre, é a mais gostosa que tem!!

Nesse momento, a partir do final do 4 ° pro 5 ° mês, sua barriga já vai estar mais aparente, saindo daquela fase “gordinha” , sabe ? rsrs Agora, oficialmente e socialmente , você é uma GRÁVIDA!!

Normalmente, na maioria das mulheres, os enjôos já melhoraram, você ainda não sente muito cansaço, pois a barriga ainda não está muito grande, e seu peso ainda não aumentou muito ! Se sente mais disposta, sem aquele sono cruel do início !!!

É agora, no segundo trimestre, entre a 20° e a 22° semanas, que você vai fazer o Ultra som morfológico, um dos mais completos e importantes da gravidez . Como a organogênese ( formação dos órgãos ) já se completou, agora é a hora de conferir como estão todos os órgãos, membros e estruturas vitais do seu bebê : ossos, cérebro, coração, pulmões, estômago, bexiga, intestino, órgãos genitais, braços, pernas, dedinhos, palato, crânio… Agora é só crescer e amadurecer !! Já está tudo formadinho!!

É um ultra som demorado e minucioso! Escolha um profissional de sua confiança , que seja bem indicado , e uma clínica com equipamentos modernos !! Confesso que sempre fiquei meio tensa nesse ultra som…

O seu ganho de peso, mamãe, nessa fase, fica em 250 a 350 g por semana.

Faça atividade física moderada ( caminhada, natação, ioga para gestantes , alongamentos ). Isso te dará mais disposição, previne as dores nas costas e prepara a musculatura e seu corpo para o parto. Nada de exageros , e , sempre, na dúvida, converse com seu médico!

 

UM PRESENTE PRÁ VOCÊ… O EBOOK “A SUA GRAVIDEZ…” GRÁTIS! PEGUE O SEU !

 

capa-ebook-gravidez-tranquila

CLIQUE NA IMAGEM PARA PEGAR O SEU !

 

A melhor hora para aprontar o enxoval dos seu bebê é agora!! Você já sabe, com certeza o sexo, está bem disposta, e tem tempo até o final da gestação… Não ache que vai encontrar tudo á pronta entrega, viu? E todos os prazos pedidos, começam e 30 dias !!! Então, para evitar o stress, comece agora!!

Você vai estar sentindo seu bebê se movimentar, e, parece que a gravidez e o bebê se tornam mais reais!! O vinculo já é real , como se o bebê estivesse em seus braços !! Tente incluir o seu parceiro nisso tudo !! A situação para ele é bem mais ” subjetiva ” !! A  ficha completa do pai, só cai quando o bebê nasce… Ajude-o e permita que ele também faça parte e curta a gravidez com você !!

O seu médico vai pedir outros exames de sengue e de urina. É rotina.

Seu bebê , ao final do segundo trimestre, já escuta , tem paladar e reage a sons e luzes fortes !!

O seu bebê , 4° mês tem , EM MÉDIA,16 cm e pesa 110g.

Já, no 6° mês, A MÉDIA , é 32 cm e 850 g!!  Nesse trimestre,ele dobra seu comprimento e quase  multiplica por 8 seu peso !! Haja energia para o bebê e para sua mamãe !!!

A sua alimentação, comadre, deve evitar excessos… principalmente de doces e gorduras ! Tente não abusar muito, para não ter um ganho de peso excessivo… isso pode ter consequências ruins: diabetes gestacional, pressão alta, e além do mais, o parto pode ser complicado em gestantes obesas.

Se pretende viajar pra longe, ou fazer o enxoval fora do país, aproveite esse período !! Normalmente, os médicos desaconselham longas viagens ( ou avião) , a partir do 7° mês.

E, como sempre aconselho: se informe o máximo que puder!! Sobre tudo !! O quartinho, o parto, a amamentação, o banho… A informação de qualidade te dá segurança e ferramentas para tomar suas decisões !

Curta esse momento, sonhe com seu bebê …

E prepare-se para a reta final!

Já tem sua lista de enxoval/ chá de bebê?

Veja aqui lista-de-cha-de-bebe para imprimir !!

Vamos conversando!

Bjos e até tags coração

A minha gravidez aos 39 anos

flower-pregnancy-belly

Hoje eu quero contar pra você, comadre como foi a minha experiência da minha última gravidez quando eu tinha 38-39 anos.

Eu sempre quis ter 3 filhos, mas meu marido não tinha tanta certeza assim!!rsrs   Mas, estávamos “na chuva”, então … veio a novidade!! Eu adorei de cara, e passado o susto, ele também!E eu tinha quase certeza de que mais uma princesinha estava por vir!!

Comecei meu pré natal, já no segundo mês de gestação, que foi quando descobri, graças aos enjôos que vieram com tudo!!

Fui no mesmo obstetra, fiz os mesmos exames de sangue e o ultrassom no mesmo período das outas gestações, e estava tudo ok, mas… eu já estava com 38 anos, no início dagravidez, e 39 quando a Nina nasceu.

E comecei a perceber as diferenças, não em mim ou no meu corpo, mas na forma como os médicos que me acompanhavam estavam mais atentos e cautelosos!

Na minha segunda gestação , tive um pequeno, mínimo, sangramento na 8° semana, e tive que usar progesterona até a 12°.Na terceira, mesmo sem ter tido nenhum sangramento, o ultrassom estar ok, só porque eu falei que eu estava treinando para correr a são silvestre(calma comadre! eu não sabia que estava grávida!!rsrs quando descobri a gravidez, dia 04/11, parei de correr, tá?), lá veio a bendita progesterona, de novo,até o fim do primeiro trimestre… e quem já usou sabe dos efeitos desagradáveis!

Minha irmã do meio, naquele mesmo ano, em janeiro, tinha perdido um bebê com 7 meses de gestação,(uma tristeza só, qualquer dia te conto esse história), por uma malformação cardíaca, então , fiz alguns ultrassons específicos para verificar a parte cardíaca do bebê.Tudo bem!

Fiz a translucência,fiz um com 16 semanas, tudo normal, mas o radiologista falava: olha , não é um bebê grande, mas… numa gestação com a sua idade já é esperado.”

Quando fiz o morfológico, meu obstetra se preocupou muito com “o tamanho do bebê”. Eu , que já era mãe de dois, peguei todos os ultrassons das gestações anteriores, e comparei: tudo igual, a não ser a Piquita, a minha princesa do meio, que sempre foi maior(e é até hoje, acima da média de altura).Então por que dessa preocupação? Minha ficha demorou pra cair, não sou muito neurótica, sabe?Mas, caiu… A preocupação era por causa da discrepância entre as medidas(percentis) dos ossos longos e ossos curtos… Isso é uma das características de bebês com Síndrome de Down.

Cheguei em casa, e vi o meu marido brincando no quintal com as crianças, felizes, correndo atrás de uma bola e fiquei de longe, observando e pensando… Quando eles me viram , correram até mim, me abraçaram , beijaram e voltaram pro seu quintal, mas o meu marido ficou. Me olhou bem nos olhos e disse: ” o que foi? o que tem de errado?”  e eu contei pra ele o que eu tinha concluído, qual era, afinal, a preocupação do meu obstetra: que o nosso bebê poderia ter a Síndrome de Down!!E comecei a chorar! De medo, de vergonha por querer um filho saudável, de cansaço…Ele então me abraçou e disse: ” você sabe que seja lá como esse bebê nascer, ele será nosso filho, e nós o amaremos com o mesmo infinito amor que amamos os outros !! Que faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para tornar a sua vida melhor!! Não tenha medo!!” Eu sabia e sentia tudo isso também!! Mas , eu precisava de um tempo para me preparar! Não gostaria de receber essa notícia na sala de parto, logo após o nascimento do bebê…

Então decidi ter uma conversa franca e aberta com o meu obstetra e com o radiologista que vinha me acompanhando. O obstetra disse que sim, era esse o seu cuidado, mas que ele não queria me preocupar, que por enquanto era só um cuidado!Não via a necessidade de exames mais invasivos. Que precisaríamos acompanhar com ultrassons a cada 10 dias, porque , tem casos, onde por algum problema da placenta, o bebê para de crescer, de se desenvolver, e é necessário antecipar o parto.  Então , acompanharíamos de perto o crescimento e ganho de peso da minha bebê. Como eu sou vegetariana,  e segundo a minha mãe não me alimento bem (rsrsrs) , ele pediu que eu procurasse uma nutricionista para me dar um aporte nutricional.

O radiologista me disse que existem vários indícios que levam ao diagnóstico de um bebê Down, e que no meu caso ele não encontrou nenhum deles! Que era um bebê curtinho, e só. Afirmar 100%, só com um exame de cariótipo do nenê depois de nascer.

Então seguimos em frente, comadre! O último trimestre não foi tranquilo como eu queria, mas ,interiormente , me ensinou muito!

Fiz tudo o que me orientaram, a nutricionista me receitou tanta coisa , que eu tomava 18 cápsulas por dia , mais um pó de proteína vegetal, mais óleo de côco!! Bem feito prá mim!! rsrs

E, chegamos ás 40 semanas( 39 semanas e 4 dias). Chegou o dia!!

Eu já conhecia o caminho, os procedimentos… mas o que eu estava sentindo…

Então , depois de uma eternidade de 3 min… o pediatra me olhou bem dentro dos olhos e disse: Pode ficar tranquila, a Maria Carolina é uma bebê linda e saudável! Está tudo bem, Lígia, está tudo bem…Olhei para o Guilhereme…ele segurou a minha mão…

Sabe aqueles momentos em que as palavras são absolutamente inúteis?

Bjos e até tags coração

Teste de gravidez – como acertar?

images

Oi comadre!! Se você está lendo este post, ou já passou por esse momento ou pretende passar em breve: “Será que estou grávida?” .

Bom , na dúvida , é melhor conferir!!

Eu sei! a gente quer resolver na hora em que bate a dúvida!O coração parece que vai sair pela boca, a mão fica gelada, e a cabeça não consegue pensar em mais nada!! Corre numa farmácia, compra o teste mais barato que encontrar…” não vai funcionar mesmo, não é?” Isso tudo aí sou eu , tá? Eu soube das minhas 3 gestações dessa maneira.. mas … confirmei as três fazendo um BHCG. O quê?Calma , vamos do começo…

Quando estamos grávidas, desde as primeiras horas a partir da fecundação, alguns hormônios começam a sofrer grandes alterações em suas taxas normais, outros só aparecem nesse período, como é o caso do HCG(gonadotrofina coriônica humana).Ele é exclusivo da gravidez , e é produzido após a fixação do embrião na parede do útero, e sua função é regular a suspensão do ciclo menstrual.

 

Tipos de teste de gravidez disponíveis

download

 

-Exame de urina

São os famosos testes de farmácia! Quem nunca?

Bom, funciona assim: você faz xixi num potinho( o primeiro xixi do dia é mais concentrado , mas pode ser qualquer um), introduz no xixi a pontinha do bastãozinho até a altura indicada e espera intermináveis , infinitos … 10 a 20 segundos!!E, então… se só aparecer um risquinho no corpo do bastãozinho… melhor esperar mais uns dias e colher sangue para um beta(bhcg), ou repetir o de urina após alguns dias. Agora, se aparecerem 2 risquinhos… PARABÉNS, comadre!! Bem vinda ao clube das mamães!!

Esse tipo de exame pode dar falso negativo, já que algumas marcas não são muito sensíveis, e precisam de uma concentração maior do hcg para detectá-lo, o que pode demorar um pouco mais, agora não dá falso positivo, viu? Se apareceu o segundo risquinho, é só fazer o BHCH para estimar o período.

Depois,eu super recomendo um exame de sangue nos dois casos, ok?

-Exame de sangue

O exame de sangue pode ser qualitativo ou quantitativo(ideal), para saber um estimativa do tempo gestacional.

Se houver a presença do bhcg no seu corpo, e a sua concentração for acima de 20UI/ml, você está grávida( eles consideram mais seguro , apartir de 50UI/ml).

Vá preparada para enfrentar uma tabela semelhante a essa no seu exame… a vida não é novela e, não vai estar escrito POSITIVO ou NEGATIVO,tá?

Níveis do hcg nas primeiras semanas de gravidez:

  • 1 semana de gestação: 5-50 mIU/ML HCG
  • 2 semanas de gestação: 20-500 mIU/ML HCG
  • 3 semanas de gestação: 500-5,000 mIU/ML HCG
  • 4 semanas de gestação: 3,000-19,000 mIU/ML HCG
  • 8 semanas de gestação: 14,000-169,000 mIU/ML HCG
  • 12 semanas de gestação: 16,000-160,000 mIU/ML HCG .

Depois de atingir seu pico, estabiliza e vai diminuindo até o final da gravidez. O ideal é que você agende uma consulta com seu ginecologista, agora obstetra, o mais rápido possível, para fazer o primeiro ultrasom.Aí sim, comadre você vai chorar!!!Quando escutar o coraçãozinho batendo… é ali que a minha ficha começa a cair-estou GRÁVIDA!

Se é esse o seu caso, seja bem vinda! Respire fundo e vamos lá! Pode contar comigo!Escreva pra mim!!

Mas, se ainda não deu certo pra você, não desanime!Informe-se o mais que conseguir, para poder escolher que caminhos percorrer!!Estou aqui com você!!

Bjos e até! tags coração

Começo de gravidez – 6 principais dúvidas

gravidinha

Agora que tem o teste de gravidez positivo nas mãos, começam um turbilhão de sonhos, dúvidas, medos e alegrias na cabeça não é mesmo,comadre?

Se é a sua primeira gravidez então… nem se fale!!

Quando eu fui á minha primeira consulta de pré natal, meu obstetra me deu uma “cartilha” que tinha essas e outras informações que vou dividir com vocês.

Nesse post, vou responder ás 6 primeiras perguntas sobre a gravidez, que costumam vir á nossa cabeça.

 

  • Posso fazer atividade física?      É  recomendável que , nos três primeiros meses não se inicie ou não aumente sua rotina de exercícios físicos. A partir da 12° semana você pode iniciar exercícios sem impacto (caminhada, natação, bicicleta  hidroginástica, ioga para gestantes).Qualquer outro tipo de exercício deve ser discutido e acompanhado por profissional especializado para evitar problemas ósteo-músculo-articulares. FAÇA ALONGAMENTO e evite dores ciáticas, lombares e abdominais.

 

  • Posso ter relações sexuais normalmente?   Não existem restrições á atividade sexual, desde que a gravidez esteja evoluindo sem intercorrências. O médico avisará o casal caso haja a necessidade de alguma abstenção.

 

  • Posso pintar os cabelos?     Não se recomenda tinturas no primeiro trimestre da gravidez. É permitido uma vez após 16 semanas e uma vez no final da gestação.( três vezes, após 12° sem, na 16° sem e no início do terceiro trimestre).

 

UM PRESENTE PRÁ VOCÊ… O EBOOK “A SUA GRAVIDEZ…” GRÁTIS ! PEGUE O SEU !

capa-ebook-gravidez-tranquila

CLIQUE NA IMAGEM PARA PEGAR SEU EBOOK!

 

  • Quando vou sentir meu bebê mexer?    Se for sua primeira gravidez, somente no 5° mês será evidente a movimentação do bebê. Se já teve outra gravidez anterior, pode ser que perceba antes, por volta do 4° mês.

 

  • Quando minha barriga vai aparecer?    Costuma ser variável,conforma sua altura e peso, e se já esteve grávida  outras vezes.Mas, a partir dos quatro meses e meio a maioria das mamães já pode ser reconhecida.

 

  • Terei parto normal ou cesariana?   junto com seu médico, você decidirá o que é o melhor . Cada gestação é uma, com suas particularidades ,e cada mamãe tem suas demandas e sonhos. Então , vá se informando e quando chegar a hora dessa conversa, já estará preparada para ajudar na decisão.

 

Viu que não é um bicho de sete cabeças, não é ,comadre?

Saiba mais sobre os sintomas mas comuns na gravidez e, aqui , os sinais com que se preocupar.

Um conselho de mãe de três… na dúvida NÃO faça. Tem coisas que não dá pra voltar atrás , não é mesmo?

Vamos conversando! Me mande suas dúvidas e sugestões de assuntos interessantes!

Bjos e até tags coração